! São Paulo vence o Juventus de virada: 2x1 - 02/08/2004 - Pelé.Net - Revista
UOL EsporteUOL Esporte
UOL BUSCA


  02/08/2004 - 14h41
São Paulo vence o Juventus de virada: 2x1

Marcius Azevedo, especial para o Pelé.Net

SÃO PAULO - O São Paulo sofreu, mas derrotou o Juventus neste sábado, no estádio do Pacaembu, de virada, por 2 x 1, e conquistou bicampeonato da Copa São Paulo de Juniores. O primeiro título havia sido em 1993.

A equipe do técnico Pita, que terminou com uma campanha 100%, começou o jogo pressionado, apesar de não contar com o artilheiro Renatinho. O atacante, ao lado do goleiro Alan e Gabriel, eram os desfalques tricolores na final.

Aos 2min, Fábio Simplício quase abriu o placar chutando de fora da área. Três minutos depois, Oliveira também perdeu boa chance.

O Juventus superou essa pressão inicial são-paulina e equilibrou o jogo, até criou uma excelente chance aos 15min, quando Zé Roberto acertou um chute na trave de Márcio. Gaúcho, aos 27min, ficou livre na área, mas finalizou para fora.

Tudo ia bem até aos 33min, quando o lateral-esquerdo Fábio cometer falta dura no atacante Oliveira. O árbitro, que já havia dado o amarelo, mostrou o vermelho.

Apesar disso, o Juventus voltou melhor no segundo tempo e abriu o placar. Aos 3min, Gaúcho, artilheiro da Copa São Paulo, recebeu de Chistian na área e marcou seu nono gol no torneio, deixando o Tricolor em desespero.

O São Paulo, mesmo em vantagem numérica, estava nervoso e não conseguia furar o bloqueio da defesa juventina. Aos 12min, o Tricolor perdeu sua melhor chance. O goleiro Tafarel derrubou Harison na área: pênalti. O zagueiro Jean cobrou no canto direito, mas o arqueiro defendeu.

A partida seguiu com o São Paulo pressionando até os 35min, quando Oliveira driblou dois jogadores e cruzou na cabeça de Júlio Baptista. O volante, que estava atuando improvisado no ataque, tocou de cabeça para empatar o jogo.

O gol empolgou os torcedores, que lotavam o estádio do Pacaembu. Três minutos depois do primeiro, o Tricolor virou o jogo. O atacante Márcio Luís, que entrou no lugar do lateral-direito Andrey, aproveitou bobeira do zagueiro João Carlos, que, com câimbras, não conseguiu cortar e fez o gol do título.

SÃO PAULO 2 x 1 JUVENTUS

São Paulo
Márcio; Andrey (Márcio Luís), Jean, Xandão e Hílton (Leandro); Daniel Rossi, Fábio Simplício, Harison e Pepe (Júlio Santos); Júlio Baptista e Oliveira
Técnico: Pita

Juventus
Tafarel; Hugo (Itabuna), Preto, João Carlos e Fábio; Luisão, Batatais (Sampaio), Alê (Christian) e Zé Roberto; Gaúcho e Reginaldo
Técnico: Marçal

Data: 25/01/2000 (sábado)
Local: estádio do Pacaembu
Árbitro: Tadeu Bosco da Cruz
Cartões amarelos: Xandão, Júlio Baptista, Harison, Oliveira, Fábio Simplício (São Paulo); Itabuna, João Carlos e Luisão (Juventus)
Cartão vermelho: Fábio
Gols: Gaúcho, aos 3min, Júlio Baptista, aos 35min, Márcio Luís, aos 38min, do segundo tempo


ÚLTIMAS NOTÍCIAS
03/09/2007
Mais Notícias