Topo

Futebol


Duelo de Chile e Uruguai tem melhor público da Copa América e festa

2019-06-25T08:00:00

25/06/2019 08h00

Na última rodada da fase de grupos, o Maracanã teve clima de Copa América e muita festa. Com presença ativa de torcedores desde que desembarcaram no Rio de Janeiro, chilenos e uruguaios fizeram um belo duelo nas arquibancadas nesta segunda-feira, no Maracanã. Com ambos já classificados, o Uruguai venceu o Chile por 1 a 0 e avançou em primeiro lugar no Grupo C da Copa América para o melhor público do torneio.

Nos dois primeiros jogos no estádio, Paraguai e Qatar levaram 19.162 pagantes, arrecadando R$ R$ 2.382.305,00 de renda. Já Peru e Bolívia tiveram 17.550 pagantes e um montante de R$ 4.906.195,00 arrecadados. Desta vez, foram 49.275 pagantes e 8.167 não-pagantes, dando uma renda de R$ 11.749.970,00.

Apesar do bom público, de 57.442 presentes, as torcidas encontraram drama para a retirada dos ingressos. No Rio de Janeiro, o local destinado à troca é a Urca. Torcedores chegaram a relatar longas filas e horas de espera. Com isso, a organização liberou pela primeira vez a possibilidade de fazer o processo no Maracanã. O que se viu, porém, foi mais uma vez demora e filas.

Dentro do estádio, as duas torcidas cantaram durante boa parte do jogo. Os chilenos, em maior número, entoaram o famoso "chi chi chi, le le le", enquanto os uruguaios tentaram aparecer, especialmente quando a Celeste criou as melhores oportunidades. Depois do gol de Cavani, algumas poucas confusões foram observadas, mas os stewards evitaram maiores problemas.

- Gostei da presença dos torcedores, que vieram para apoiar, mesmo em menor número. Mas se fizeram sentir. É sempre lindo - elogiou Godín na zona mista do estádio.

Mais Futebol