Topo

Futebol


Flu vence Peñarol no Uruguai e abre vantagem na Sul-Americana

23/07/2019 23h38

O Fluminense saiu na frente na briga por uma vaga nas quartas de final da Copa Sul-Americana. O Tricolor venceu o o Peñarol, por 2 a 1, nesta terça-feira, no primeiro jogo das oitavas de final do Torneio continental. Yony González marcou os dois gols do Flu e Gastón Rodríguez descontou, na partida disputada, no Estádio Campeón del Siglo, em Montevidéu, no Uruguai.

O jogo de volta será disputado na próxima terça-feira, no Maracanã, às 21h30. Como o gol fora de casa é critério de desempate, o Fluminense pode empatar ou perder de 1 a 0 e ainda assim se classifica. Os uruguaios precisam devolver o placar para levar a partida para os pênaltis ou vencer por dois gols de diferença. Antes, o Tricolor recebe o São Paulo, no sábado, às 19h, pelo Brasileirão.

Início difícil

O Peñarol entrou em campo e deu a impressão de ter feito o dever de casa de estudar o rival. Nos quinze minutos iniciais, o Flu trocava passes na defesa e não conseguia avançar diante da marcação alta dos uruguaios.

Cria de Xerém

O erro na saída de bola veio, mas dos donos da casa. Dawson tocou fraco com os pés para para Giovanni González e o menino Marcos Paulo, ligado, conseguiu roubar a bola. O menino de apenas 18 anos mostrou frieza e esperou o momento certo para deixar Yony González na cara do gol para abrir o placar, no Campeón del Siglo.

Cartão de visitas

No final da primeira etapa, o Peñarol foi para cima do Flu, na base do abafa. O estreante da noite, Muriel mostrou serviço com duas grandes defesas que garantiram a vantagem dos cariocas até o intervalo.

Colombiano de novo

O segundo tempo iniciou com a mesma dinâmica de jogo. O time carbonero continuava em busca do empate, mas parou novamente em Muriel, nas finalizações e Viatri e Gastón. Quem achou o caminho do gol, no entanto, foi o time das Laranjeiras. Aos 25, Daniel fez um passe açucarado para Yony González e o camisa 11 ganhou na corrida de Dawson e tocou de primeira para marcar o seu segundo gol da noite.

Uruguaios diminuem

O Flu continuou fazendo um jogo consistente na defesa, mas na única falha em toda a partida o Peñarol não perdoou. Brian Rodríguez recebeu na ponta direita e acertou passe milimétrico para Gastón Rodríguez descontar, de primeira, sem chances para Muriel.

FICHA TÉCNICA

PEÑAROL (URU) 1 X 2 FLUMINENSE

Data/Hora: 23/07/2019, às 21h30 (de Brasília)

Local: Campeón del Siglo, em Montevidéu (URU)

Gramado: Bom

Público/ Renda: N/D

Árbitro: Arnaldo Samaniego (PAR) Nota L!: 6,5 - Conduziu bem a partida

Auxiliares: Eduardo Cardozo (PAR) e Dario Gaona (PAR)

VAR: Germán Delfino (ARG)

Cartões amarelos: Gargano (PEN); Nino, Igor Julião (FLU)

Cartão Vermelho: Não houve.

Gols: Yony González (16'/1ºT, 0-1 e 25'/2ºT, 0-2) e Gastón Rodríguez (45'/2ºT, 1-2)

Peñarol: Dawson; González, Formiliano, Martínez e Rojo; Brian Rodríguez, Guzmán Pereira (Jesús Trindade, 33'/1ºT), Gargano e Cannobio (Estoyanoff, 22'/2ºT); Gastón Rodríguez e Lucas Viatri (Cristian Rodríguez, 30'/2ºT). Técnico: Diego López

Fluminense: Muriel; Igor Julião (Gilberto, 20'/2ºT), Nino, Digão e Caio Henrique; Allan, Daniel (Airton, 45'/2ºT) e Ganso (Bruno Silva, 34'/2ºT); Yony González, Marcos Paulo e Pedro. Técnico: Fernando Diniz

Mais Futebol