ÁLBUM

Veja fotos
de diversas
competições




   20h01 - 16/03/2003

Corinthians vence o São Paulo num ótimo jogo no Morumbi

MBPress
Em São Paulo

Independente das confusões da Federação Paulista de Futebol, o Corinthians agora é quem tem a vantagem nas finais do Campeonato Paulista de 2003. Neste domingo, o time alvinegro venceu o São Paulo por 3 a 2, num ótimo jogo disputado no estádio do Morumbi.

De acordo com a Federação, o time são-paulino entrou na decisão com a vantagem de dois empates. Com isso, o São Paulo ficaria dependendo de uma vitória simples no próximo jogo, sábado, para ser campeão. Já o Corinthians reinvidica as vantagens e poderia até perder por um gol para ficar com a taça.

A partida foi eletrizante, com ótimas chances para os dois lados, boas jogadas e muitas alternativas. O Corinthians esteve na frente três vezes, sendo que o São Paulo conseguiu buscar o empate em duas delas.

Gil, pelo lado do Corinthians, foi um dos destaques. O jogador ficou apagado boa parte do jogo, perdeu um gol na cara de Rogério Ceni, mas marcou o terceiro e da vitória corintiana. Já Liédson, artilheiro do time na temporada, passou em branco na decisão.

No São Paulo, Reinaldo conseguiu empatar o jogo quando o Corinthians vencia por 2 a 1. Foi o primeiro gol do jogador na temporada. Já o meia Kaká, ainda sentindo dores musculares na coxa, não foi bem e acabou substituído no segundo tempo.

Para o jogo decisivo, o time são-paulino ainda tem mais uma desvantagem. Maldonado e Gustavo Nery receberam o terceiro cartão amarelo e estão suspensos. O mesmo acontece com Leandro, do Corinthians, que não joga a decisão.

Bom jogo
A partida começou tensa, com muitas faltas e reclamações. Logo aos 3min, Gustavo Nery fez falta dura em Liédson e recebeu o cartão amarelo. Foi o terceiro do são-paulino, que fica fora da decisão do próximo sábado. Após a cobrança, Jorge Wagner chutou de fora da área e Rogério Ceni faz uma ótima defesa.

O jogo manteve-se sempre equilibrado, com as duas equipes buscando o ataque. A primeira grande chance do São Paulo aconteceu aos 18min. Ricardinho deu um lindo lançamento para Fabiano, que entrou livre por trás da zaga corintiana. O lateral tentou bater para o gol, mas Doni saiu bem e conseguiu evitar o gol.

Com as zagas tendo bastante trabalho, o Corinthians quase abriu o placar aos 25min. Após confusão na entrada da área do São Paulo, Gil ficou com a sobra, mas bateu fraco, facilitando a defesa de Rogério Ceni, goleiro são-paulino.

As oportunidades de gol continuaram surgindo. Aos 27min, a bola foi cruzada na área do Corinthians. A zaga falhou e Luís Fabiano ficou com a sobra. Ao tentar dominar, o atacante acabou tocando para o gol. Doni ainda desviou antes de a bola tocar na trave. No rebote, Reinaldo bateu forte e Fabinho, em cima da linha, salvou.

Se o São Paulo não contou com a sorte em seu ataque, o Corinthians foi melhor. Aos 29min, Liédson foi lançado, mas perdeu o domínio. A bola, porém, passou por ele e por Gustavo Nery. O zagueiro são-paulino, tentando evitar que Liédson chegasse antes na bola, fez o pênalti. Rogério cobrou e abriu o placar no Morumbi.

O gol não abalou o time são-paulino, que foi para o ataque em busca do empate. Aos 31min, Luís Fabiano fez boa jogada pela direita, invadiu a área e bateu cruzado, rasteiro. Doni fez a defesa parcial, mas deixou a bola solta na pequena área. A zaga corintiana aliviou.

Dois minutos depois o São Paulo conseguiu o empate. Com todo time corintiano recuado, Ricardinho deu um lançamento perfeito, novamente por trás da zaga do Corinthians, mas desta vez para Luís Fabiano. O atacante, mesmo não tendo um bom domínio da bola, marcou na saída de Doni.

O começo da etapa final manteve o ritmo do primeiro tempo. Logo aos 2min, Ricardinho lançou Reinaldo no meio. O atacante carregou a bola e, da entrada da área, arriscou o chute. A bola saiu pela direita, próxima ao gol de Doni.

A resposta corintiana veio aos 6min. Após bate-rebate na entrada da área do São Paulo, Fabinho ficou com a sobra e bateu forte. Rogério Ceni fez boa defesa. O São Paulo voltou a chegar aos 9min, com Luís Fabiano. O atacante recebeu lançamento no meio da zaga do Corinthians e bateu para o gol. Fábio Luciano desviou.

Apesar das boas chances do São Paulo, o Corinthians passou a dominar o jogo, tendo mais posse de bola e permanecendo mais tempo no campo de ataque. Aos 18min, Gil fez ótima jogada pela esquerda e cruzou rasteiro, para Liédson. Rogério Ceni conseguiu cortar o cruzamento e evitar o gol certo do Corinthians.

Melhor em campo, o Corinthians conseguiu chegar ao segundo gol numa jogada que está virando marca registrada da equipe neste primeiro semestre. Cruzamento na área com chegada de algum zagueiro. Desta vez, Jorge Wagner cobrou falta da esquerda e Fábio Luciano, marcado por Luís Fabiano, desviou para o gol.

O São Paulo sumiu em campo e o Corinthians teve três ótimas chances para ampliar. Um minuto após marcar, Liédson recebeu livre na área e bateu de primeira. Rogério Ceni saiu do gol com velocidade e conseguiu fazer uma ótima defesa.

Aos 26min, a zaga são-paulina voltou a falhar, dando espaços para o Corinthians. Após boa troca de passes, Gil recebeu livre pela esquerda, invadiu a área e, com a saída de Rogério Ceni, tocou por cima do gol. Aos 29min, o goleiro são-paulino fez outro milagre ao desviar uma bomba de Rogério. A bola ainda bateu na trave.

Sem conseguir chegar ao terceiro gol, o Corinthians foi castigado. Itamar, que entrou no lugar de Kaká, sofreu falta próximo à área. Após o cruzamento na área, Luís Fabiano desviou de cabeça e a bola bateu na trave. No rebote, Reinaldo marcou. Foi o primeiro gol do atacante em 2003.

O São Paulo animou-se com o gol e quase ficou na frente do placar aos 36min. Luís Fabiano recebeu livre pela direita e cruzou rasteiro. Sem nenhuma marcação, Itamar bateu de primeira, acertando a trave de Doni. Foi a vez de o São Paulo ser castigado por perder um gol.

Sumido em campo, Gil recebeu de Jorge Wagner pela esquerda, aos 39min, encarou a marcação de Júlio Baptista e bateu forte para o gol, acertando o ângulo de Rogério Ceni e garantindo o Corinthians mais perto do título do Paulistão 2003.

CORINTHIANS
Doni; Rogério, Fábio Luciano, Anderson e Kléber; Fabinho, Vampeta e Jorge Wagner; Leandro (Renato), Liedson e Gil
Técnico: Geninho

SÃO PAULO
Rogério Ceni; Júlio Baptista, Jean, Gustavo Nery e Fabiano; Maldonado, Fábio Simplício, Ricardinho e Kaká (Itamar); Luis Fabiano e Reinaldo
Técnico: Oswaldo de Oliveira

Local: estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Juiz: Cleber Wellington Abade (SP)
Cartões amarelos: Gustavo Nery (SP), Leandro (C), Liédson (C), Rogério Ceni (SP), Fábio Luciano (C), Maldonado (SP)
Gols: Rogério, aos 29min, e Luís Fabiano, aos 33min do primeiro tempo; Fábio Luciano, aos 24min, Reinaldo, aos 32min, e Gil, aos 39min


Comente esta notícia nos Grupos de Discussão UOL

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

03/09/2007

20h22
Espanhóis comemoram boas atuações no Aberto dos EUA


20h14
Santos tira peso de favoritismo e prevê retomada contra o Inter


20h13
Jogadores do Bota lametam má fase de Dodô


20h10
Diretoria do Bota não teme Fifa e grupo diverge sobre Dodô


20h05
Blake segue sem vencer em partidas de cinco sets

MAIS FUTEBOL

23/06/2010

09h25
Lúcio: "Não estamos satisfeitos com esses dois gols"


09h10
Confronto entre Suíça e Honduras será o 1º da história em Copas


08h38
Juventus contrata goleiro italiano Marco Storari


21/06/2010

12h28
Simão afirma que seleção portuguesa está muito motivada após goleada


11h35
Portugal derruba muralha norte-coreana com 7 gols e fica perto das oitavas