! São Caetano e São Paulo não saem do 0 a 0 - 13/07/2004 - UOL Esporte - Futebol

UOL EsporteUOL Esporte
UOL BUSCA


  13/07/2004 - 22h26
São Caetano e São Paulo não saem do 0 a 0

MBPress
Em São Paulo

A partida era como uma prova para os atacantes de São Caetano e São Paulo, mas eles continuam inoperantes. O empate por 0 a 0 na noite desta terça-feira, no estádio Anacleto Campanella, mostrou que ambos precisam melhorar a pontaria.

FolhaImagem 
São Paulo parou na marcação e não conseguiu vencer com um a mais
Com o empate, a equipe tricolor desperdiçou mais uma vez a chance de assumir a liderança (ou se encostar ainda mais nos líderes). Agora, com 25 pontos somados, o time do técnico Cuca continua na mesma situação que começou a rodada.

E o São Paulo jogou o segundo tempo todo com um jogador a mais (Serginho foi expulso). Apesar disso e do domínio sobre o São Caetano na etapa final, os jogadores são-paulinos limitaram-se a jogadas pouco criativas.

Do lado do São Caetano, a situação complicou. A equipe do técnico Muricy Ramalho está com 20 pontos e não vence há sete rodadas, o que deixa o treinador na corda bamba.

Na próxima rodada do Campeonato Brasileiro, o São Caetano enfrenta o Paraná Clube, no estádio do Pinheirão, em Curitiba. E o São Paulo recebe o Figueirense, no Morumbi, na capital paulista. Ambos os jogos serão no sábado às 16h e 20h30, respectivamente.

O jogo
A partida entre São Caetano e São Paulo, no ABC paulista, começou com as duas equipes mostrando bastante vontade. No entanto, logo se percebeu que a falta de pontaria seria um problema para ambos os técnicos solucionarem.

O São Paulo, por exemplo, chegou ao ataque aos 2min, mas desperdiçou a chance em cima da zaga do adversário. O lateral-direito Cicinho cobrou escanteio pela direita e o atacante Jean Carlo chutou torto.

O São Caetano foi outro que facilitou para os zagueiros rivais na sua primeira chance. Aos 4min, o volante Mineiro lançou para Warley, que dominou a bola e chutou de maneira estranha em cima de Diego Lugano.

FolhaImagem 
O goleiro Rogério Ceni evita, em cima da linha, o gol do São Caetano
Aos 12min, no entanto, a defesa tricolor levou um susto. Após cobrança de falta cruzada de Ânderson Lima, o atacante Fabrício Carvalho cabeceou e o experiente César Sampaio salvou em cima da linha.

No lance seguinte, aos 14min, o São Paulo avançou no contra-ataque com o atacante Grafite. O jogador entrou na área e chutou forte. Bem colocado, o goleiro Silvio Luiz fez boa defesa e espalmou para escanteio.

O time do técnico Muricy Ramalho teve outra boa oportunidade (a última da etapa inicial) aos 16min. Em cobrança de falta, o lateral-direito Ânderson Lima bateu colocado e a bola passou à direita de Rogério Ceni, esbarrando na rede pelo lado de fora.

Depois dos 20min, as duas equipes passaram a errar muitos passes e abusar nas faltas. Com melhor toque de bola, o São Caetano tentou chegar mais ao ataque, mas não foi eficiente.

Depois de uma série de cartões amarelos, o juiz Sálvio Spinola Fagundes Filho expulsou o zagueiro Serginho, do time do ABC, aos 45min. O jogador, que já tinha sido advertido, fez falta violente em cima de Jean Carlo na entrada da área.

Tentando aproveitar a vantagem de ter um jogador a mais, o São Paulo voltou para a etapa final com uma postura mais ofensiva. E logo aos 4min teve uma boa chance de marcar. O meia Vélber foi lançado na entrada da área e chutou. Silvio Luiz defendeu mais uma.

Apesar da vontade de pressionar o adversário, a equipe do técnico Cuca esteve mal de pontaria. Aos poucos, a partida voltou a ficar truncada e com muitas faltas no meio-de-campo, como no primeiro tempo.

O São Paulo voltou a levar perigo ao gol de Silvio Luiz apenas aos 20min, quando Cicinho fez boa jogada pela direita e cruzou para Grafite, que subiu mais do que a zaga adversária e cabeceou à direita do gol. A bola passou perto.

O São Caetano, por sua vez, evitou sair muito para o ataque por estar com um jogador a menos. As únicas investidas do time do ABC foram com as bolas alçadas na área pelo lateral-direito Ânderson Lima.

SÃO CAETANO
Sílvio Luiz; Dininho, Serginho e Gustavo; Anderson Lima, Marcelo Matos, Mineiro, Mateus (Marco Aurélio) e Triguinho; Warley (Euller) (Borges) e Fabrício Carvalho
Técnico: Muricy Ramalho

SÃO PAULO
Rogério Ceni; Cicinho, Flávio, Diego Lugano e Fábio Santos (Aílton); César Sampaio, Renan (Souza) e Danilo e Vélber; Grafite (Márcio) e Jean Carlo
Técnico: Cuca

Local: estádio Anacleto Campanella, em São Caetano do Sul (SP)
Árbitro: Sálvio Spinola Fagundes Filho (SP)
Assistentes: Sérgio Ferreira Leandro e Geraldo José Vollet (SP)
Cartões amarelos: Dininho (SC), Renan (SP), Fabrício Carvalho (SC), Danilo (SP), Lugano (SP), Cicinho (SP), Souza (SP), Ânderson Lima (SC)
Cartão vermelho: Serginho (SC)

Veja também


Leia mais


ÚLTIMAS NOTÍCIAS
03/09/2007
Mais Notícias