ÁLBUM

Veja fotos
de diversas
competições




   19h54 - 02/08/2003

Internacional vence o São Paulo no Morumbi

MBPress
Em São Paulo

Em uma partida movimentada e com chances de gols para os dois lados, o Internacional aproveitou os contra-ataques e venceu o São Paulo por 2 a 0, neste sábado, no Morumbi, pela 23ª rodada, a última do primeiro turno do Campeonato Brasileiro.

Com o resultado, o Inter chega aos 38 pontos e pula da sétima para a quinta colocação. A equipe colorada quebra uma seqüência de três partidas sem vitória, já que vinha de derrota por 2 a 1 para o Flamengo e empate por 0 a 0 contra o São Caetano.

Além disso, o time gaúcho consegue sua primeira vitória fora de casa depois de oito jogos sem sucesso, já que o último resultado positivo havia sido contra o Vitória, dia 26 de abril, por 3 a 0, em Salvador.

Já o São Paulo permanece com 42 pontos, dois a menos que o Santos, vice-líder, e permanece na terceira colocação. A derrota também deixa o time tricolor mais longe do líder Cruzeiro, que neste sábado empatou com o Fluminense e terminou o primeiro turno em primeiro, agora com 47 pontos.

Esta é a terceira partida seguida que o São Paulo não vence no Brasileiro. A equipe tricolor vinha de uma derrota por 2 a 1 para a Ponte Preta e um empate em 1 a 1 diante do Flamengo, além da derrota para o Inter. Na última quarta-feira, o time paulista goleou o Grêmio por 4 a 0, pela Copa Sul-Americana.

O primeiro tempo foi muito disputado, com as duas equipes criando boas chances de abrir o placar. Logo no início da segunda etapa, o Inter marcou 1 a 0, fazendo com que o São Paulo se lançasse ao ataque, mas pecasse na troca de passes. O time gaúcho aproveitou e, no contragolpe, matou a partida.

Na 24ª rodada, que abre o segundo turno do Brasileiro, o São Paulo enfrenta o líder Cruzeiro, quarta-feira, no Mineirão, às 21h40. Já o Inter recebe o Coritiba, quinta, no Beira-Rio, às 15h30.

O jogo
A partida começou truncada no meio-campo, com as duas equipes se estudando. A partir dos 10min, o jogo ficou mais aberto e ganhou em movimentação, com chances de gols para os dois lados.

A primeira boa oportunidade foi do Inter, aos 16min. Jéferson Feijão tabelou com Cidimar, invadiu a área e tocou de pé esquerdo, pelo alto. Rogério Ceni voou e, com a mão direita, fez bela defesa, salvando o São Paulo.

O time da casa acertou a marcação e começou a crescer. Aos 22min, Fábio Simplício recebeu com liberdade na direita e cruzou à meia altura. Kaká pegou de primeira e mandou perto do ângulo esquerdo alto, assustando o goleiro Clemer.

Aos 30min, Gustavo Nery tocou para Jean, já dentro da área. No entanto, o zagueiro são-paulino bobeou e, na hora de chutar, foi desarmado pela defesa. Aos 43min, Fábio Simplício ganhou no alto e a bola sobrou para Kaká, dentro da área, mas ele foi desarmado. No rebote, Luís Fabiano soltou a bomba, mas mandou por cima do gol.

No minuto seguinte, foi a vez do Inter ir ao ataque, na última boa chance do primeiro tempo. Nilmar se livrou de Jean pela direita e bateu cruzado. A bola desviou no zagueiro tricolor mas Rogério Ceni conseguiu fazer a defesa.

Logo no início da segunda etapa, aos 3min, o Inter abriu o placar. Depois de falta cobrada da direita, Sangaletti ajeitou e Vinícius cabeceou no canto esquerdo. Rogério Ceni fez uma brilhante defesa, mas o ex-são-paulino Wilson pegou o rebote e soltou a bomba para marcar o primeiro gol colorado.

Aos 6min, o técnico Roberto Rojas sacou o lateral Leonardo e colocou o atacante Diego Tardelli. Com isso, a equipe paulista passou a se lançar mais ao ataque em busca do empate. Aos 14min, Kaká avançou livre pela esquerda e cruzou para Luís Fabiano, mas Clemer chegou antes e fez a defesa.

Se lançando ao ataque, o São Paulo dava espaços para os contragolpes. E foi assim que o Inter ampliou, aos 34min. Nilmar recebeu na direita, passou por Jean e bateu travado por Júlio Santos. A bola saiu fraca, mas matou Rogério Ceni e entrou no canto direito da meta tricolor.

Para dificultar ainda mais para o São Paulo, aos 36min, Fabiano, que já tinha levado o cartão amarelo, fez nova falta violenta e acabou expulso, deixando o time da casa com um homem a menos.

Nos minutos finais, o São Paulo tentou descontar em duas cobranças de falta de Rogério Ceni, mas o goleiro não acertou o alvo e o Inter confirmou sua vitória no Morumbi.

SÃO PAULO
Rogério Ceni; Leonardo (Diego Tardelli), Jean, Júlio Santos e Fabiano; Adriano, Simplício (Kléber), Carlos Alberto (Marco Antônio) e Gustavo Nery; Luís Fabiano e Kaká
Técnico: Roberto Rojas

INTERNACIONAL
Clemer; Vinícius, Wilson (Júnior Paulista) e Sangaletti; Gavilán, Claiton, Flávio e Edu Silva; Jéferson Feijão (Júnior), Nilmar e Cidimar (Elder Granja)
Técnico: Muricy Ramalho

Data: 02/08/2003 (sábado)
Local: estádio do Morumbi, em São Paulo
Público: 24.855 pagantes
Renda: R$ 243.657,00
Árbitro: Wagner Tardelli Azevedo (Fifa-RJ)
Auxiliares: Aristeu Leonardo Tavares (RJ) e Hilton Moutinho Rodrigues (RJ)
Cartões amarelos: Wilson (I), Gustano Nery (S), Sangaletti (I), Jéferson Feijão (I), Gavilán (I), Fabiano (S)
Gols: Wilson, aos 3min, e Nilmar, aos 34min do segundo tempo


Comente esta notícia nos Grupos de Discussão UOL

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

03/09/2007

20h22
Espanhóis comemoram boas atuações no Aberto dos EUA


20h14
Santos tira peso de favoritismo e prevê retomada contra o Inter


20h13
Jogadores do Bota lametam má fase de Dodô


20h10
Diretoria do Bota não teme Fifa e grupo diverge sobre Dodô


20h05
Blake segue sem vencer em partidas de cinco sets

MAIS FUTEBOL

23/06/2010

09h25
Lúcio: "Não estamos satisfeitos com esses dois gols"


09h10
Confronto entre Suíça e Honduras será o 1º da história em Copas


08h38
Juventus contrata goleiro italiano Marco Storari


21/06/2010

12h28
Simão afirma que seleção portuguesa está muito motivada após goleada


11h35
Portugal derruba muralha norte-coreana com 7 gols e fica perto das oitavas