Topo

Futebol


Após briga com presidente, Sergio Ramos pode deixar o Real Madrid

2019-05-24T10:33:35

24/05/2019 10h33

Um dos principais símbolos recentes do Real Madrid, Sergio Ramos pode estar de saída do clube. O principal motivo seria o desgaste com o presidente Florentino Pérez e a insatisfação do zagueiro após ter desavenças com o mandatário. Liverpool, Juventus e Manchester United já estariam de olho em sua contratação.

CLIMA TENSO

Segundo o programa de TV espanhol 'El Chiringuito', Ramos discutiu com Florentino depois da eliminação do Real Madrid para o Ajax, no Santiago Bernabéu, pela Liga dos Campeões. O presidente foi até o vestiário e criticou os jogadores, mas o zagueiro interveio e defendeu os companheiros. Nesse momento, Florentino Pérez criticou o jogador e disse que Ramos tirou muitas folgas, o que irritou o espanhol.

DESAVENÇAS

Após essa desavença, os jogadores e os funcionários do clube acreditavam que os ânimos iam melhorar, mas não foi o que aconteceu. O zagueiro voltou a ficar insatisfeito com comentários e críticas por parte da diretoria, como uma insinuação de que a recuperação de sua lesão foi mais longa do que deveria ter sido.

GIGANTES DE OLHO

Segundo o 'As', o Manchester United tem interesse na contratação, assim como o Liverpool. Klopp acredita que Van Dijk e Sergio Ramos seria a melhor defesa do mundo. Além dos ingleses, a Juventus de Cristiano Ronaldo também vê com bons olhos, assim como uma proposta milionária de um clube chinês não é descartada.

MULTA BILIONÁRIA

Sergio Ramos tem uma multa rescisória de 800 milhões de euros (R$ 3,6 bilhões) e contrato até 2021. O motivo de querer sair, porém, não é dinheiro, mas sim a insatisfação e por se achar desvalorizado no clube.

Mais Futebol