Topo

Futebol


Cuca, após derrota para o Bahia em casa: 'Não pode ter terra arrasada'

23/05/2019 00h58

Pelo segundo jogo seguido - o primeiro, um empate no domingo, pela quinta rodada do Brasileirão - e o segundo, hoje, na partida de ida das oitavas de final da Copa do Brasil, o São Paulo não conseguiu vencer o Bahia no Morumbi. Nesta quarta-feira, a equipe baiana contou com um erro grotesco da defesa paulista para sair com a vitória por 1 a 0. Apesar da sequência negativa de resultados, Cuca tratou de amenizar.

- Vamos trabalhar. Não podemos ter terra arrasada em cima de dois resultados ruins que tivemos. Se viermos aqui e fazer questionamentos que nada presta, perde a confiança que foi tão difícil por nesses meninos. Vamos manter com a confiança no elenco. Por que não podemos ganhar lá no domingo? É um jogo. Vamos prepara bem. Quem sabe - disse o comandante, já pensando no clássico do próximo domingo, contra o Corinthians, em Itaquera.

Os números do duelo no Morumbi dão razão a Cuca, que gostou da atuação de seus comandados. O São Paulo teve 66% de posse de bola e finalizou 12 vezes, contra nove do Bahia. O técnico, porém, procurou identificar os motivos que levaram o placar a favorecer os visitantes desta quarta-feira:

- Começamos bem, no campo de ataque. A gente sabe que o Bahia fecha bem. Os três volantes ocupam bem o meio campo, os pontas voltam com os laterais. Jogam numa zona bem baixa. A gente tem jogadores que flutuam bem e jogadores que buscaram jogo a todo momento. Fizemos uma boa partida até o terço final. Pecamos no famoso 'ultimo passe'. Um jogo complicado com um adversário que joga no teu erro, como foi no domingo. E foi de um erro nosso que saiu o gol. Tivemos chances mais claras que a do Élber (gol do Bahia) e não conseguimos converter. Jogo que frustra, porque não jogamos mal. O gol que tomamos não foi nem foi em um contra-ataque, foi numa saída de bola.

Outros tópicos da coletiva:

HOJE MELHOR DO QUE NO DOMINGO

Achei melhor. Mais bem jogado. Tabelado, buscado, por dentro, por fora, teve coragem... Falta buscar uma diagonal curta, uma referência. Como teve no final, uma bola na trave. Não posso falar que o time jogou mal, que não teve vontade, não teve insistência. Mas foi contra um time adversário que te tira velocidade, que joga baixo.

TIME MESCLADO?

Cuca: Entrei com o melhor São Paulo que eu podia. O torcedor não sabe tudo que ocorre, fazemos treinos fechados. O Hudson está com dores nas duas posteriores. Hernandes? Não deu. Antony? "Não dá, professor, estou muito cansado". Tivemos uma sequência de 17 jogos, em que o menino nem foi substituído. Mesmo caso do Reinaldo. Foi uma necessidade da fisiologia e da preparação física, que traz que o jogador não está em condições. O Hernanes sentiu lesão. Entramos com o melhor time possível e jogamos bem. Foram 70% de bola no campo de ataque. Se entra uma bola antes acaba fazendo um, quem sabe o segundo. Infelizmente não aconteceu.

EXPECTATIVA PARA A TEMPORADA

O São Paulo está no terceiro lugar do Brasileirão e com uma derrota de 1 a 0 na Copa do Brasil. Temos que ter muita calma. Não fazer os jogadores perderem a confiança, que isso é a principal derrota que pode existir. Prefiro assumir a responsabilidade. Domingo tem jogo, quarta-feira que vem tem jogo e depende só de nós para retomar o caminho das vitórias. Não está encaixado ainda, estamos com dificuldade para fazer os gols. Isso vai se ajustando no decorrer do campeonato. O São Paulo tem 15 jogadores que jogaram no máximo 20 partidas no São Paulo. Se pegar outras equipes, tem oito jogadores que jogaram 100 partidas. Tenho jogadores que jogaram quatro ou cinco jogos. As coisas vão evoluir, é natural. Hoje não foi uma partida mal jogada, vocês viram. Dentro da condição que o Bahia te limita, foi bem trabalhado e jogado, faltou o final.

ESQUEMA DE JOGO IDEAL

Hoje nós jogamos com o Igor Gomes, com o Everton, com os dois atacantes que jogaram em Goiânia. Da mesma forma, com os dois volantes por trás. Você muda um nome ou outro, mas é o mesmo esquema. Pode dar uma fechadinha no meio, e depois você abre os pontas. É que quando não vem o resultado, é natural de virem as críticas e questionamentos do por quê esse e não aquele.

ALEXANDRE PATO

Vamos esperar. Ele jogou a primeira partida em 90 minutos depois de quantos meses? Vamos esperar. Vamos ver o que vamos ter, para depois, a gente escalar.

ELENCO FECHADO?

Hoje, depois do jogo, de uma derrota, seria leviano fazer algum questionamento. As coisas que tivermos que buscar, que melhorar, faremos internamente.

ATACANTES NA SECA

?Não conseguiram marcar, mas tiveram oportunidades. É uma bola que bate na trave, foi tão clara como o gol do Bahia. Uma bola que o goleiro pega, mérito do goleiro. Elegeram ele (Douglas, o goleiro) o melhor em campo. E contra um adversário que marcou muito bem.

Mais Futebol