! Santos perde jogo para o Flu e liderança para Palmeiras - 17/07/2004 - UOL Esporte - Futebol

UOL EsporteUOL Esporte
UOL BUSCA


  17/07/2004 - 19h52
Santos perde jogo para o Flu e liderança para Palmeiras

MBPress
No Rio de Janeiro

A máquina santista emperrou debaixo d'água. Sob chuva forte constante, o Fluminense derrotou o Santos por 1 a 0, no Maracanã, e quebrou a série de sete vitórias consecutivas da equipe paulista. Além da partida deste sábado, o Santos perdeu a liderança da competição para o Palmeiras.

O gol da vitória do Fluminense foi marcado por Marcelo, aos 11min do segundo tempo. O time carioca subiu bastante na tabela. O tricolor ocupa a nona posição, com 24 pontos.

Com a derrota, o time treinado por Vanderlei Luxemburgo também deixou escapar uma invencibilidade de oito jogos - um empate e sete vitórias. O Santos tem 28 pontos e pode cair para a terceira posição caso o Figueirense não seja derrotado pelo São Paulo ainda neste sábado.

As duas equipes voltarão a campo na próxima terça-feira, às 21h45. O Santos receberá o Criciúma, na Vila Belmiro, enquanto o Fluminense enfrentará o Atlético-PR, na Arena da Baixada, em Curitiba.

O jogo
O Santos teve a primeira boa oportunidade do jogo com Ricardinho, aos 8min. O meia bateu rasteiro, de fora da área, e Fernando Henrique espalmou para escanteio.

Aos 17min, o Fluminense quase abriu o placar. Marcelo deu ótimo passe para Alex. O atacante tricolor entrou na área e chutou de esquerda. A bola bateu no travessão, enquanto Tapia apenas observou o lance.

Os papéis se inverteram aos 23min. Alex foi quem deu lindo passe para Marcelo. O jogador, livre dentro da área, furou de modo bisonho e a bola saiu em direção a lateral do campo.

Paulo César, lateral-esquerdo do Santos, quase marcou contra o ex-clube. Aos 28min, o jogador aproveitou bola espirrada e chutou da entrada da área. Fernando Henrique defendeu em dois tempos.

Logo depois, aos 29min, foi Deivid quem perdeu chance. A bola sobrou limpa para o atacante, dentro da área, mas o jogador do Santos se precipitou e acabou pegando mal.

O gramado molhado quase traiu o goleiro do Fluminense aos 33min. André Luis bateu falta da intermediária, a bola quicou e Fernando Henrique quase a deixou escapulir para dentro do gol.

No início do segundo tempo, cada time teve uma chance na bola aérea. Aos 2min, Odvan subiu mais que a zaga santista, mas cabeceou para fora. O time paulista respondeu no ataque seguinte, aos 3min, com cabeçada de Elano que saiu por sobre o gol tricolor.

O jogo seguiu movimentado e, aos 6min, o Fluminense mais uma vez esteve perto de abrir o placar. Roger tocou na esquerda para Júnior César. O lateral cruzou forte e rasteiro para Marcelo, mas o atacante não conseguiu concluir no gol. A bola apenas resvalou no jogador e saiu pela linha de fundo.

O Fluminense não perdeu a oportunidade seguinte, aos 11min. Roger bateu falta na área, Odvan, impedido, ajeitou de cabeça, e Marcelo, de peixinho, marcou para o time carioca. Na comemoração, o atacante fez sinal de silêncio para a própria torcida e foi ostensivamente vaiado.

Aos 16min, novamente Marcelo, alçado ao papel de protagonista da partida, quase marcou. O atacante recebeu na esquerda, cortou para o meio e bateu forte. Ávalos tirou com a coxa.

Vanderlei Luxemburgo resolveu arriscar aos 23min e ao mesmo tempo fez duas alterações. Sacou Bóvio e Robinho para as entradas de Marcinho e Basílio, respectivamente.

Com apenas um volante, o Santos proporcionou espaço entre o meio e a zaga. Foi assim, aos 30min, que Marcão roubou a bola e tocou para Alex. O jogador do Flu, porém, chutou para fora, perdendo boa chance.

O gol perdido quase custou caro. No lance seguinte, Paulo César cruzou e Lelo emendou de primeira. A bola bateu forte no travessão. No rebote, a zaga do Flu conseguiu afastar o perigo.

Com muito espaço, o time carioca perdeu sua última chance de contra-ataque aos 41min. Roger lançou Alex, que entrou livre dentro da área e chutou. A bola resvalou nos dedos de Tapia e foi para escanteio.

Nos momentos finais, o Fluminense tocou bastante a bola e o ritmo do jogo caiu. Dessa vez a estrela de Basílio não brilhou.

FLUMINENSE
Fernando Henrique, Leonardo Moura, Odvan, Antônio Carlos e Júnior César; Marcão, Diego, Maicon (Arílson) e Roger; Alex e Marcelo (Mauro)
Técnico: Ricardo Gomes

SANTOS
Tapia, Flávio, Ávalos, André Luis e Paulo César; Bóvio (Marcinho), Preto Casagrande (Lelo), Elano e Ricardinho; Robinho (Basílio) e Deivid
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Local: estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Leonardo Gaciba (RS)
Auxiliares: Altemir Hausmann (Fifa-RS) e Paulo Ricardo Silva Conceição (RS)
Cartões Amarelos: Preto Casagrande (S), Bóvio (S), Flávio (S), Marcão (F)
Gol: Marcelo, aos 11min do segundo tempo.

Veja também


ÚLTIMAS NOTÍCIAS
03/09/2007
Mais Notícias