ÁLBUM

Veja fotos
de diversas
competições




   19h52 - 21/06/2003

São Paulo sofre, mas vence Goiás no Morumbi

MBPress
Em São Paulo

Num jogo morno e repleto de erros de passes, o São Paulo venceu o Goiás por 1 a 0 na noite deste sábado, no Morumbi, e assumiu provisoriamente a segunda colocação do Campeonato Brasileiro, com 25 pontos (o mesmo número do Cruzeiro, com um jogo a menos).

Mesmo com a vitória, não foi a despedida que Reinaldo esperava. Sem jogar bem, o atacante foi substituído no segundo tempo por Kléber. Júlio Baptista, que também entrou na etapa final, foi o responsável pela vitória são-paulina.

O São Paulo foi melhor no primeiro tempo, mas não soube aproveitar as oportunidades que tivera. Mesmo com um jogador a mais - João Paulo foi expulso no início da partida -, o time parou na forte marcação do Goiás, que conseguiu acertar a marcação após perder um jogador.

O jogo ficou complicado para o tricolor com a expulsão de Kaká, no começo da etapa final. Abusando dos erros de passes, o time quase foi surpreendido com os contra-ataques rápidos do Goiás.

Júlio Baptista entrou no lugar de Reinaldo e colocou fogo no jogo, fazendo, inclusive, o gol da vitória tricolor.

O São Paulo volta a campo no próximo domingo, quando enfrenta o Guarani, em Campinas, pela 15a rodada do Brasileirão. Kaká foi expulso e desfalca a equipe.

Já o Goiás recebe a Ponte Preta em casa, na quarta-feira, dia 2, também pela 15a rodada do torneio. Os desfalques serão João Paulo, expulso na partida contra o tricolor, Marcinho e Fabão, que levaram o terceiro amarelo.

O jogo
O São Paulo começou pressionando o adversário. Aos 4min, Gustavo Nery chutou de fora da área, a bola desviou na zaga goiana e Gilmar defendeu sem problemas.

Aos 7min, Fábio Simplício tocou Kaká que, dentro da área, chutou rasteiro no canto esquerdo de Gilmar, quase abrindo o placar para o tricolor paulista.

Um minuto depois, Fábio Simplício cobrou escanteio e Júlio Santos cabeceou. Gilmar, bem colocado, defendeu.

O Goiás teve a primeira chance apenas aos 15min, em cobrança de falta de Araújo que passou à esquerda do gol de Rogério Ceni.

Melhor na partida, o São Paulo comemorou a expulsão de João Paulo, aos 25min, que fez falta violenta em Rico na entrada da área. Na cobrança, Rogério Ceni mandou a bola por cima do gol.

Apesar de jogar com um a menos, o Goiás melhorou na partida e acertou a marcação, fechando os espaços do São Paulo. Ainda assim, o tricolor jogava ofensivamente, mas sem qualidade na finalização.

Aos 29min, toque de bola do ataque tricolor, Reinaldo recebeu bola na direita e chutou forte, cruzado, da entrada da área. A bola passou perto da trave esquerda de Gilmar, assustando a equipe goiana.

Reinaldo, aos 35min, recebeu cruzamento da esquerda de Fabiano e cabeceou. A bola bateu no chão e Gustavo Nery não a alcançou. O juiz, entretanto, já anotava impedimento de ataque.

Nos acréscimos, aos 46min, Kaká cabeceou livre dentro da área e quase colocou o São Paulo em vantagem.

Na seqüência, em contra-ataque rápido do time goiano, Dimba fez boa jogada e chutou forte da entrada da área. Rogério Ceni espalmou, mas a bola já ia em direção ao gol quando o goleiro são-paulino, novamente, evitou o gol ao tira-la em cima da linha.

As equipes voltaram sem alterações para o segundo tempo. Aos 3min, Dimba chutou de fora da área e a bola desviou em Júlio Santos, assustando o goleiro Rogério Ceni.

Aos 4min, Kaká foi expulso de campo após levantar a perna e acertar o joelho do jogador do Goiás. O árbitro carioca Edivaldo Soares mostrou o cartão vermelho diretamente, sem antes ter mostrado o amarelo. Ele agiu da mesma forma como fizera no início do jogo, quando expulsou João Paulo.

O São Paulo não sentiu a perda de seu principal armador e partiu para o ataque. O time chegou bem mais de três vezes na área adversária, mas não conseguiu finalizar.

Aos 24min, Reinaldo recebeu bola na entrada da área e chutou em cima da defesa goiana. Na seqüência, contra-ataque rápido do Goiás. Josué chutou cruzado da direita e Rogério Ceni fez boa defesa.

Reinaldo, que fazia seu último jogo com a camisa do São Paulo, foi substituído aos 30min. A torcida são-paulina aplaudiu o atacante e vaiou o treinador Roberto Rojas pela substituição.

Aos 34min, Fabiano cruzou na esquerda e Júlio Baptista, de frente para o gol, cabeceou com perigo. A bola raspou o travessão do Goiás.

Três minutos depois, o mesmo Júlio Baptista deu uma bicicleta dentro da área, o goleiro defendeu e a bola ainda explodiu no travessão. Na cobrança de escanteio, ele subiu mais do que a defesa do Goiás e abriu o placar para o São Paulo.

Aos 44min, bobeada da defesa do Goiás. Kléber partiu para o ataque e, de frente para o gol, chutou em cima do goleiro Gilmar, desperdiçando a chance de ampliar o placar.

SÃO PAULO
Rogério Ceni; Leonardo (Júlio Baptista), Jean, Júlio Santos e Fabiano; Adriano, Gustavo Nery, Fábio Simplício e Kaká; Reinaldo (Kléber) e Rico (Carlos Alberto)
Técnico: Roberto Rojas

GOIÁS
Gilmar, Fabão, Renato e João Paulo; Michel, Josué, Marabá (Vando), Gil Baiano (Danilo) e Leandro Smith (Marcinho); Dimba e Araújo
Técnico: Cuca

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo
Árbitro: Edivaldo Soares (RJ)
Cartões amarelos: Adriano, Fabiano (S), Renato, Marcinho, Fabão (G)
Cartões vermelhos: João Paulo (G) e Kaká (S)
Gol: Júlio Baptista, aos 38min do segundo tempo.


Comente esta notícia nos Grupos de Discussão UOL

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

03/09/2007

20h22
Espanhóis comemoram boas atuações no Aberto dos EUA


20h14
Santos tira peso de favoritismo e prevê retomada contra o Inter


20h13
Jogadores do Bota lametam má fase de Dodô


20h10
Diretoria do Bota não teme Fifa e grupo diverge sobre Dodô


20h05
Blake segue sem vencer em partidas de cinco sets

MAIS FUTEBOL

23/06/2010

09h25
Lúcio: "Não estamos satisfeitos com esses dois gols"


09h10
Confronto entre Suíça e Honduras será o 1º da história em Copas


08h38
Juventus contrata goleiro italiano Marco Storari


21/06/2010

12h28
Simão afirma que seleção portuguesa está muito motivada após goleada


11h35
Portugal derruba muralha norte-coreana com 7 gols e fica perto das oitavas