ÁLBUM

Veja fotos
de diversas
competições




   17h51 - 15/06/2003

De virada, São Paulo vence o Corinthians

MBPress
Em São Paulo

De virada, o São Paulo levou a melhor no clássico paulista diante do Corinthians ao vencer o alvinegro por 2 a 1, neste domingo, no Morumbi, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Foi o primeiro confronto entre Corinthians e São Paulo desde a final do Campeonato Paulista, quando o alvinegro levou a melhor e ficou com o título estadual.

Com o resultado, o São Paulo chega aos 22 pontos a assume provisoriamente a quarta colocação. Já o Corinthians permanece entre os primeiros colocados, com 19 pontos ganhos.

No entanto, as duas equipes entraram em campo muito desfalcadas, já que três jogadores do Corinthians e dois do São Paulo foram convocado para a Seleção Brasileira, que disputará a partir de quinta-feira a Copa das Confederações, na França.

Com isso, o Corinthians entrou em campo sem o zagueiro Fábio Luciano, o lateral-esquerdo Kleber e o atacante Gil, além de Leandro, suspenso. César, Roger, Leandro Amaral e Lucas entraram na equipe.

No São Paulo, o meia Ricardinho e o atacante Luís Fabiano foram convocados por Carlos Alberto Parreira, enquanto o goleiro Rogério Ceni e o volante Carlos Alberto estão suspensos. Roger assumiu a camisa um, enquanto Rico entrou no ataque.

No meio-campo, o técnico Roberto Rojas improvisou Gustavo Nery, com a entrada de Júlio Santos na zaga. Mas a principal novidade tricolor foi o retorno do meia Kaká, que estava afastado da equipe há 15 dias, por causa de torção no tornozelo esquerdo.

O primeiro tempo foi movimentado, com as duas equipes oscilando no domínio da partida e criando algumas boas oportunidades de gol. O Corinthians abriu o placar aos 26min, com Anderson aproveitando de cabeça cobrança de escanteio. Aos 36min, o São Paulo empatou, em cabeçada de Fábio Simplício depois de rebote de Doni.

A segunda etapa foi emocionante, com Corinthians mantendo mais a posse de bola e o São Paulo apostando nos contragolpes para chegar ao gol. Aos 14min, o time do Morumbi marcou o gol da virada, com Jean. As coisas ficaram ainda mais difíceis para a equipe alvinegra no minuto seguinte, com a expulsão de Anderson depois de falta violenta em Rico.

Mesmo com um homem a menos, o Corinthians partiu para cima, principalmente com Liedson, mas não conseguiu chegar ao empate e acabou derrotado no clássico paulista.

O São Paulo volta a campo no próximo sábado, contra o Goiás, às 18h, no Morumbi. Já o Corinthians terá pela frente a Ponte Preta, no domingo, às 16h, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas.

O clássico
A partida começou equilibrada, com o São Paulo mantendo mais a posse de bola. Aos 13min, Kaká arriscou de fora da área, mas Doni estava bem colocado e não teve dificuldade em fazer a defesa.

A partir dos 20min, o Corinthians passou a ser mais perigoso, principalmente nas bolas alçadas na área. Aos 25min, Lucas girou e obrigou Roger a fazer grande defesa, espalmando para a linha de fundo. Rogério cobrou, Anderson ganhou de Jean no alto e desviou de cabeça no canto direito, sem chance de defesa para Roger, abrindo o placar.

O time alvinegro continuava melhor, mas o São Paulo chegou ao empate aos 36min. Fabiano tabelou com Kaká e soltou a bomba da entrada da área. Doni espalmou e Fábio Simplício aproveitou o rebote para, de cabeça, balançar as redes corintianas.

Depois do gol, o São Paulo cresceu, enquanto o Corinthians buscava cadenciar a partida. Na última boa chance do primeiro tempo, aos 42min, Leonardo recebeu de Reinaldo, invadiu a área e chutou forte no canto esquerdo. Doni se esticou para colocar para escanteio.

A segunda etapa começou com as duas equipes buscando o gol. Mas aos 14min, o São Paulo virou. Fábio Simplício cobrou escanteio da esquerda e Jean cabeceou com violência, no canto esquerdo, vencendo o goleiro Doni.

Além de sofrer a virada, o Corinthians perdeu o zagueiro Anderson aos 15min. Rico dominou pela meia-direita e o zagueiro corintiano fez falta violenta. Mesmo ser receber o cartão amarelo, Anderson foi expulso pelo árbitro Cléber Wellington Abade.

Mesmo com um homem a menos, o time corintiano tentava pressionar, mas o São Paulo era perigoso nos contragolpes. Aos 26min, Reinaldo fez boa jogada individual pela esquerda e tocou para Kaká, que chutou pela linha de fundo, rente à trave.

Até o final da partida, o Corinthians se lançou ao ataque em busca do gol de empate. Aos 46min, Renato chutou com violência, mas Roger salvou o São Paulo e garantiu a vitória tricolor no clássico paulista.

CORINTHIANS
Doni; Rogério, Anderson, César e Roger; Fabinho, Fabrício (Renato) e Jorge Wagner (Fumagalli); Leandro Amaral (Marquinhos), Lucas e Liedson
Técnico: Geninho

SÃO PAULO
Roger; Leonardo, Jean, Júlio Santos e Fabiano; Adriano, Gustavo Nery, Fábio Simplício e Kaká; Reinaldo (Júlio Baptista) e Rico (Ailton)
Técnico: Roberto Rojas

Data: 15/06/2003 (domingo)
Local: estádio do Morumbi, em São Paulo
Árbitro: Cléber Wellington Abade (SP)
Auxiliares: Carlos Donizetti Pianosqui (SP) e Nilson de Souza Monção (SP)
Cartões amarelos: Adriano (S), Lucas (C), Fábio Simplício (S), Gustavo Nery (S)
Cartões vermelhos: Anderson (C)
Gols: Anderson, aos 26min, e Fábio Simplício, aos 36min do primeiro tempo; Jean, aos 14min do segundo tempo

Clique aqui para entrar nas páginas especiais do Campeonato Brasileiro, com classificação, artilheiros e resultados de todos os jogos. Aqui para entrar na página do Corinthians ou aqui para saber mais sobre o São Paulo.


Comente esta notícia nos Grupos de Discussão UOL

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

03/09/2007

20h22
Espanhóis comemoram boas atuações no Aberto dos EUA


20h14
Santos tira peso de favoritismo e prevê retomada contra o Inter


20h13
Jogadores do Bota lametam má fase de Dodô


20h10
Diretoria do Bota não teme Fifa e grupo diverge sobre Dodô


20h05
Blake segue sem vencer em partidas de cinco sets

MAIS FUTEBOL

23/06/2010

09h25
Lúcio: "Não estamos satisfeitos com esses dois gols"


09h10
Confronto entre Suíça e Honduras será o 1º da história em Copas


08h38
Juventus contrata goleiro italiano Marco Storari


21/06/2010

12h28
Simão afirma que seleção portuguesa está muito motivada após goleada


11h35
Portugal derruba muralha norte-coreana com 7 gols e fica perto das oitavas