Topo

São Paulo

Pato e outros são-paulinos treinam na folga do elenco de olho no retorno

Reprodução/Twitter São Paulo
Pato treina com bola no CT da Barra Funda Imagem: Reprodução/Twitter São Paulo

2019-06-19T08:00:00

19/06/2019 08h00

O elenco do São Paulo ganhou nove dias de folga durante a Copa América e se reapresenta na segunda-feira, dia 24, para iniciar a preparação para o segundo semestre, mas alguns jogadores preferiram seguir treinando. Alexandre Pato, por exemplo, tem feito exercícios funcionais e corrido na esteira em uma academia particular.

Assim como o camisa 7, o volante Willian Farias e o atacante Biro Biro publicaram vídeos em que aparecem se exercitando por conta própria. Biro Biro foi um dos atletas que mais tiveram problemas físicos na primeira parte da temporada, o que inclui lesão muscular e uma gastrite.

Outros três atletas seguem trabalhando, estes no CT da Barra Funda: Liziero, Pablo e Everton, que se recuperam de lesões e esperam estar à disposição de Cuca no retorno do Brasileirão.

O atacante Joao Rojas, que operou o joelho direito em novembro do ano passado e passou as férias de fim de ano em fase inicial de tratamento, tem um cronograma especial. Ele ganhou alguns dias de descanso e deve retornar aos treinos um pouco antes dos demais.

A reapresentação do elenco está marcada para o CT da Barra Funda, mas Cuca deve promover duas semanas de concentração no CT da base, em Cotia. O São Paulo até cogitou reduzir o período de folga por causa dos resultados ruins que antecederam a pausa do Brasileirão, mas o técnico quis dar um voto de confiança ao grupo:

"São nove dias, criando com isso um ambiente de confiabilidade, um ambiente em que os jogadores sabem que estão em dívida com a gente e a gente em dívida com torcedor. Então, a gente vai poder cobrar isso trabalhando concentrado nessas duas semanas. O São Paulo é quem sabe a única equipe que vai ficar em regime praticamente de concentração, exceção a um ou outro dia. Para mim, três semanas são suficientes tecnicamente para melhorar muito o nosso time, para no segundo semestre, sim, ser aquilo que esperamos".

A preparação física do São Paulo tem sofrido muitas críticas devido ao elevado número de lesões do primeiro semestre. Carlinhos Neves, contratado no início do ano para coordenar este departamento, pediu demissão na semana passada. Restaram Pedro Campos e Henrique Martins, que já estavam no clube, e Wellington Valquer, outro contratado neste ano.