Topo

Futebol


Antony renova com São Paulo e agente diz: 'Apostou no projeto'

18/07/2019 18h37

O São Paulo confirmou na noite desta quinta-feira a renovação do contrato de Antony até junho de 2024, como o LANCE! havia noticiado mais cedo. Após a assinatura do novo vínculo, o jogador e seu agente destacaram que a vontade dele pesou, mesmo com a possibilidade de se transferir agora para a Europa e ganhar cinco vezes mais. O vínculo anterior acabaria em setembro de 2023.

- É um momento muito importante na minha vida, tanto pessoal quanto profissional. O São Paulo é minha casa e sou muito feliz aqui. Sabíamos de algumas propostas e projetos, mas sempre deixei claro que minha vontade era permanecer no São Paulo, construir minha história aqui e ajudar meus companheiros - disse o jogador de 19 anos, que recebeu aumento salarial.

Decidido a não vender nenhum de seus jovens valores nesta janela, o São Paulo recusou recentemente uma oferta de 20 milhões de euros (quase R$ 85 milhões) do Manchester City por Antony - o atacante, inicialmente, seria emprestado ao Sporting. O clube avisou que só o liberaria pela multa rescisória, que para o mercado internacional é de 50 milhões de euros (R$ 210 milhões). Além disso, o jogador não bateu o pé para ir.

- Apresentamos uma proposta econômica muito interessante de um grande clube europeu para o São Paulo, e a proposta econômica com uma projeção de carreira para o Antony. Mesmo com todo o cenário favorável para sua transferência, o Antony optou pela permanência no São Paulo, acreditando que pode contribuir para reforçar o time em busca do tão esperado título - contou Junior Pedroso, sócio da 4ComM Marketing and Career Management, empresa que gerencia a carreira do jovem.

- Financeiramente, com a sua transferência para a Europa, o Antony teria ganhos cinco vezes maiores do que permanecendo no São Paulo. Mesmo assim, ele e sua família apostaram no projeto tricolor e não forçaram uma saída - emendou Pedroso.

Como o salário de Antony aumentou, a multa para o mercado brasileiro também subiu (o valor é proporcional). Para o mercado externo, segue em 50 milhões de euros, padrão do São Paulo para seus garotos.

Mais Futebol