ÁLBUM

Veja fotos
de diversas
competições




   22h31 - 21/01/2004

São Paulo fica no empate contra a Ponte Preta

MBPress
Em São Paulo

Os pouco mais de cinco mil pagantes que enfrentaram o tempo ruim da capital paulista nesta quarta-feira à noite viram apenas um empate por 0 a 0 do São Paulo contra a Ponte Preta, no Morumbi, pela primeira rodada do Campeonato Paulista.

Rubens Cavallari/Folha Imagem 
Luis Fabiano se prepara para o chute
Apesar do empate, o São Paulo mostrou força no ataque e boa disposição dos estreantes Cicinho, Fabão, Vélber, Danilo e Grafite, além de Marquinhos que entrou no segundo tempo.

A partida foi marcada pela pressão são-paulina durante boa parte do jogo. Quando não esbarrou nas mãos do goleiro Lauro, o São Paulo sofreu com a falta de sorte. Mesmo assim, a pequena torcida presente no Morumbi não mostrou paciência e sim insatisfação com a equipe tricolor.

O jogo serviu como apresentação de alguns reforços do São Paulo. Cicinho, Fabão, Danilo, Marquinhos, Vélber e Grafite puderam, pela primeira vez, defender o tricolor numa partida oficial. No entanto, os jogadores mostraram ainda desentrosamento e não tiveram grande atuação.

O próximo adversário do São Paulo no campeonato é a Portuguesa, domingo, às 17h, no Canindé. A Ponte Preta pega o Juventus, sábado, às 17h, na Rua Javari.

O jogo
O São Paulo não demorou muito para assustar o goleiro Lauro. Logo aos 10min, o lateral Gustavo Nery bateu forte da esquerda e acertou a trave adversária.

O time tricolor continuou dominando, alternando chutes de longa distância e jogadas pela lateral, buscando as finalizações de Luís Fabiano e Grafite.

Apesar do domínio do São Paulo, a Ponte marcou forte e teve em Piá o equilíbrio do jogo com a criação de suas jogadas de ataque. Foi com ele que a Ponte conseguiu chegar mais perto da meta adversária.

Com o São Paulo diminuindo seu ritmo, o zagueiro Gabriel, da Ponte, quase ajudou a equipe tricolor. Aos 46min, Gabriel tentou afastar de cabeça e jogou contra o próprio gol. A bola bateu na trave e assustou o goleiro Lauro.

O segundo tempo começou como terminou o primeiro, com o São Paulo pressionando o time da Ponte. Até os 15min, o time do Morumbi perdeu boas oportunidades nos pés de Gustavo Nery, Cicinho, Grafite e Luís Fabiano, obrigando o goleiro Lauro a fazer boas defesas.

Depois o jogo ficou mais preso no meio campo e a Ponte Preta conseguiu melhorar a marcação. As alterações de Cuca colocando Marquinhos no lugar de Danilo e Souza no lugar de Vélber pareceram dar novo ânimo ao tricolor paulista.

Assim, aos 28min, o São Paulo voltou a assustar a defesa da equipe de Campinas. Cicinho chutou, a bola desviou na zaga e levou muito perigo à meta da Ponte.

O São Paulo foi para o tudo ou nada até os últimos minutos, mas não levou muita sorte, além da boa atuação do goleiro Lauro na meta do time de Campinas.

SÃO PAULO
Rogério; Cicinho, Lugano, Fabão e Gustavo Nery; Fábio Simplíco, Alexandre, Danilo (Marquinhos) e Vélber (Souza); Grafite e Luís Fabiano
Técnico: Cuca

PONTE PRETA
Lauro; Ângelo, Gabriel, Alexandre (Luís Carlos) e Marcão; Romeu, Marcos Vinícios, Piá e Kléber; Rafael Ueta e Rafael Godói
Técnico: Estevam Soares

Local: estádio do Morumbi, em São Paulo
Árbitro: Silvia Regina de Oliveira
Cartões amarelos: Romeu (PP), Piá (PP), Souza(SP)

Clique aqui para ver os resultados e a classificação do Campeonato Paulista.


Comente esta notícia nos Grupos de Discussão UOL

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

03/09/2007

20h22
Espanhóis comemoram boas atuações no Aberto dos EUA


20h14
Santos tira peso de favoritismo e prevê retomada contra o Inter


20h13
Jogadores do Bota lametam má fase de Dodô


20h10
Diretoria do Bota não teme Fifa e grupo diverge sobre Dodô


20h05
Blake segue sem vencer em partidas de cinco sets

MAIS FUTEBOL

23/06/2010

09h25
Lúcio: "Não estamos satisfeitos com esses dois gols"


09h10
Confronto entre Suíça e Honduras será o 1º da história em Copas


08h38
Juventus contrata goleiro italiano Marco Storari


21/06/2010

12h28
Simão afirma que seleção portuguesa está muito motivada após goleada


11h35
Portugal derruba muralha norte-coreana com 7 gols e fica perto das oitavas