Topo

Futebol


Gramado da Arena, evolução, Neymar... Coutinho fala na Seleção

2019-06-24T18:27:39

24/06/2019 18h27

Philippe Coutinho foi o escolhido para a entrevista coletiva após o treino da Seleção Brasileira no CT do Grêmio, nesta segunda-feira. Um dos principais temas da conversa com os jornalistas foi o estado do gramado da Arena do Grêmio, que receberá o jogo das quartas de final da Copa América na quinta-feira, às 21h30, contra rival ainda indefinido.

- Ainda não treinamos lá, não sabemos as condições, mas vi os comentários de alguns jogadores. Com certeza o campo é fundamental para proporcionar um grande espetáculo. Ainda tem três dias até o jogo e espero que possam recuperar o gramado para chegarmos lá com boas condições - disse Coutinho.

Os comentários citados por Coutinho foram do uruguaio Luis Suárez e do argentino Lionel Messi, seus companheiros de Barcelona. Ambos criticaram o gramado do estádio gremista, o que motivou Tite a vistoriar o local ao lado de Edu Gaspar na manhã desta segunda. De acordo com o meia, eles não disseram se gostaram ou não do terreno.

Coutinho também foi questionado sobre o Barcelona. Além de falar sobre sua temporada, que ele avalia como "não tão boa", o jogador também respondeu sobre as notícias de que Neymar pode retornar à Catalunha. Segundo ele, esse assunto ainda não chegou ao grupo de WhatsApp dos jogadores do Barça.

- Esse grupo está meio parado porque agora acabou a temporada. Movimentou um pouco quando fiz aniversário, agora também com o aniversário do Leo (Messi). Mas ainda não foi comentado (risos) - disse Coutinho, que não quis entrar em detalhes sobre seu futuro:

- Estou vindo de uma temporada não tão boa, mas não muda. Minha vontade de vencer é a mesma. Quem sabe ainda maior. Muitas coisas que saem não são verdadeiras. Eu estou aqui na Seleção, totalmente focado aqui. Sobre o futuro, a gente não sabe o que vai acontecer. Tenho contrato com o Barcelona, minha vontade sempre foi triunfar nesse clube, mas meu foco está totalmente aqui agora.

O meia ainda avaliou a primeira fase da Seleção Brasileira, que venceu a Bolívia por 3 a 0, empatou sem gols com a Venezuela e teve grande atuação na goleada por 5 a 0 sobre o Peru.

- A estreia foi complicada por tudo que envolve. O segundo jogo não foi tão bom como a gente esperava, e esse terceiro jogo mostra a evolução que a gente tem tido. A gente espera que seja daí para melhor.

Mais Futebol