Topo

Futebol


Peres minimiza salários atrasados no Santos e promete pagamento até julho

2019-06-24T09:15:00

24/06/2019 09h15

O Santos novamente deve salários aos jogadores. Porém, o presidente José Carlos Peres minimizou o descumprimento e prometeu pagar todos até o início de julho.

O principal motivo do atraso foi por Peres não ter conseguido adiantar a segunda parcela da venda de Rodrygo ao Real Madrid-ESP. O Peixe receberá 20 milhões de euros (R$ 85 milhões) nos próximos dias.

- Desde que a gente assumiu, tivemos um atraso de três dias e de oito dias. A questão é a imagem. Como a gente não conseguiu antecipar o recebimento do Rodrygo e temos de pagar muitos impostos, a gente teve dificuldade de pegar o direitos de imagem. Já conversamos com os jogadores para que isso seja regularizado no início de julho - garantiu Peres à Santa Cecília TV.

O mandatário santista comparou o assunto em relação aos clubes cariocas. Peres acredita que as pessoas não criticam quando algum time do Rio de Janeiro deixa de honrar com os compromissos financeiros.

- Tem clube do Rio de Janeiro que não paga salários há quatro meses. Nós atrasamos oito dias e foi um carnaval - alfinetou o presidente santista.

Em março, o Santos devia um mês de salários aos jogadores. A dívida foi sanada durante o confronto das quartas de final do Paulistão diante do Red Bull Brasil.

Mais Futebol