! Aos gritos de 'pipoqueiro', São Paulo perde e dá adeus ao Paulista - 21/03/2004 - UOL Esporte - Futebol

UOL EsporteUOL Esporte
UOL BUSCA


  21/03/2004 - 17h57
Aos gritos de 'pipoqueiro', São Paulo perde e dá adeus ao Paulista

MBPress
Em São Paulo

E aconteceu o inesperado. Time de melhor campanha da primeira fase, o São Paulo voltou a fracassar no momento decisivo e deu adeus ao Campeonato Paulista, ao perder do São Caetano por 2 a 0, no Morumbi.

Com isso, o time da capital se despede do Estadual, após ter conquistado 25 dos 27 pontos na primeira fase. Já o São Caetano, que teve apenas 19 pontos na fase classificatória, vai às semifinais, quando enfrenta o Santos. A ordem dos confrontos será definida pela Federação Paulista nesta segunda-feira.

Folha Imagem 
Luís Fabiano expulso e São Paulo eliminado; ano novo, história velha
Jogando em casa, o São Paulo não teve o futebol exuberante das últimas partidas e criou raríssimas chances. Com uma eficiente marcação sobre Luís Fabiano, o São Caetano praticamente anulou o rival no primeiro tempo.

Sem maiores preocupações na defesa, o time do técnico Muricy Ramalho passou a atacar e exigiu duas grandes defesas de Rogério Ceni, antes de abrir o placar com o atacante Fabrício Carvalho, aos 36min, aproveitando cobrança de escanteio.

Na etapa final, o São Caetano continuou anulando o artilheiro do São Paulo, que teve apenas uma boa chance, e matou a partida com um gol praticamente idêntico ao primeiro. Aos 12min, Fabrício Carvalho se antecipou novamente a Fabão e marcou o segundo.

A partir daí, o time do Morumbi perdeu completamente a cabeça, teve Fabão expulso e ainda viu o São Caetano ter um gol anulado de forma errada e ainda acertar uma bola na trave em cobrança de falta de Anderson Lima.

No final, a melancólica despedida do São Paulo terminou com os gritos que os jogadores evitaram comentar em toda a semana. "Pipoqueiro, pipoqueiro". Resta ao time a Copa Libertadores da América, na qual o time enfrenta o Cobreloa, nesta quarta-feira. Já o São Caetano está nas semifinais contra o Santos.

O jogo
A partida começou bastante truncada com as duas equipes disputando muito a bola no meio-campo e o São Paulo chegava com mais perigo. Aos 7min, Alexandre arriscou de fora da área e Sílvio Luís espalmou. No minuto seguinte, foi a vez de Serginho afastar um cruzamento de Gustavo Nery.

Aos 11min, Warley fez jogada pela esquerda, mas Fabão afastou. A partir daí, a partida ficou muito equilibrada e os dois times tiveram um jogo muito travado. Apenas aos 26min, o São Paulo voltou a criar com Souza, que bateu da entrada da área e sem direção.

Dois minutos depois, o São Caetano teve um ataque fulminante. Marcelo Matos arriscou da entrada da área e exigiu grande defesa de Rogério Ceni. Aos 35min, o goleiro são-paulino fez outra espetacular defesa em chute de Thiago na entrada da área.

No lance seguinte, o time do ABC abriu o placar. Na cobrança de escanteio, Fabrício Carvalho se antecipou ao zagueiro Fabão, desviou de cabeça e colocou o São Caetano em vantagem. Com o gol, o São Paulo ficou nervoso e só teve boa oportunidade com Fábio Simplício, que chutou de fora da área e Sílvio Luís defendeu.

Na etapa final, o time da casa até que começou bem e criou boa chance com Luís Fabiano, aos 5min. O atacante fintou o goleiro Sílvio Luís, mas adiantou demais a bola, que saiu pela linha de fundo.

O São Caetano recuou e passou a explorar os contra-ataques. Desta forma, o time chegou com perigo com Mineiro, aos 8min, e o meia errou a finalização. Três minutos depois, o São Paulo perdeu a grande chance do empate. Marquinhos lançou Fábio Simplício e, de frente para o gol, o volante chutou para fora.

O erro custou caro ao time da casa. No lance seguinte, Marcinho puxou contra-ataque e Rogério Ceni salvou. No escanteio, como se fosse uma reprise, Fabrício Carvalho se antecipou ao zagueiro Fabão, que ficou mais preocupado em agarrar o atacante, e marcou o segundo.

Com o gol, o tricolor se desesperou e viu a situação ficar ainda mais complicada aos 22min, quando o zagueiro Fabão fez falta em Fábio Santos e foi expulso. A partir daí, o que se viu foi um baile do São Caetano. Aos 30min, o São Caetano marcou com Mineiro, mas foi marcado um errado impedimento do meia.

Em seguida, Marcinho invadiu a área, driblou Rogério Ceni e Cicinho tirou em cima da linha. Aos 34min, o volante Fábio Santos foi expulso por dar uma cotovelada e o São Paulo se animou. Quatro minutos depois, Gustavo Nery arriscou de fora da área e acertou a trave.

Mas, no lance seguinte, qualquer possibilidade de reação foi extinta de vez. Luís Fabiano deu um carrinho violento em Serginho e foi expulso. Na saída, ele deu bananas às torcidas do São Caetano, que pôde comemorar tranqüilamente a classificação.

SÃO PAULO
Rogério Ceni; Cicinho; Rodrigo; Fabão e Fábio Santos (Jean Carlos); Alexandre, Fábio Simplício, Souza (Marquinhos) e Gustavo Nery; Grafite (Vélber) e Luís Fabiano
Técnico: Cuca

SÃO CAETANO
Sílvio Luís; Thiago, Gustavo e Serginho; Anderson Lima, Marcelo Matos, Mineiro, Marcinho (Lúcio Flávio) e Gilberto; Warley (Euller) e Fabrício Carvalho (Fábio Santos)
Técnico: Muricy Ramalho

Local: estádio do Morumbi, em São Paulo
Árbitro: Luís Marcelo Vicentin Cansian
Cartões amarelos: Fabão, Fábio Simplício, Grafite, Luís Fabiano e Rodrigo (SP); Anderson Lima, Fabrício Carvalho e Serginho (SC)
Cartão vermelho: Fabão e Luís Fabiano (SP); Fábio Santos (SC)
Gols: Fabrício Carvalho, aos 36min do primeiro tempo, e aos 12min do segundo tempo

Veja os resultados e a classificação do Campeonato Paulista.

Assista aos gols do Campeonato Paulista de 2004.

Veja as últimas notícias e leia sobre todos os jogos do São Paulo em 2004.

Veja as últimas notícias e leia sobre todos os jogos do São Caetano em 2004.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS
03/09/2007
Mais Notícias