! Santos faz 6 a 0 no Paysandu e mantém a liderança no Brasileiro - 01/08/2004 - UOL Esporte - Futebol

UOL EsporteUOL Esporte
UOL BUSCA


  01/08/2004 - 17h48
Santos faz 6 a 0 no Paysandu e mantém a liderança no Brasileiro

MBPress
Em São Paulo

O Santos não teve qualquer dificuldade para golear o Paysandu por 6 a 0 na tarde deste domingo, na Vila Belmiro. Com o resultado, a equipe santista chegou aos 38 pontos e se mantém na liderança isolada do Campeonato Brasileiro. O Paysandu, com 18 pontos, permanece na zona de rebaixamento.

Folha Imagem 
Em tarde inspirada, Robinho marca dois
na goleada por 6 a 0 do Santos na Vila
Na próxima rodada, o Santos defende a liderança em Porto Alegre contra o Grêmio, enquanto o Paysandu tenta se recuperar contra o Atlético-MG em Belém.

O grande destaque da partida deste domingo foi o atacante Robinho, autor de dois gols e das principais jogadas de ataque do Santos. Já no primeiro tempo o Santos vencia por 4 a 0, com dois gols do atacante.

Robinho ainda participou do terceiro gol santista, com uma "deixadinha" para Ricardinho finalizar e chutou uma bola na trave. Mesmo sem marcar, Deivid foi outro jogador importante, também participando das principais jogadas do ataque santista.

O jogo
A pressão do Santos começou logo no primeiro minuto na partida, quando Ricardinho cobrou falta na área para a cabeçada do lateral Flávio. O goleiro Paulo Musse, em cima da linha, praticou difícil defesa.

O primeiro gol santista foi marcado já aos 10min de jogo, quando os zagueiros Júlio Santos e Alex Pinho se atrapalharam e a bola sobrou para Robinho. O atacante santista entrou na área, passou por Paulo Musse
e com o gol à sua frente tocou fraco para a rede.

Três minutos depois, Elano quase ampliou, ao chutar para fora. Mas aos 15min, o mesmo Elano fez o segundo gol do time dirigido por Vanderlei Luxemburgo. Após cruzamento de Flávio, da direita, Elano desviou para marcar de cabeça, colocando a bola no canto direito do gol defendido por Paulo Musse.

Perdido em campo, o Paysandu viu o Santos perder chances sucessivas de gol. Deivid teve duas boas chances de marcar aos 18 e 23min e Robinho quase marcou mais um aos 25min, em bola defendida por Paulo Musse.

O técnico do Paysandu, Givanildo Oliveira, ainda tentou melhorar o desempenho da sua equipe no primeiro tempo do jogo. Aos 30min, quando seu time perdia por 2 a 0, trocou o ala Carabina por Maurinho e o meia Hernani por Jóbson.

Mas o Santos continuou pressionando e marcou o terceiro gol aos 42min. Após cruzamento de Deivid da direita, Robinho deixou passar e Ricardinho, da entrada, da área marcou.

Dois minutos depois, Robinho marcou o seu segundo gol na partida aproveitando novo cruzamento de Deivid da direita. Na pequena área, na segunda trave, ele colocou sem chance de defesa para Paulo Musse.

O Santos iniciou a segunda etapa exercendo a mesma pressão e sem muita preocupação com a defesa, já que o Paysandu raramente passava do meio-campo.

No intervalo, o técnico santista Vanderlei Luxemburgo trocou o volante Ricardo Bóvio pelo atacante Basílio, que não decepcionou.

Aos 15min ele recebeu na área de Deivid, matou no peito e chutou forte para fazer o quinto gol do Santos.

Aos 37min, Robinho chutou de fora da área e acertou a trave. No minuto seguinte, o volante Fabinho fez o mesmo, mas teve mais sorte. Depois de chutar de fora da área, a bola bateu na trave, nas costas de Paulo Musse entrou.

SANTOS
Tápia; Flávio, Domingos, Ávalos e Léo (Márcio); Bóvio (Basílio), Fabinho, Ricardinho e Elano (Marcinho); Robinho e Deivid
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

PAYSANDU
Paulo Musse; Júlio Santos, Flávio Tanajura e Alex Pinho; Carabina (Maurinho), Wilson Surubim, Bebeto Campos, Hernani (Jóbson) e Alonso; Cláudio (Vinícius) e Leonardo.
Técnico: Givanildo Oliveira

Local: estádio Urbano Caldeira, em Santos (SP)
Árbitro: Antonio Hora Filho (SE)
Auxiliares: Terencio Santos dos Passos (SE) e Edmo Oliveira Santos (SE)
Cartões amarelos: Hernani (P); Devid e Léo (S)
Gols: Robinho, aos 10min, Elano, aos 15min, Ricardinho, aos 42min, e Robinho, aos 44min do primeiro tempo; Basílio, aos 15min, e Fabinho aos 38min do segundo tempo

Veja também


ÚLTIMAS NOTÍCIAS
03/09/2007
Mais Notícias