ÁLBUM

Veja fotos
de diversas
competições




   22h23 - 17/04/2003

São Paulo sofre, mas vence o Fortaleza e desencanta no Brasileiro

MBPress
Em São Paulo

O São Paulo precisou de quatro rodadas para conquistar sua primeira vitória no Campeonato Brasileiro. Na noite desta quarta-feira, o tricolor paulista bateu o Fortaleza por 3 a 1, no estádio do Morumbi.

A vitória afasta a crise do time tricolor. A equipe vinha sofrendo com a pressão da torcida, mas conquistou bons resultados nos últimos três jogos: em Santa Catarina, venceu o Figueirense, pela Copa do Brasil, e empatou com o Criciúma, além da vitória sobre o Fortaleza.

O resultado leva a equipe paulista a cinco pontos ganhos, com uma vitória, dois empates e uma derrota.

O São Paulo buscará uma nova vitória no domingo de Páscoa, contra o Vasco, no Morumbi. Será o reencontro entre Ricardinho e Marcelinho Carioca. Os meias se desentenderam quando atuavam pelo Corinthians e a polêmica gerou a saída de Marcelinho do alvinegro.

Já o Fortaleza, que ainda não venceu no Brasileiro (empatou três jogos e perdeu um), buscará os três pontos também no domingo, contra o Atlético-PR, no estádio Castelão.

O jogo
O tricolor paulista aproveitou a fragilidade do adversário e fez o primeiro aos 4min. Ricardinho recebeu na entrada da área e, de primeira, bateu forte no canto direito. O goleiro Jefferson demorou para pular e a bola entrou na meta cearense.

O segundo gol paulista saiu aos 9min. Ricardinho cobrou escanteio da direita, Jefferson não achou nada e a bola sobrou nos pés de Reinaldo, que bateu para o gol vazio.

O Fortaleza descontou aos 16min. Chiquinho se livrou da marcação e bateu de fora da área, no canto direito. O lateral contou com a ajuda de Rogério Ceni, que foi mal para a bola e não conseguiu fazer a defesa.

Vencendo por 2 a 1, o São Paulo passou a errar muitos passes, dando espaço para os contra-ataques do Fortaleza.

Aos 31min, a equipe cearense assustou, na última jogada de perigo real na primeira etapa. Alyson cobrou falta da entrada da área. Rogério Ceni fez a defesa em dois tempos.

A primeira boa jogada do segundo tempo saiu aos 4min. Ricardinho levantou na área e Júlio Baptista desviou de cabeça, mas a bola saiu pela linha de fundo.

Aos 6min, o São Paulo ficou com um jogador a menos. Kléber, que já tinha amarelo, se estranhou com o zagueiro Ronaldo e acabou expulso.

Mesmo com um homem a menos, o tricolor paulista estava melhor em campo e criou três chances seguidas de marcar: aos 11min, com Júlio Baptista, aos 12min, em cobrança de falta de Ricardinho, e aos 13min, em chute perigoso de Reinaldo.

Aos 27min, Fabiano cruzou para a área e a bola foi no peito de Júlio Baptista. O volante ajeitou e tentou de bicicleta, mas pegou mal na bola e mandou pela linha de fundo.

No minuto seguinte, o Fortaleza chegou perto do empate. Depois de chute forte de Calmon, na entrada da pequena área, Rogério Ceni redimiu-se na falha no primeiro gol e salvou o tricolor.

Aos 31min, o técnico Ferdinando Teixeira trocou Chiquinho pelo experiente Mazinho Loyola. Na sua primeira jogada, o jogador do Fortaleza quase marcou, desviando a bola rente à trave.

Os últimos minutos foram de sufoco para o São Paulo. Aproveitando a vantagem numérica, o Fortaleza foi ao ataque em busca do empate, mas não conseguiu colocar a bola na rede e acabou derrotado no Morumbi.

Mas aos 44min, saiu o terceiro gol tricolor. Júlio Baptista entrava na área quando foi derrubado por Dude, que era o último homem e foi expulso. Rogério Ceni cobrou a falta na barreira e, no rebote, a bola sobrou para Gabriel. O lateral chutou fraco, no canto esquerdo, mas Jefferson não conseguiu fazer a defesa e evitar o gol do São Paulo.

SÃO PAULO
Rogério Ceni; Gabriel, Jean, Gustavo Nery e Fabiano; Adriano, Fábio Simplício (Marcelo Gallo), Júlio Baptista e Ricardinho; Reinaldo e Kléber
Técnico: Oswaldo de Oliveira

FORTALEZA
Jefferson; Ronaldo, Fernandão e Erandir; Chiquinho (Mazinho Loyola), Dude, Wendell, Alyson e Sérgio (Rogério); Wesley e Calmon
Técnico: Ferdinando Teixeira

Data: 17/04/2003 (quinta-feira)
Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo
Árbitro: Edilson Soares da Silva (RJ)
Auxiliares: Marcos Tadeu Penichi Nunes (RJ) e Ednei G. Mascarenhas Filho (RJ)
Cartões amarelos: Reinaldo (S), Fernandão (F), Alyson (F), Chiquinho (F), Jean (S)
Cartões vermelhos: Kléber (S), Dude (F)
Gols: Ricardinho, aos 3min, Reinaldo, aos 9min, e Chiquinho, aos 15min do primeiro tempo; Gabriel, aos 44min do segundo tempo


Comente esta notícia nos Grupos de Discussão UOL

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

03/09/2007

20h22
Espanhóis comemoram boas atuações no Aberto dos EUA


20h14
Santos tira peso de favoritismo e prevê retomada contra o Inter


20h13
Jogadores do Bota lametam má fase de Dodô


20h10
Diretoria do Bota não teme Fifa e grupo diverge sobre Dodô


20h05
Blake segue sem vencer em partidas de cinco sets

MAIS FUTEBOL

23/06/2010

09h25
Lúcio: "Não estamos satisfeitos com esses dois gols"


09h10
Confronto entre Suíça e Honduras será o 1º da história em Copas


08h38
Juventus contrata goleiro italiano Marco Storari


21/06/2010

12h28
Simão afirma que seleção portuguesa está muito motivada após goleada


11h35
Portugal derruba muralha norte-coreana com 7 gols e fica perto das oitavas