ÁLBUM

Veja fotos
de diversas
competições




   17h55 - 13/04/2003

São Paulo empata com Criciúma em Santa Catarina

MBPress
Em São Paulo

Ainda não foi desta vez que o São Paulo conseguiu comemorar sua primeira vitória no Campeonato Brasileiro deste ano. Jogando no estádio Heriberto Hülse, em Santa Catarina, na tarde deste domingo, o empate por 1 a 1 contra o Criciúma ficou de bom tamanho para a equipe são-paulina, que foi dominada durante a maior parte do tempo.

Em um jogo muito movimentado, especialmente no primeiro tempo, o São Paulo bobeou após abrir o placar e deixou o Criciúma tomar conta da partida. Com isso, ficou fácil para o time catarinense chegar ao empate.

No segundo tempo, o Criciúma conseguir manter a boa marcação e por pouco não chegou à vitória. O São Paulo ainda perdeu um pênalti na etapa final.

O artilheiro da equipe, Luís Fabiano, desfalca a equipe na próxima partida do time -contra o Fortaleza, em casa, na quinta-feira. O atacante tomou mais um cartão amarelo na competição - foi o terceiro em três jogos.

Já o Criciúma volta a campo na quarta-feira. A equipe catarinense viaja para Campinas, onde joga contra a Ponte Preta.

O jogo
A partida começou quente. Aos 3min, após cobrança de escanteio, o artilheiro Luís Fabiano tentou dar uma bicicleta dentro da área. Ele pegou mal e a bola saiu por cima da meta de Fabiano.

Na sequência, Fábio Simplício empurrou Guilherme dentro da área, mas o árbitro mineiro Alicio Pena Júnior já havia marcado impedimento do ataque do Criciúma.

Aos 5min, Paulo César recebeu lançamento na direita e, dentro da área, sem ângulo, tentou encobrir Roger. A bola ainda bateu no travessão superior da meta são-paulina.

Melhor no jogo, o São Paulo chegou ao gol aos 7min. Jean, antes do meio de campo, cruzou para Luís Fabiano. O atacante aproveitou a bobeada da defesa do time catarinense, que parou para pedir impedimento, partiu para a área, driblou o goleiro e um zagueiro e tocou no meio de dois jogadores do Criciúma para fazer um golaço.

Aos 14min, a equipe catarinense quase chegou ao empate. Paulo Baier cobrou escanteio e por pouco não fez gol olímpico. Roger, no susto, defendeu.

O goleiro voltou a aparecer bem aos 26min. Mesmo com visão encoberta, ele defendeu um chute forte de fora da área de Juca. O São Paulo respondeu em seguida. Aos 27min, Luís Fabiano recebeu bola de frente para o gol, mas errou o chute.

O São Paulo diminuiu o ritmo e deixou o Criciúma tomar conta da partida. Sem conseguir passar do meio de campo, a equipe são-paulina se defendia como podia.

Aos 35min, a bola sobrou para Delmer no meio de campo. Ele arrancou em velocidade pela lateral direita e chutou forte, cruzado. A bola passou raspando a trave direita de Roger.

Com domínio total do jogo, o Criciúma conseguiu empatar a partida aos 40min. Após tabelar com Guilherme, Luciano Almeida aproveitou falha de Fábio Simplício e tocou na saída de Roger.

A única boa oportunidade de São Paulo após o time da casa impor seu jogo foi aos 47min. Luís Fabiano tentou, a bola bateu na defesa do time catarinense e, no rebote, Fabiano defendeu chute prensado de Rico - que entrou no lugar de Souza, contundido.

O time da casa voltou melhor para o segundo tempo. Com uma boa marcação, o Criciúma anulou as jogadas do São Paulo no início da etapa final.

Aos 8min, Roger, no reflexo, salvou o São Paulo de levar o gol da virada após defender um chute à queima-roupa de Dejair.

O São Paulo melhorou na partida, mas não finalizava com quailidade. Enquanto isso, o Criciúma apostava nos contra-ataques.

Aos 20min, Tico recebeu lançamento pela esquerda em condição legal, driblou Roger e, quando ia marcar o gol, a arbitragem assinalou impedimento, para a revolta da torcida catarinense.

Aos 22min, Tico, novamente, quase marcou o segundo da equipe de Santa Catarina. Ele chutou cruzado, do lado esquerdo. A bola raspou a trave da meta são-paulina.

Três minutos depois, em lance parecido, Paulo Cesar bateu cruzado, agora pela direita, e a bola passou tirando tinta da trave de Roger.

Em um bom contra-ataque, aos 26min, Reinaldo dominou bola e foi derrubado por Paulo César na área. O árbitro apitou pênalti. Luís Fabiano, que até então não havia perdido pênalti com a camisa do São Paulo, cobrou e Fabiano defendeu.

Aos 39min, em lance confuso, o Cruciúma pediu gol após cabeçada do ataque do time catarinense. A bola não entrou totalmente e, para desespero do time catarinense, o árbitro não validou o gol. Aos 45min, Paulo Baier cabeceou a bola na trave após ataque perigoso.

CRICIÚMA
Fabiano; Paulo Baier, Cametá, Luciano e Luciano Almeida; Cléber Gaúcho (Alexandre), Paulo César, Juca e Dejair; Guilherme (Tico) e Delmer (Saulo)
Técnico: Edson Valandro

SÃO PAULO
Roger; Fábio Simplício, Jean, Gustavo Nery e Fabiano; Adriano, Júlio Baptista, Ricardinho e Souza (Rico); Reinaldo (Kléber) e Luís Fabiano
Técnico: Oswaldo de Oliveira

Local: estádio Heriberto Hülse, em Criciúma
Árbitro: Alicio Pena Júnior (MG)
Auxiliares: Marcos Antônio Martins (MG) e Marco Antônio Gomes (MG)
Cartões amarelos: Adriano, Luís Fabiano, Fabiano, Reinaldo, Fábio Simplício, Gustavo Nery (S), Paulo César, Paulo Baier (C)
Cartões vermelhos: Rico (S) e Dejair (C)
Gols: Luís Fabiano, aos 7min, Luciano Almeida, aos 40min do primeiro tempo.

Clique aqui para entrar nas páginas especiais do Campeonato Brasileiro, com classificação, artilheiros e resultados de todos os jogos. Aqui para entrar na página do Criciúma ou aqui para saber mais sobre São Paulo.


Comente esta notícia nos Grupos de Discussão UOL

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

03/09/2007

20h22
Espanhóis comemoram boas atuações no Aberto dos EUA


20h14
Santos tira peso de favoritismo e prevê retomada contra o Inter


20h13
Jogadores do Bota lametam má fase de Dodô


20h10
Diretoria do Bota não teme Fifa e grupo diverge sobre Dodô


20h05
Blake segue sem vencer em partidas de cinco sets

MAIS FUTEBOL

23/06/2010

09h25
Lúcio: "Não estamos satisfeitos com esses dois gols"


09h10
Confronto entre Suíça e Honduras será o 1º da história em Copas


08h38
Juventus contrata goleiro italiano Marco Storari


21/06/2010

12h28
Simão afirma que seleção portuguesa está muito motivada após goleada


11h35
Portugal derruba muralha norte-coreana com 7 gols e fica perto das oitavas