Topo

Futebol


Conca revela incômodo com comparações por ganhar mais que CR7 e Messi

Michael Dodge/Getty Images
Darío Conca foi um dos atletas mais bem pagos na China Imagem: Michael Dodge/Getty Images

2019-06-25T16:52:35

25/06/2019 16h52

Depois de fazer grandes temporadas no Fluminense, o meia Dario Conca se transferiu para o Guangzhou Evergrande, da China, em 2011. Na mudança de clube, o argentino passou a ser um dos jogadores mais bem pagos do futebol mundial, ultrapassando atletas como Messi e Cristiano Ronaldo. Em entrevista ao jornal espanhol 'Marca', o ex-jogador disse que as comparações às vezes atrapalhavam.

"Foi difícil. Incomodava-me um pouco porque apenas se falava do que estava recebendo e parecia que não interessava o que fazia em campo. Dava-me um pouco de tristeza, mas também estava feliz pelo que tinha conseguido. Diziam que era o mais bem pago ou o terceiro. Acho que estava no top 10, dependia dos direitos de imagem. Mas trabalhei no duro, entreguei-me ao máximo e aproveitei a oportunidade", comentou Conca, que recebia em torno de 10,5 milhões de euros anuais (R$ 24 milhões na época)

Com passagem por Fluminense, Vasco e Flamengo, o atleta esteve em Madri para assistir a uma partida de lendas do Chelsea contra lendas do Real Madrid. Aos 36 anos, Conca agora aposta em outros investimentos na carreira. O argentino quer introduzir a cultura do Totó (ou pebolim) na China, que ainda não conhece o jogo.

"Estou à procura de alguma coisa diferente. Sempre gostei de golfe, treino todos os dias durante duas ou três horas e gostaria de competir. Além disso, através da marca 'Minigols', estamos tentando introduzir o totó na China, porque lá não têm essa cultura. E também estou me preparando para ser treinador", disse Conca.

Mais Futebol