Topo

Futebol


'Ah, é Cebolinha!': Everton é pedido pela torcida e acirra briga com Neres

2019-06-19T07:00:00

19/06/2019 07h00

Diante da dificuldade para entrar na área venezuelana, a torcida brasileira em Salvador pediu em coro durante o segundo tempo: "ah, é Cebolinha!". Autor de um golaço na estreia contra a Bolívia, Everton entrou novamente bem na Fonte Nova, e Tite o colocou na briga por uma vaga no time titular da Seleção.

A primeira troca na terça foi feita no intervalo: Richarlison deu lugar a Gabriel Jesus. Alguns torcedores já queriam ver o gremista de cara, mas Tite não pensa no momento em ter um ataque com Cebolinha e David Neres pelos lados. Os dois, portanto, disputam a mesma vaga.

Há uma explicação: o técnico entende que precisa ter ou Richarlison ou Gabriel Jesus junto de Roberto Firmino, atual centroavante titular, por uma presença de área mais forte - o atacante do Liverpool (ING) movimenta-se bastante e abre espaços. Escalar um dos atacantes de lado com força para concluir é parte importante no seu esquema, ainda que a dificuldade para vencer marcações mais fortes se mantenha.

- Quando entrou o Neres (no time titular), deu resposta melhor do que iniciar o Cebolinha. Aí o Neres começou, entrou o Cebolinha e deu também a melhora. Não estava bem o Richarlison, traz o Gabriel (Jesus), um jogador terminal. É uma concorrência, sim, aberta - explicou Tite.

Everton tem oito jogos pela Seleção Brasileira, sempre saindo do banco de reservas. Diante de um público que vaiou a equipe e até gritou "olé" quando a Venezuela tinha a bola nos minutos finais, ouvir pedidos para sua entrada é motivo de orgulho para o atacante de 23 anos de idade.

- A gente fica feliz pelo reconhecimento do trabalho que estamos fazendo, dá um gás e motivação a mais. Pude entrar, dar meu melhor, tivemos um gol anulado no fim, mas é continuar preparado - disse, antes de despistar sobre a chance de ser titular no jogo de sábado, contra o Peru.

- Agora tem que ter calma, vamos ver o que professor vai passar, respeitando nossos companheiros. Quem o professor escolher dará o melhor - encerrou.

Mais Futebol