ÁLBUM

Veja fotos
de diversas
competições




   12h56 - 09/03/2003

São Paulo vence a Santista e chega à final com a vantagem

MBPress
Em São Paulo

O futebol apresentado foi horrível, distante do apresentado na última quinta-feira. Mas o São Paulo conseguiu vencer a Portuguesa Santista por 1 a 0, na Vila Belmiro, em Santos, e garantiu sua vaga na decisão do Campeonato Paulista.

Além disso, o time tricolor ainda enfrentará o Corinthians com a vantagem de poder empatar as duas partidas para ficar com o título. A vantagem do São Paulo foi conquistada justamente com a vitória sobre a Santista. Se tivesse empatado, o tricolor precisaria vencer pelo menos um dos jogos.

Apesar da vitória, o São Paulo fez uma péssima partida. Podendo perder até por quatro gols para se classificar, o time são-paulino parece não ter dado o devido valor à partida. Lento em campo, o tricolor do Morumbi também resssentiu-se da falta de Ricardinho, suspenso, e um dos principais organizadores das jogadas são-paulinas.

Pouco futebol
O São Paulo até conseguiu ter duas chances de gol nos primeiros 10 minutos de jogo. Em ambos os casos, Luís Fabiano conseguiu cabecear livre, mas para fora do gol. A partir daí o time tricolor parou em campo, mostrando muito pouco interesse na partida.

A Portuguesa tentou aproveitar-se e crescer no jogo. Mas, mesmo mostrando mais vontade e tendo mais posse de bola, o time da Baixada Santista não conseguiu finalizar com perigo para o gol de Rogério Ceni, que apenas acompanhou a partida.

Sem fazer uma boa partida, o São Paulo só finalizou ao gol de Maurício novamente aos 33min, numa falta cobrada por Júlio Baptista. Dois minutos depois, Rogério Ceni, pouco exigido no jogo, foi ao ataque para cobrar outra falta. O goleiro apenas rolou para Gustavo Nery, que bateu forte. A bola desviou na zaga e Maurício fez ótima defesa.

A etapa final começou dando a falsa impressão de que o São Paulo estaria mais acordado. Em menos de três minutos, o time tricolor criou duas boas oportunidades, não aproveitadas por Kaká e Reinaldo. Parou aí. Novamente a Portuguesa passou a ter mais posse de bola, mas ameaçando pouco o gol são-paulino.

Com muitos erros de passe dos dois times, o jogo ficou feio. Num raro momento de emoção, Reinaldo foi lançado na área aos 24min. Maurício saiu do gol, fez o pênalti e, na reclamação com o árbitro Rodrigo Martins Cintra, foi expulso da partida.

Luís Fabiano encarregou-se pela cobrança da penalidade. E precisou marcar três vezes para abrir o marcador. Isso porque Rodrigo Cintra invalidou as duas primeiras cobranças, alegando que jogadores de ambas as equipes invadiram o gramado.

O jogo parou novamente. O São Paulo, satisfeito com a vitória por 1 a 0, não ameaçou mais nenhuma vez o gol da Santista. Já o time da Baixada, quase conseguiu o empate aos 46min. Após cobrança de falta, a bola desviou na zaga e sobrou para Marlon. Na pequena área, o atacante esticou a perna para chutar. A trave de Rogério Ceni, garantiu a vitória são-paulina.

PORTUGUESA SANTISTA
Maurício; Vandir, Zambiasi e Nenê; Nelsinho, Adriano, Renato Medeiros (Angelo), Souza e Adavilson; Rico (Marlon) e Reinaldo (Fabrício)
Técnico: Pepe

SÃO PAULO
Rogério; Leonardo, Jean, Régis e Gustavo Nery (Fabiano); Maldonado, Júlio Baptista, Adriano (Daniel Rossi) e Kaká (Itamar); Reinaldo e Luís Fabiano
Técnico: Oswaldo de Oliveira

Local: estádio da Vila Belmiro, em Santos
Árbitro: Rodrigo Martins Cintra
Auxiliares: Marinaldo Silvério e Giovani César Canzian
Cartões amarelos: Renato Medeiros (P), Lúis Fabiano (S), Adriano (P), Nenê (P), Kaká (S)
Cartões vermelhos: Maurício (P)


Comente esta notícia nos Grupos de Discussão UOL

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

03/09/2007

20h22
Espanhóis comemoram boas atuações no Aberto dos EUA


20h14
Santos tira peso de favoritismo e prevê retomada contra o Inter


20h13
Jogadores do Bota lametam má fase de Dodô


20h10
Diretoria do Bota não teme Fifa e grupo diverge sobre Dodô


20h05
Blake segue sem vencer em partidas de cinco sets

MAIS FUTEBOL

23/06/2010

09h25
Lúcio: "Não estamos satisfeitos com esses dois gols"


09h10
Confronto entre Suíça e Honduras será o 1º da história em Copas


08h38
Juventus contrata goleiro italiano Marco Storari


21/06/2010

12h28
Simão afirma que seleção portuguesa está muito motivada após goleada


11h35
Portugal derruba muralha norte-coreana com 7 gols e fica perto das oitavas