ÁLBUM

Veja fotos
de diversas
competições




   18h03 - 20/01/2002

Cruzeiro vence reservas do Atlético-PR, em Curitiba

Lancepress!
Em Belo Horizonte

Com gols de Cris e Leonardo, o Cruzeiro derrotou o time reserva do Atlético Paranaense por 2 a 0, na tarde deste domingo, na Arena da Baixada, em Curitiba, pela primeira rodada da Copa Sul Minas.

Atual campeão brasileiro, o Furacão entrou em campo com um time misto, composto por nove reservas e apenas dois titulares, o goleiro Flávio e o lateral Fabiano.

Antes do início do jogo, um fato inusitado: um pequeno e agitado enxame de abelhas resolveu se instalar na trave do goleiro cruzeirense Jefferson. Um jato de extintor solucionou parcialmente o problema e a partida pôde ser iniciada.

O jogo demorou a engrenar. Teve um início truncado no meio de campo, com as duas equipes demonstrando falta de objetividade para chegar ao ataque. O Furacão resolver tomar a iniciativa e deu o seu recado aos 21 minutos. Após saída errada de bola do Cruzeiro, Dagoberto ficou com a sobra e chutou da entrada da área. Jefferson defendeu bem.

Aos 23, nova investida do Atlético-PR, desta vez numa falta cobrada por Donizete Amorim. O goleiro cruzeirense fez golpe de vista e levou um susto. A bola passou rente ao travessão.

O Cruzeiro mostrou eficiência somente aos 33, quando Lúcio recebeu de Vander, entrou na área pela direita e chutou na rede pelo lado de fora. O aviso mineiro estava dado.

Um minuto depois, aos 34, o Cruzeiro não perdoou. Numa cobrança de falta pela direita, Ricardinho cruzou, a zaga rubronegra vacilou e Cris cabeceou para fazer 1 a 0 para a equipe celeste.

O Furacão voltou para o segundo tempo determinado a mudar a história da partida. Aos oito minutos, Rogério Souza cobrou falta e obrigou Jefferson a fazer boa defesa.

O goleiro cruzeirense teve mais trabalho aos 15, quando segurou um bom chute de longa distância disparado por Fabiano. O Atlético seguiu melhor no jogo e quase empatou aos 27: após enfiada de Dagoberto, Ilan ficou de frente para o gol, mas chutou mal, por cima.

De tanto desperdiçar oportunidades, o Furacão acabou castigado pelo destino aos 38. Num contra-golpe mortal, Lúcio deixou Leonardo na cara do gol. Ele só teve o trabalho de tocar na saída de Flávio. Cruzeiro 2 a 0, placar final da partida.

ATLÉTICO-PR
Flávio, Rogério Souza, Daniel e Igor; Fabiano, Leonardo, Donizete Amorim (Julinho), Geraldo (Fabinho) e Rodrigo; Ilan e Dagoberto
Técnico: Geninho

CRUZEIRO
Jefferson, Maicon, Luizão, Cris e Sorín; Recife, Ricardinho (Fernando Miguel), Vander e Jorge Wágner (Marcelo Batatais); Lúcio e Jussiê (Leonardo)
Técnico: Marco Aurélio

Local: estádio Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Público e renda: não divulgados
Árbitro: Edílson Soares da Silva (RJ)
Auxiliares: Waldemir dos Santos e Antônio Aparecido Casagrande (PR)
Cartões amarelos: Recife, Fabiano, Ilan, Ricardinho, Sorín, Rodrigo, Dagoberto e Vander


Comente esta notícia nos Grupos de Discussão UOL

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

03/09/2007

20h22
Espanhóis comemoram boas atuações no Aberto dos EUA


20h14
Santos tira peso de favoritismo e prevê retomada contra o Inter


20h13
Jogadores do Bota lametam má fase de Dodô


20h10
Diretoria do Bota não teme Fifa e grupo diverge sobre Dodô


20h05
Blake segue sem vencer em partidas de cinco sets

MAIS FUTEBOL

23/06/2010

09h25
Lúcio: "Não estamos satisfeitos com esses dois gols"


09h10
Confronto entre Suíça e Honduras será o 1º da história em Copas


08h38
Juventus contrata goleiro italiano Marco Storari


21/06/2010

12h28
Simão afirma que seleção portuguesa está muito motivada após goleada


11h35
Portugal derruba muralha norte-coreana com 7 gols e fica perto das oitavas