Topo

Futebol


Após derrota para o Santos, Carille fica na bronca com a arbitragem

13/06/2019 00h26

Após a derrota por 1 a 0 para o Santos, nesta quarta-feira, na Vila Belmiro, pelo Campeonato Brasileiro, o técnico do Corinthians Fábio Carille reclamou da arbitragem como poucas vezes se viu na sua carreira. O treinador invadiu o campo, foi em direção ao juiz Wagner do Nascimento Magalhães para reclamar de um impedimento marcado em um ataque do Timão no final do jogo e, por isso, levou cartão amarelo. Depois, ele falou sobre a postura do árbitro:

- O lance do Avelar não está impedido, o Clayson faz o gol. A orientação é que qualquer dúvida é esperar o lance e ir para o VAR. Depois, dá o impedimento ou tiro de meta, isso é básico do futebol. Não pode acontecer. Fui lá e pela primeira vez uma coisa feia aconteceu. Mas eu fui lá numa boa e ele foi muito sem educação. Vamos ver na televisão o que aconteceu. Se houver punição, que seja para ele. Eu não xinguei ninguém. - disse Carille em coletiva de imprensa.

Sobre a partida, em que o Santos teve amplo domínio e poderia ter feito até mais gols, Carille elogiou o começo de jogo do time do Corinthians:

- Nosso começo foi bom, começamos a trocar passes no campo deles. Depois, o Santos começou a dominar o jogo. Fomos infelizes em tomar o gol. Essa parada vai ser muito importante para mim, poder trabalhar com calma - disse o treinador, antes de falar sobre o setor ofensivo do time e citar, de novo, a parada para a Copa América:

- A respeito da parte ofensiva, a gente está com essa dificuldade desde o começo do ano, essa vai ser minha busca de melhora na parada para a Copa América. Teremos uns 20 dias de trabalho para isso.

Com a pressão do Santos durante praticamente toda a partida na Vila Belmiro, Carille elogiou o goleiro Walter, que evitou que a derrota fosse pior para o Timão.

- Walter já falei no outro jogo. Está aqui desde 2013, temos toda a tranquilidade quando precisar.

Com a derrota desta quarta-feira, o Corinthians se manteve com os 12 pontos, na 10º colocação do Campeonato Brasileiro.

Mais Futebol