Topo

Futebol


Barcelona joga mal e é derrotado pelo Valencia na final da Copa do Rei

25/05/2019 17h55

Bicampeão da La Liga, o Barcelona entrou em campo neste sábado tentando conquistar mais um título na temporada. No estádio Benito Villmarín, o time de Ernesto Valverde enfrentou o Valencia pela final da Copa do Rei. Os catalães não fizeram uma grande partida e foram derrotados por 2 a 1. Foi o oitavo título do Valencia na história da competição.

Apesar da superioridade técnica do Barcelona, foi o Valencia que começou a partida em cima. Logo aos cinco minutos de jogo, o brasileiro Rodrigo Moreno recebeu uma bola em profundidade, driblou Cillensen e tocou para o gol, mas Piqué salvou em cima da linha. A primeira oportunidade do Barça veio aos 10 minutos, quando Messi finalizou prensado para a linha de fundo.

A pressão do Valencia surtiu efeito e a equipe abriu o placar com Gameiro aos 21 minutos. O atacante recebeu assistência de Gayá dentro da área e chutou forte, sem chances para o arqueiro do Barça. A equipe de Marcelino Garcia ampliou a vantagem aos 33 minutos com Rodrigo. Carlos Soler foi até a linha de fundo e cruzou na cabeça do brasileiro, que completou para o gol.

Sem criatividade, os catalães fizeram um primeiro tempo muito ruim e as principais jogadas só saíam dos pés de Messi. Aos 45 minutos da etapa inicial, o argentino fez um ótima jogada no meio-campo e bateu para o gol, mas o goleiro Doménech fez ótima defesa. A partida foi para o intervalo em 2 a 0 para o Valencia.

Nos últimos 45 minutos, o Barça se atirou ao ataque e chegou mais vezes à meta de Doménech. Malcom e Vidal entraram no início do segundo tempo e o time passou a chegar mais a frente, mas sem eficácia. Aos 10 minutos, Messi tabelou com Malcom, driblou dois marcadores e finalizou, mas a bola bateu na trave. No rebote, Vidal chutou por cima do gol.

Depois da grande pressão, o Barcelona conseguiu chegar ao gol aos 27 minutos. Após escanteio, Lenglet cabeceou e obrigou o goleiro a fazer boa defesa, mas no rebote, a bola sobrou nos pés de Messi, que só empurrou para o gol. O Barça seguiu tentando empatar, mas esbarrou na falta de pontaria e acabou sendo vice-campeão do torneio. Nos acréscimos, Gonçalo Guedes ainda perdeu duas incríveis chances de gol.

Mais Futebol