Topo

Futebol


Ídolo na Tailândia, brasileiro diz: 'É possível se realizar fora da Europa'

2019-05-25T11:41:52

25/05/2019 11h41

Defendedo as cores do Muangthong, da Tailândia, o atacante brasileiro Heberty Fernandes, de 30 anos, que tem uma breve passagem pelo Vasco no inicio da carreira, está na sua segunda passagem pelo futebol do país asiático e se diz plenamente realizado em sua carreira.

- O sonho de todo jogador brasileiro sempre foi aparecer no mercado nacional e depois chegar à seleção e ir para o futebol europeu. Mas essa não é mais a única forma de se ter uma carreira satisfatória. Aqui na Tailândia me tornei ídolo, recebo um bom salário e sou muito feliz. Hoje, só iria para um centro maior caso recebesse uma proposta bastante vantajosa sob vários aspectos. É possível se realizar fora da Europa - declarou.

O jogador foi revelado pelo Nacional, de São Paulo e chegou ao Vasco aos 18 anos. Pouco aproveitado, foi vendido ao Recatenense da Itália, Juventus (de São Paulo), São Caetano e Paulista. Depois, o atacante se transferiu para o futebol asiático passando por três clubes japoneses, além do Ratchaburi, primeiro clube de Heberty na Tailândia.

Agora, sua preocupação imediata na atual temporada: tirar o Muangthong da última posição da Thai League. E o desafio do próximo domingo não é dos mais simples. Trata-se do Buriram United, campeão de cinco das seis últimas edições da liga. Para Heberty, neste momento o adversário não é o maior obstáculo do Muangthong.

- Precisamos recuperar a nossa confiança. O grupo possui qualidade para brigar entre os primeiros colocados, logo, é claro que a razão de estarmos nesta situação tem a ver com outros aspectos. Temos quase dois terços da competição pela frente e vamos modificar esse quadro - concluiu.

Mais Futebol