Topo

Futebol


Nova regra da Conmebol pode deixar campeão da Copa do Brasil fora da Libertadores já em 2020

21/05/2019 12h06

Os critérios para a classificação à Libertadores da América e Sul-Americana serão mudados a partir da próxima edição dos torneios. A Conmebol divulgou nesta terça-feira as novas Condições de Elegibilidade de Clubes para a disputa das competições e o campeão da Copa do Brasil pode não garantir mais vaga no principal torneio de clubes das Américas. Confira as novas regras implementadas pela entidade:

a) Ter se classificado para a competição por mérito esportivo

b) Não estão cumprindo uma sanção ou suspensão que a critério da Conmebol o impossibilite de participar da Libertadores ou da Sul-Americana

c) Ter obtido a Licença de Clubes da Conmebol expedida por sua associação membro

d) Estar disputando o torneio nacional de sua associação membro na divisão principal da competição em 2020 (ou seja, não ter sido rebaixado no torneio nacional)

e) Emitir em tempo hábil a Carta de Conformidade e Compromisso

Com isso, de acordo com o item d, apenas times da primeira divisão do Campeonato Brasileiro podem participar da Libertadores e Sul-Americana. Mesmo que um clube vença a Copa do Brasil neste ano, mas seja rebaixado no Brasileirão, ele não poderá atuar na Liberta de 2020. Se a regra já estivesse em vigor há alguns anos, o Palmeiras não jogaria o torneio em 2013, visto que foi campeão da Copa do Brasil em 2012, mas foi rebaixado naquele ano.

Na atual edição da Copa do Brasil, três clubes da Série C ainda estão no torneio. Se Paysandu, Juventude e Sampaio Corrêa forem campeões da competição, não poderão jogar a Libertadores de 2020, mesmo que subam para a série B.

Mais Futebol