ÁLBUM

Veja fotos
de diversas
competições




   19h54 - 27/04/2003

Paysandu goleia o São Paulo e acaba com a paz no tricolor

MBPress
Em São Paulo

O Paysandu acabou com os poucos dias de paz do São Paulo. Neste domingo à noite, o bicolor paraense goleou o tricolor paulista por 5 a 2, numa grande exibição pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro. A partida foi disputada no estádio Mangueirão, em Belém.

O time são-paulino, que passou por maus momentos nesta temporada e foi muito pressionado por sua torcida, principalmente o técnico Oswaldo de Oliveira, vinha de quatro jogos sem derrotas, sendo três vitórias e um empate.

O São Paulo havia vencido o Figueirense, pela Copa do Brasil, e Fortaleza e Vasco, pelo Brasileirão. Também pelo Campeonato Brasileiro, o tricolor paulista empatou com o Criciúma. Além dos bons resultados, a zaga são-paulina, sempre criticada, havia levado apenas três gols.

Para tentar dar a volta por cima, o São Paulo jogará duas vezes em casa contra o Figueirense. Na próxima quinta-feira, as duas equipes se enfrentam pelas oitavas-de-final da Copa do Brasil, com o time paulista podendo perder por um gol para se classificar. No domingo, os dois times jogam pelo Brasileirão.

Reencontro
Para o Paysandu, o jogo contra o São Paulo foi também um reencontro com sua torcida. O último jogo do time paraense em casa havia acontecido no dia nove de abril, quando venceu o Santos por 2 a 1. Depois disso, foram quatro jogos longe de Belém.

Pelo Brasileirão, o Paysandu foi goleado pelo Corinthians por 6 a 1 e empatou com a Ponte Preta por 4 a 4. E pela Libertadores, a equipe bicolor empatou com a Universidad Católica por 1 a 1 e conquistou um resultado histórico ao vencer o Boca Juniors por 1 a 0, em Buenos Aires.

O triunfo no La Bombonera animou a fanática torcida de Belém, que lotou o Mangueirão. O Paysandu, porém, irá novamente deixar a capital do Pará. No próximo domingo, o time paraense vai ao ABC paulista para enfrentar o São Caetano.

Bom começo
O São Paulo começou a partida muito bem. Com bom toque de bola, o time paulista dominou as ações e permanceu mais tempo no campo de ataque. Mesmo jogando em casa e contando com o apoio de um grande público, o Paysandu ficou atrás, esperando uma boa chance para contra-atacar.

O time paulista teve uma ótima chance para abrir o placar aos 7min. Ricardinho cobrou falta no ângulo, Ronaldo conseguiu dar um lindo salto e desviou a bola, que ainda bateu na trave. No rebote, Reinaldo tocou novamente para o gol e Ronaldo fez nova defesa.

Mesmo sem ter muitas chances claras, o São Paulo continuou jogando no ataque. Mas na primeira tentativa do Paysandu, saiu o primeiro gol do jogo. Aos 26min, Luís Fernando fez ótima jogada pela esquerda, deixou Gabriel para trás e cruzou. Róbson, de cabeça, marcou.

A partir daí o time são-paulino teve um "branco" na partida. E o Paysandu aproveitou-se para ampliar sua vantagem. Dois minutos após o primeiro gol, Lecheva foi à linha de fundo pela direita e cruzou. Gabriel saltou, mas não conseguiu alcançar a bola. Róbson, de cabeça, fez mais um.

Ficou fácil. O São Paulo abriu-se em busca de seu primeiro gol no jogo e acabou levando o terceiro no contra-ataque. Aos 33min, Róbson foi lançado livre, pela esquerda, invadiu a área e bateu cruzado. Foi o terceiro gol do atacante em três finalizações na partida, e o quinto dele no campeonato.

O atacante Reinaldo perdeu uma ótima chance para diminuir logo aos 5min do segundo tempo. Luís Fabiano fez jogada pela esquerda e bate cruzado. Reinaldo tentou pegar de carrinho na pequena área, mas chegou atrasado.

Sete minutos depois, porém, Reinaldo conseguiu chegar no tempo certo na bola. Após cobrança de escanteio pela direita, a bola foi desviada para trás e o atacante são-paulino, livre na pequena área, pegou de cabeça e marcou seu segundo gol no campeonato.

No entanto, a reação são-paulina não aconteceu. O Paysandu continuou tranqüilo em campo e aproveitando os espaços dados pelo tricolor paulista. Assim, aos 20min, Lecheva recebeu dentro da área, limpou a jogada e bateu sem chance para o goleiro Rogério Ceni.

O quarto gol do Paysandu acabou de vez com qualquer tentativa do São Paulo de conseguir um resultado melhor. Abatido em campo, o tricolor paulista não ameaçou mais o gol de Ronaldo, além de continuar dando espaços em sua defesa.

Com facilidade, o time da casa chegou ao quinto gol. Aos 31min, Iarley carregou a bola pela esquerda, invadiu a área e bateu, com categoria, no canto esquerdo do gol de Rogério Ceni. Paysandu 5 a 1.

O jogo ficou morno. E no final do jogo, mesmo sem forçar, o São Paulo conseguiu diminuir. Aos 41min, o tricolor paulista entrou no ataque tocando a bola, que ficou com Luís Fabiano. Da entrada da área, o atacante bateu cruzado e marcou seu sexto gol no Brasileirão.

PAYSANDU
Ronaldo; Wellington, Gino, Tinho e Luís Fernando; Bruno, Sandro, Lecheva (Rogerinho) e Iarley; Robson (Zé Augusto) e Velber (Jóbson)
Técnico: Dario Pereyra

SÃO PAULO
Rogério Ceni; Gabriel (Kléber), Jean, Gustavo Nery e Jorginho Paulista (Régis); Adriano, Júlio Baptista, Carlos Alberto e Ricardinho; Reinaldo (Rico) e Luís Fabiano
Técnico: Oswaldo de Oliveira

Local: estádio do Mangueirão, em Belém
Árbitro: Wilson Souza Mendonça (Fifa-PE)
Auxiliares: Cid Bezerra Cavalcante (PE) e Erich Barthomeu Bandeira (PE)
Cartões amarelos: Reinaldo (SP), Róbson (P), Ricardinho (SP), Gustavo Nery (SP), Wellington (P)
Gols: Róbson, aos 26min, 28min e 33min do primeiro tempo; Reinaldo, aos 12min, Lecheva, aos 20min, Iarley, aos 31min, e Luís Fabiano, aos 41min do segundo tempo

Clique aqui para entrar nas páginas especiais do Campeonato Brasileiro, com classificação, artilheiros e resultados de todos os jogos. Aqui para entrar na página do Paysandu ou aqui para saber mais sobre o São Paulo.


Comente esta notícia nos Grupos de Discussão UOL

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

03/09/2007

20h22
Espanhóis comemoram boas atuações no Aberto dos EUA


20h14
Santos tira peso de favoritismo e prevê retomada contra o Inter


20h13
Jogadores do Bota lametam má fase de Dodô


20h10
Diretoria do Bota não teme Fifa e grupo diverge sobre Dodô


20h05
Blake segue sem vencer em partidas de cinco sets

MAIS FUTEBOL

23/06/2010

09h25
Lúcio: "Não estamos satisfeitos com esses dois gols"


09h10
Confronto entre Suíça e Honduras será o 1º da história em Copas


08h38
Juventus contrata goleiro italiano Marco Storari


21/06/2010

12h28
Simão afirma que seleção portuguesa está muito motivada após goleada


11h35
Portugal derruba muralha norte-coreana com 7 gols e fica perto das oitavas