Topo

Futebol


Duelo de gerações: Diniz e Autuori se enfrentam pela Copa Sul-Americana

23/05/2019 07h00

A trajetória pela glória na América do Sul volta à tona no Fluminense. Nesta quinta-feira, o Tricolor enfrenta o Atlético Nacional, da Colômbia, no Maracanã, às 21h, pelo jogo de ida da segunda fase da Copa Sul-Americana. Além da bola rolando no gramado, o duelo trará um interessante duelo no banco de reservas: Fernando Diniz e Paulo Autuori, que atravessam momentos diferentes como treinadores. A partida terá transmissão da DAZN e em tempo real pelo LANCE!.

O comando das equipes possuem treinadores praticamente opostos. De um lado, Fernando Diniz, que disputa o seu segundo torneio internacional da carreira como treinador e aparece no cenário brasileiro com certo destaque. Do outro, Paulo Autuori, técnico de sucesso no início do século no futebol brasileiro, mas que passa por um momento turbulento à frente do time colombiano.

As equipes também chegam em momentos distintos para a partida. O Tricolor vem de uma goleada de 4 a 1 sobre o Cruzeiro no fim de semana, enquanto o Atlético Nacional perdeu por 3 a 1, em casa, para o Deportivo Cali, na segunda fase do Campeonato Colombiano, se complicando na competição. Apesar deste fator, Paulo Henrique Ganso afirma que a presença de um treinador experiente pode ser positiva para o confronto, mas confia em Fernando Diniz.

- É um treinador que tem experiência e já foi até campeão do mundo né, como o Paulo Autuori. Ele sabe o atalho dessa competição e a gente tem que tomar muito cuidado com isso. O Diniz já está no futebol brasileiro fazendo e mostrando para todo mundo o excelente trabalho dele, com estilo de jogo, posse de bola, movimentação. Então acho que ele tem tudo para ir muito longe como treinador - afirmou o meio-campista.

Se Fernando Diniz se encaminha para o quinto jogo internacional da carreira, Paulo Autuori ganhou a Taça Libertadores em 2005, com o São Paulo. Dentro de campo, porém, tal questão não será pauta, já que o Fluminense chega para a partida após passar pelo Antofagasta-CHI e encontrar, jogo após jogo, um padrão tático ideal dentro de campo.

Mais Futebol