! Fluminense bate São Paulo graças a gol contra - 22/08/2004 - UOL Esporte - Futebol

UOL EsporteUOL Esporte
UOL BUSCA


  22/08/2004 - 18h06
Fluminense bate São Paulo graças a gol contra

MBPress
No Rio de Janeiro

No duelo dos tricolores, o Fluminense levou a melhor sobre o São Paulo. A equipe carioca derrotou a paulista por 1 a 0 neste domingo, no estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, pela 26ª do Campeonato Brasileiro. O time das Laranjeiras quebrou um jejum de 16 anos sem vencer o adversário no Rio de Janeiro em jogos válidos pela competição.

Sob o comando do técnico interino Alexandre Gama, as novidades no Fluminense foram as presenças de Romário, Edmundo, Roger e Ramon juntos pela terceira vez durante toda a temporada. Nas duas anteriores ocorreram duas derrotas: contra Flamengo e o próprio São Paulo.

Reuters 
Romário tenta jogada individual e é observado pelo zagueiro Rodrigo
No tricolor do Morumbi, os números eram mais otimistas. Os zagueiros Fabão, Lugano e Rodrigo faziam a quarta partida atuando juntos com um saldo positivo de quatro vitórias.

No entanto, foi o Fluminense quem se deu melhor e justamente numa falha de Fabão. Aos 3min do primeiro tempo, o zagueiro cabeceou cruzamento contra a própria meta e abriu o placar. Na etapa final, o jogo caiu de rendimento e o time do Rio segurou a vitória por 1 a 0.

Com o resultado, o Fluminense, que não vencia há três rodadas, pulou para 35 pontos e se afastou da zona de rebaixamento do Brasileirão. De quebra, os cariocas mantiveram a invencibilidade em casa na competição e afastaram momentaneamente os rumores de desentendimentos no elenco.

Por outro lado, o São Paulo permaneceu com o péssimo desempenho como visitante: menos de 30% de aproveitamento e oito derrotas no total. Com 44 pontos ganhos, o time do treinador Cuca desperdiçou a chance de encostar na liderança, mas continuou bem posicionado na tabela de classificação - sétimo lugar.

No próximo sábado, o São Paulo volta a campo pelo Campeonato Brasileiro para enfrentar o Guarani, às 18h, no estádio do Morumbi. No domingo, o Fluminense encara o Vasco, às 16h, no clássico do Maracanã.

O jogo
Sem ter encontrado um substituto para o treinador recém-demitido Ricardo Gomes, o Fluminense entrou em campo no estádio Raulino de Oliveira sob o comando do interino Alexandre Gama. Na equipe titular, os destaques foram os retornos de Roger e Romário, escalados ao lado dos experientes Edmundo e Ramon. Arílson substituiu Leonardo Moura na lateral direita e, no meio, o volante Juca entrou no lugar de Marcão, contundido.

No São Paulo, Fabão, que cumpriu suspensão imposta pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva, voltou a formar o trio de zaga ao lado de Rodrigo e Lugano. No meio, o treinador Cuca optou por escalar Fábio Santos em vez de Vélber. No ataque, Luís Fabiano, lesionado na coxa esquerda, desfalcou a equipe paulista.

Precisando vencer para se afastar da zona de rebaixamento, o Fluminense começou a partida no ataque e foi logo recompensado. Aos 3min, enquanto as duas equipes ainda se estudavam, Ramon cobrou falta com perigo para o meio da área. A defesa do São Paulo falhou e o zagueiro Fabão cabeceou contra a própria meta, abrindo o placar.

O gol assustou o tricolor paulista, que errava passes demais no meio sem dar prosseguimento às jogadas ofensivas. Aos 12min, Fabão cobrou falta com violência, mas a bola passou longe da meta do goleiro Fernando Henrique.

Aos poucos, o São Paulo se encontrou em campo e passou a dominar o jogo. Aos 18min, Cicinho arriscou de fora da área e Fernando Henrique defendeu com dificuldade. Aos 21min, o atacante Grafite bateu cruzado da direita e o goleiro do Fluminense, novamente, fez importante defesa.

O Fluminense continuou fechado, mas o São Paulo, mesmo superior, pecava nas finalizações. Aos 39min, Cicinho cabeceou mal cruzamento da direita e desperdiçou a última chance do primeiro tempo.

Na segunda etapa, o técnico Cuca colocou Gabriel no lugar de Fábio Santos, objetivando maior poder ofensivo. Logo depois, Souza substituiu Fabão e o treinador desmanchou o esquema com três zagueiros.

As modificações não surtiram efeito imediato e o Fluminense, bem postado defensivamente, segurava o resultado, optando por jogar na base dos contra-ataques.

A primeira chance da etapa final foi do tricolor carioca. Arílson se livrou da marcação pela direita e bateu forte, cruzado. A zaga paulista afastou o perigo, colocando para escanteio.

Aos 27min, Roger fez a jogada mais bonita da partida. O jogador viu Rogério Ceni adiantado, arriscou um chute do meio-campo e quase marcou. O goleiro são-paulino voltou rapidamente para a sua meta e impediu o segundo gol do Fluminense.

O São Paulo respondeu aos 33min. Primeiro com Souza, cabeceando na trave. Em seguida, o lateral Cicinho chutou da direita e acertou a baliza de Fernando Henrique outra vez.

Aos 37min, Alessandro, que entrara no lugar de Romário lançou Edmundo em profundidade. Rogério Ceni deixou a área e salvou o São Paulo.

O time paulista ainda tentou empatar, mas não teve sucesso. Aos 45min, Lugano completou cruzamento na pequena área e Fernando Henrique defendeu com o pé. Bem postado defensivamente, o Fluminense se fechou atrás e garantiu a vitória por 1 a 0.

FLUMINENSE
Fernando Henrique, Arílson, Odvan, Antônio Carlos e Júnior César (Esquerdinha); Marciel, Juca, Ramon (Arouca) e Roger; Romário e Edmundo
Técnico Alexandre Gama

SÃO PAULO
Rogério Ceni; Rodrigo, Fabão (Souza) e Diego Lugano; Cicinho, Alê, Renan (Rondón), Danilo e Fábio Santos (Gabriel); Jean e Grafite
Técnico: Cuca

Local: estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ)
Árbitro: Carlos Eugênio Simon (Fifa-RS)
Cartões amarelos: Danilo (S), Juca (F), Marciel (F), Roger (F), Fábio Santos (S) e Edmundo (S)
Gol: Fabão (contra), aos 3min do primeiro tempo

Veja também


ÚLTIMAS NOTÍCIAS
03/09/2007
Mais Notícias