! Rogério Ceni marca duas vezes e São Paulo se reabilita - 17/07/2004 - UOL Esporte - Futebol

UOL EsporteUOL Esporte
UOL BUSCA


  17/07/2004 - 22h30
Rogério Ceni marca duas vezes e São Paulo se reabilita

MBPress
Em São Paulo

O São Paulo deixou momentaneamente a instabilidade vivenciada nos últimos dias por causa dos sucessivos desfalques e resultados negativos ao derrotar o Figueirense por 2 a 1, no estádio do Morumbi, pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro.

José Patrício/Folha Imagem 
Rogério Ceni cobra pênalti e abre o placar
O responsável em recolocar o time paulista na terceira colocação com 28 pontos foi Rogério Ceni. Além de evitar o gol de empate no último minuto, o goleiro fez os dois gols são-paulinos - um de pênalti e outro de falta. Com isso, Ceni se tornou um dos artilheiros da equipe na competição com três gols e agora soma 33 na carreira.

Os três pontos mantém a boa performance da equipe em casa: em oito partidas, o time venceu seis e empatou as outras duas.

Por outro lado, a derrota coloca fim a uma invencibilidade de 10 jogos do Figueirense, que caiu para o quinto lugar com 27 pontos. Caso a competição terminasse hoje, a equipe de Santa Catarina não estaria classificada à Copa Libertadores do próximo ano.

Na próxima terça-feira, o São Paulo vai até o Rio de Janeiro enfrentar o Botafogo, uma das quatro piores equipes da competição nacional. Já o Figueirense tentará a reabilitação contra o Coritiba, no estádio Orlando Scarpelli.

O jogo
Bastou o apito inicial do árbitro Alício Pena Junior para ficar explicito que o São Paulo teria inúmeras dificuldades em ultrapassar a boa defesa do Figueirense. Primeiro, pelos inúmeros desfalques. Além de
Diego Lugano, Danilo e Souza, todos suspensos, Rodrigo e Edcarlos continuam machucados, Alexandre e Fábio Simplício foram afastados do elenco, e Luís Fabiano está com a seleção brasileira na Copa América.

Segundo, que a cada jogo fica mais evidente a falta de um armador no elenco. Para sorte do time do Morumbi, o primeiro gol saiu logo. Aos 12min, o atacante Tardelli driblou o lateral Jeovânio, que fez pênalti. Na cobrança, o goleiro Rogério Ceni marcou seu segundo gol na competição nacional e deu mais tranquilidade aos comandados de Cuca.

Outro fator que beneficiou o São Paulo nos primeiros 45 minutos foi a péssima partida do Figueirense. O veterano armador Sérgio Manoel não reeditou as boas apresentações das últimas rodadas e, com isso, o
ataque teve poucas chances de balançar as redes são-paulinas.

A falta de qualidade no meio-campo são-paulino atraiu o Figueirense para o ataque na etapa final. E o time catarinense só não empatou por causa de um erro grotesco do árbitro mineiro, que marcou impedimento após cobrança de falta do lateral Paulo Sérgio aos 6min.

Mesmo com inúmeras dificuldades, o São Paulo criou algumas chances. Diego Tardelli e Jean tiveram oportunidades para ampliar o placar, mas pecaram nas finalizações. Vélber tentou buscar alternativas para o ataque, mas também sem sucesso.

Por pouco, o início da tão sonhada vitória não se transformou em pesadelo. Aos 22min, Grafite reclamou da arbitragem e levou o cartão vermelho. Para piorar, o atacante saiu do gramado xingando os torcedores.

Mas não deu tempo para o Figueirense tentar uma reação. Seis minutos após ficar com um jogador a menos, o São Paulo teve falta na entrada da área e o goleiro Rogério Ceni cobrou com perfeição, tornando-se um dos artilheiros da equipe no Brasileiro com três gols.

Com um a mais e dois gols atrás no marcador, o Figueirense foi pra cima do São Paulo, que se virou como pôde para não sofrer o primeiro gol. Conseguiu até os 39min, quando Alan foi derrubado por Fábio Santos. Sérgio Manoel cobrou e fez seu sétimo gol no Brasileiro.

SÃO PAULO
Rogério Ceni; Fabão, Flávio e Renan; Cicinho, César Sampaio, Vélber (Marcinho) e Fábio Santos; Jean (Alê), Grafite e Diego Tardelli (Aílton)
Técnico: Cuca

FIGUEIRENSE
Edson Bastos; Paulo Sérgio, Márcio Goiano, Cléber (Elói) e Filipe; Jeovânio, Bilu, Sérgio Manoel e Fernandes; Romualdo e Izaias (Alan)
Técnico: Dorival Júnior

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo
Árbitro: Alicio Pena Júnior (Fifa-MG)
Auxiliares: Guilherme Dias Camilo e Rodrigo Baeta (MG)
Cartão amarelo: Fábio Santos, Flávio, Grafitte e Diego Tardelli (São Paulo); Isaías, Filipe e Romualdo (Figueirense)
Cartão vermelho: Grafite e Fábio Santos (São Paulo)
Gols: Rogério Ceni, aos 12min do primeiro tempo; Rogério Ceni, aos 27min, e Sérgio Manoel, aos 39min do segundo tempo

Veja também


ÚLTIMAS NOTÍCIAS
03/09/2007
Mais Notícias