Topo

Futebol


Entenda a parceria entre Madureira e a Federação da Guiana

2019-05-25T15:58:40

25/05/2019 15h58

O Madureira iniciou nesta semana uma parceria de intercâmbio com a federação de futebol da Guiana. Filho do técnico Gaúcho, do Tricolor Suburbano, Thiago Cunha, contou ainda com a ajuda do ex-jogador Carlos Roberto para finalizar o acordo. O objetivo é dar experiência na formação de atletas ao país sul-americano e levar garotos do Madureira para intercâmbio no país vizinho.

A intenção da Guiana é fortalecer o futebol do país para as eliminatórias da Copa do Mundo de 2026 nos EUA, Canadá e México. Em julho do ano passado, a seleção também fez um camping em Mangaratiba, na Costa Verde do Estado do Rio.

Além da visita ao Madureira, o presidente da federação, Wayne Forde, também esteve na CBF para reunião com o presidente Rogério Caboclo e o assistente do embaixador da Guiana, Jevon Rodriguez. Responsável pela aproximação, Thiago Cunha lembra que o projeto vai além de uma simples parceria.

- O Madureira abriu as portas para enviar e receber jogadores nesse intercâmbio. O objetivo é que eles façam um período de um mês, mas não só os jogadores. Um assistente técnico deve vir ao Brasil para conhecer o trabalho no profissional e nas divisões de base. Isso pode ajudar no desenvolvimento da liga local com interações entre técnicos, árbitros, analistas de desempenho e preparadores - analisa.

A via, portanto, é de mão dupla. Técnico do Madureira, Gaúcho vê com otimismo a parceria para o clube carioca.

- Para nós foi muito bom receber um presidente de uma federação no treino do Madureira. Foi importante o entendimento do projeto por parte do gerente de futebol Cléber Moura e do nosso Presidente Elias Duba. Esse intercâmbio é legal para o desenvolvimento internacional do clube, abre novas portas para o Madureira.

Mais Futebol