ÁLBUM

Veja fotos
de diversas
competições




   19h55 - 14/12/2003

Em jogo tumultuado, Flamengo vence São Paulo por 3 a 1

MBPress
Em São Paulo

O São Paulo se despediu do Campeonato Brasileiro de 2004 com uma derrota por 3 a 1, de virada, para o Flamengo. O jogo foi disputado na noite deste domingo, no estádio do Morumbi.

Mesmo cumprindo tabela, os nervos estavam à flor-da-pele e o jogo terminou em pancadaria. O tricolor acabou a partida com sete atletas e os cariocas com nove. Na despedida do São Paulo pela Copa Sul-Americana, os jogadores do tricolor já haviam se envolvido em confusão.

Com o resultado, o tricolor paulista terminou a competição em terceiro lugar, com 78 pontos. Já o Flamengo, que entrou em campo garantido na Copa Sul-Americana, encerrou sua participação no Nacional em oitava, com 66 pontos.

Quem esperava uma noite do atacante Luís Fabiano, que precisava de três gols para terminar a competição na artilharia, viu outro atacante aparecer: Edílson, do Flamengo, marcou dois gols que deram a vitória ao rubro-negro e, depois de arrumar confusão do Diego Lugano, encrencou com Jean. Ambos foram expulsos.

Na despedida de Roberto Rojas do comando do São Paulo - o técnico Cuca assumirá a equipe -, o tricolor paulista jogou com mais objetividade na primeira etapa.

Mesmo após abrir o placar, logo aos 12min, com Diego Tardelli, os são-paulinos continuaram mais perigosos nas descidas ao ataque. Mas, aos 43min, o Flamengo acertou um contra-ataque rápido e Rafael deixou tudo igual no marcador.

O segundo tempo foi totalmente diferente. Enquanto os são-paulinos ainda se acertavam em campo, os cariocas desceram rápido ao ataque e viraram a partida, a um minuto de jogo. O gol foi marcado por Edílson, que, aos 21min, voltaria a balançar as redes, agora marcando de cabeça.

Luís Fabiano ainda perdeu pênalti aos 17min, quando o jogo estava 2 a 1 para os cariocas. Com isso, terminou em terceiro lugar na artilharia, com 29 gols, atrás de Renaldo (Paraná) e Dimba (Goiás).

O jogo
Na primeira oportunidade da partida, os são-paulinos abriram o placar aos 12min, com gol de Diego Tardelli, que preferiu dominar a bola a toca-la para Luís Fabiano, livre de marcação, que está na luta pelo rebaixamento. Tardelli foi lançado na entrada da área, se livrou da marcação e chutou rasteiro, no canto direito de Júlio César.

O jogo seguiu morno até os 23min, quando Souza, da entrada da área, acertou o travessão do goleiro Júlio César. Cinco minutos depois, Jean arriscou de fora da área, mas a bola saiu à direita do goleiro flamenguista.

O São Paulo continuou melhor. Aos 29min, Lugano desceu para o ataque e após receber bola na entrada da área, sem marcação, chutou por cima do gol.

Aos 33min, Luís Fabiano chutou da intermediária e quase ampliou o marcador. O goleiro Júlio César teve dificuldade em fazer a defesa, com a ponta dos dedos - a bola saiu rasteira.

Apesar da superioridade, os cariocas do rubro-negro chegaram ao empate. Aos 43min, Rafael recebeu bola dentro da área, girou e chutou rasteiro, no canto esquerdo de Rogério Ceni, sem chances para o goleiro do tricolor paulista.

Ambas as equipes voltaram para o segundo tempo sem alterações. Mas o Flamengo não quis saber de conversa. Logo a 1min, Rafael recebeu bola na grande área, pela direita, e cruzou para Edilson, de cabeça, virar o jogo para os cariocas.

O São Paulo foi para o ataque em busca do gol de empate. Aos 17min, Luís Fabiano é derrubado na grande área por Fabiano Eller. O árbitro gaúcho Leonardo Gaciba da Silva assinalou pênalti. O atacante foi para a cobrança, mas parou nas mãos do goleiro Júlio César.

Quem não faz, toma. O São Paulo foi castigado aos 22min, quando Edilson recebeu a bola sem marcação, de frente para o gol, e chutou no ângulo esquerdo de Rogério Ceni: 3 a 1 para o Flamengo.

Aos 36min, Edilson, que já havia se desentendido com Diego Lugano anteriormente, se envolveu em confusão com Jean e ambos foram expulsos.

O jogo seguiu nervoso e aos 46min Fábio Simplício e Henrique se envolveram em confusão, dando início à pancadaria. Além dos dois jogadores, Gabriel e Diego Tardelli foram expulsos.

SÃO PAULO
Rogério Ceni; Gabriel, Jean, Diego Lugano e Edcarlos (Fabiano); Adriano (Marco Antonio), Fábio Simplício, Souza e Fábio Santos; Diego Tardelli e Luís Fabiano
Técnico: Roberto Rojas

FLAMENGO
Júlio César; Rafael, Henrique, Fabiano Eller e Anderson; Ibson, Luciano Baiano, Jônatas (Júnior), Felipe e Fernando Diniz (Bruno); Edílson
Técnico: Waldemar Lemos

Local: estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Árbitro Leonardo Gaciba da Silva (RS)
Cartões amarelos: Fábio Santos, Diego Lugano (S), Jônatas, Fabiano Eller (F)
Cartões vermelhos: Edilson, Henrique (F), Jean, Fábio Simplício, Gabriel, Diego Tardelli (S)
Gols: Diego Tardelli, aos 12min, Rafael, aos 43min do primeiro tempo; Edilson, a 1min e aos 21min do segundo tempo.


Comente esta notícia nos Grupos de Discussão UOL

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

03/09/2007

20h22
Espanhóis comemoram boas atuações no Aberto dos EUA


20h14
Santos tira peso de favoritismo e prevê retomada contra o Inter


20h13
Jogadores do Bota lametam má fase de Dodô


20h10
Diretoria do Bota não teme Fifa e grupo diverge sobre Dodô


20h05
Blake segue sem vencer em partidas de cinco sets

MAIS FUTEBOL

23/06/2010

09h25
Lúcio: "Não estamos satisfeitos com esses dois gols"


09h10
Confronto entre Suíça e Honduras será o 1º da história em Copas


08h38
Juventus contrata goleiro italiano Marco Storari


21/06/2010

12h28
Simão afirma que seleção portuguesa está muito motivada após goleada


11h35
Portugal derruba muralha norte-coreana com 7 gols e fica perto das oitavas