Topo

Futebol


Tite isenta VAR após empate do Brasil: 'Absolutamente nada a reclamar'

2019-06-19T00:45:34

19/06/2019 00h45

O Brasil teve dois gols anulados com o auxílio do árbitro de vídeo no empate com a Venezuela, na noite desta terça-feira, pela Copa América. Estas polêmicas provocaram reclamações dos jogadores, mas não do técnico Tite. Em entrevista coletiva após o 0 a 0 na Fonte Nova, o comandante da Seleção Brasileira isentou o VAR, garantindo não ter nada a reclamar.

- Justiça. Estava impedido, estava impedido. Foi falta, foi. Absolutamente nada a reclamar - destacou o treinador do Brasil, completando ao dizer entender as vaias dos quase 40 mil torcedores que foram ao estádio acompanhar a segunda partida da Seleção Brasileira pelo Grupo A da Copa América:

- O torcedor, temos que compreender, ele quer traduzir em gol. Se eu viesse, ia querer (vaiar) também. É compreensível.

Tite aproveitou a conversa com os jornalistas após a partida para sair em defesa de Fernandinho, alvo de muitas reclamações dos torcedores. Ao ser questionado se tinha arrependimento pela substituição, o treinador do Brasil foi enfático.

- O atleta tem que trabalhar em cima da pressão, todos têm. Aposto na virtude e qualificação. É o jogador que foi para a seleção da Premier League (Campeonato Inglês). Não posso ficar preconceituando. Para mim, seria muito fácil. Se faz o gol no cabeceio, pronto, muda tudo - finalizou o treinador.

Com o resultado, o Brasil ficou com quatro pontos, na liderança do Grupo A. A Venezuela, com dois, ficou na terceira colocação. As seleções voltam a campo no sábado, às 16h, pela última rodada da primeira fase da competição - enquanto o Brasil enfrenta o Peru, na Arena Corinthians, a Venezuela pega a Bolívia, no Mineirão.

Os comandados de Tite precisarão ao menos empatar este jogo final para garantir a vaga às quartas de final sem depender de uma combinação - vale lembrar que se classificam os dois primeiros e os dois melhores terceiros colocados.

Mais Futebol