ÁLBUM

Veja fotos
de diversas
competições




   22h23 - 11/09/2002

Coritiba vence e Santos continua sem vitórias fora de casa

Da Redação
Em São Paulo

O Coritiba venceu o Santos por 4 a 2 nesta quarta-feira à noite a avançou na tabela do Campeonato Brasileiro. Já o time santista continua com um incômodo tabu. Há quase um ano o Santos não vence uma partida fora da Vila Belmiro. A equipe paulista também pode terminar a rodada fora da zona de classificação.

Nesta quarta parecia que o Santos quebraria o tabu. Jogando bem e com velocidade, os santistas abriram 2 a 0 no placar. Mas em apenas quatro minutos o Coritiba virou ainda no primeiro tempo. Na segunda etapa o time paranaense fechou o placar.

Com a vitória, o Coritiba chegou aos 16 pontos ganhos, empatando com o São Paulo. A equipe alviverde, porém, está na frente no saldo de gols. Já o Santos, que tem quatro jogos fora de casa com apenas um ponto somado, permanece com 14 pontos.

O jogo
O Coritiba teve a primeira grande oportunidade para marcar na partida. Aos 5min, o atacante Lima recebeu dentro da área, com um corte tirou dois santistas da jogada, preparou a bola para o chute mas na hora de finalizar pegou muito mal e não acertou nem o gol de Júlio Sérgio.

A partir daí o time do Santos passou a dominar o jogo e a ter mais presença ofensiva. Chegando principalmente pelo lado direito de seu ataque, o time paulista quase marcou duas vezes. Na primeira, Alberto chegou atrasado após cruzamento rasteiro. Na segunda, o zagueiro André Luís cabeceou na trave.

O time paranaense se recuperou no jogo e equilibrou as ações, ameaçando novamente o gol santista. Aos 20min, Lúcio Flávio fez boa jogada e passou por André Luís. A bola sobrou para Lima, que dominou dentro da área e virou para o gol. A bola passou perto da trave esquerda do goleiro do Santos.

Para tentar parar o Santos, o Coritiba apertou a marcação em cima de Robinho e de Diego, principais destaques do time alvinegro. Mas quando um deles achou espaço, saiu o primeiro gol. Aos 24min, Robinho driblou Tcheco, mas foi derrubado dentro da área. Diego encarregou-se pela cobrança e marcou.

O gol não mudou muito o panorama do jogo. Principalmente pela facilidade que o Santos encontrou para atacar pelo lado direito. Aos 29min, Alberto recebeu lançamento sem nenhuma marcação, levantou a cabeça e cruzou no pé de Diego, que pegou de primeira e ampliou o placar.

O time santista, que tinha total controle do jogo, recuou e começou a ser pressionado pelo Coritiba. E com muita força o time paranaense virou a partida em apenas quatro minutos. Aos 37min, Tcheco foi derrubado dentro da área por Renato. Lúcio Flávio cobrou o pênalti e diminuiu.

Antes que o Santos conseguisse recuperar-se do primeiro susto o Coritiba empatou. Aos 39min, Reginaldo Araújo cruzou na área santista, a zaga alvinegra falhou e Edinho Baiano, livre na segunda trave, tocou para o gol. Aos 41min foi a vez de Reginaldo Araújo receber lançamento na área e marcar na saída de Júlio Sérgio.

O time alviverde deixou o primeiro tempo perdendo uma boa chance para ampliar e começou o segundo desperdiçando outra. Aos 6min, Tcheco aproveitou-se de cruzamento rasteiro dentro da área e pegou de primeira, mandando a bola muito perto do gol de Júlio Sérgio.

Sem o mesmo ritmo do primeiro tempo, o Santos passou a ter problemas para controlar os contra-ataques do Coritiba. Aos 19min, Lima aproveitou-se do escorregão de um zagueiro santista, invadiu a área, tirou outro da jogada mas chutou em cima de Júlio Sérgio. Da Silva, sozinho, marcou o quarto alviverde.

Bem fechado em sua defesa, o Coritiba voltou a anular Diego e Robinho. Mas deu espaço para Alberto, aos 30min, deixar William na cara de Fernando. O santista, que entrou no segundo tempo, finalizou mal e perdeu uma boa chance para diminuir.

A partir daí o Coritiba apenas controlou a partida e tocou bola até o final, contando com a impotência do Santos em tentar buscar o empate na partida.

CORITIBA
Fernando; Reginaldo, Pícoli e Edinho Baiano; Adriano, Reginaldo Nascimento, Roberto Brum, Tcheco e Lúcio Flavio; Lima e Da Silva (Jabá). Técnico: Paulo Bonamigo

SANTOS
Júlio Sérgio; Maurinho (Wellington), Alex, André Luís e Leo; Preto, Renatinho, Elano (William) e Diego; Robinho e Alberto
Técnico: Emerson Leão

Local: estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR)
Juiz: Leonardo Gaciba da Silva (RS)
Cartões amarelos: Reginaldo Araújo e Tcheco (C); André Luís e Preto (S)
Gols: Diego, aos 24min e aos 30min, Lúcio Flávio, aos 38min, Edinho Baiano, aos 40min, e Reginaldo Araújo, aos 41min do primeiro tempo; Da Silva, aos 20min do segundo tempo

Clique aqui para entrar nas páginas especiais do Brasileiro, com classificação, artilheiros e resultados de todos os jogos. Aqui para entrar na página do Coritiba ou aqui para saber mais sobre o Santos.


Comente esta notícia nos Grupos de Discussão UOL

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

03/09/2007

20h22
Espanhóis comemoram boas atuações no Aberto dos EUA


20h14
Santos tira peso de favoritismo e prevê retomada contra o Inter


20h13
Jogadores do Bota lametam má fase de Dodô


20h10
Diretoria do Bota não teme Fifa e grupo diverge sobre Dodô


20h05
Blake segue sem vencer em partidas de cinco sets

MAIS FUTEBOL

23/06/2010

09h25
Lúcio: "Não estamos satisfeitos com esses dois gols"


09h10
Confronto entre Suíça e Honduras será o 1º da história em Copas


08h38
Juventus contrata goleiro italiano Marco Storari


21/06/2010

12h28
Simão afirma que seleção portuguesa está muito motivada após goleada


11h35
Portugal derruba muralha norte-coreana com 7 gols e fica perto das oitavas