! Santos derrota Palmeiras e segue líder do Brasileirão - 12/09/2004 - UOL Esporte - Futebol

UOL EsporteUOL Esporte
UOL BUSCA


  12/09/2004 - 17h57
Santos derrota Palmeiras e segue líder do Brasileirão

MBPress
Em São Paulo

O Santos precisou de apenas cinco minutos para se manter na liderança do Campeonato Brasileiro. Com gols de Deivid, aos 40 minutos do primeiro tempo, e Elano, cinco minutos mais tarde, os comandados de Vanderlei Luxemburgo derrotaram o Palmeiras por 2 a 1, no Pacaembu, pela 30ª rodada da competição nacional.

Antônio Gaudério/Folha Imagem 
Elano abraça Robinho após marcar o segundo gol do Santos no Pacaembu
Com a vitória, a 17ª no Campeonato Brasileiro, o Santos se mantém no topo da tabela com 55 pontos.

Osmar fez o gol de honra do Palmeiras, que acumulou o quinto jogo consecutivo sem vencer e permanece em sétimo lugar com 48 pontos.

A equipe santista devolveu parte da derrota sofrida no primeiro turno em plena Vila Bemiro. No dia 23 de maio, o Palmeiras havia goleado por 4 a 0.

O time da Baixada Santista volta a jogar contra o Atlético-MG, no próximo sábado (18), na Vila Belmiro. Um dia depois, o Palmeiras entra em campo para enfrentar o Coritiba, no Paraná.

O jogo
O Santos provou no primeiro tempo o porquê é o atual líder do Campeonato Brasileiro e considerado um dos melhores times do país. Apesar de encontrarem forte marcação durante boa parte da etapa inicial, os comandados de Vanderlei Luxemburgo mostraram mais uma vez o elevado nível técnico do elenco, que até então tinha balançado as redes por 67 vezes.

Ficou evidente a partir do apito inicial do árbitro Rodrigo Cintra que o Santos teria muitas dificuldades para ultrapassar o bloqueio montado pelo técnico Estevam Soares, que congestionou o meio-campo com cinco jogadores e deixou Osmar isolado no ataque.

Foi isso o que ocorreu durante boa parte do primeiro tempo. O Santos chegou ao gol de Sérgio somente aos 20min, após cobrança de falta de André Luis. Já o time de Parque Antarctica tentou a tática de explorar contra-ataque. Teve boas oportunidades de abrir o placar, mas somente em bolas paradas.

Em duas oportunidades, aos 17min e aos 32min, Gabriel pôde colocar o Palmeiras na frente. Na primeira chance, o zagueiro cabeceou, livre, dentro da área para fora. No outro lance, ele colocou a bola na trave.

Já o time santista não reeditava as boas atuações. Isso ocorreu até os 40min. Foi aí que apareceu a qualidade do Santos, que precisou de apenas cinco minutos para, praticamente, definir o clássico.

Faltando cinco minutos para o fim da etapa inicial, o artilheiro Robinho rolou para Deivid, que chutou cruzado sem defesa para Sérgio. Nem se recuperou do primeiro gol e o Palmeiras sofreu o segundo. No último minuto, o volante Fabinho ganhou de dois adversários e tocou para Elano, que também chutou cruzado.

Logo no início do segundo tempo, o Palmeiras poderia ter diminuído a vantagem santista. Mas Osmar pecou na finalização aos 40seg. O zagueiro Nen também desperdiçou oportunidade, aos 10min.

Até o encerramento do jogo, o Santos buscou explorar os contra-ataques. Já o Palmeiras sentiu a falta de qualidade no meio-campo para levar perigo ao gol de Mauro.

Em um ataque isolado, Osmar diminuiu o placar. O jogo voltou a ficar emocionante após a expulsão de Zé Elias, aos 39min. Mas, apesar da pressão, o Palmeiras não conseguiu evitar a vitória santista.

PALMEIRAS
Sérgio; Baiano, Gabriel, Nen e Lúcio; Marcinho, Corrêa (Júlio César), Magrão, Élson (Ricardinho) e Diego Souza; Osmar
Técnico: Estevam Soares

SANTOS
Mauro; Bóvio (Lelo), Domingos, André Luís e Léo; Zé Elias, Fabinho, Ricardinho e Elano; Robinho (Ávalos) e Deivid (Basílio)
Técnico: Wanderley Luxemburgo

Local: Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)
Árbitro: Rodrigo Martins Cintra (SP)
Auxiliares: Everson Luís L. Soares (SP) e Marcelo Carvalho Van Gasse (SP)
Cartão amarelo: Nen, Osmar e Baiano (Palmeiras); André Luis e Zé Elias (Santos)
Cartão vermelho: Zé Elias (Santos)
Gols: Deivid, aos 40min, e Elano, aos 45 min do primeiro tempo; Osmar, aos 37 min do segundo tempo

Veja também


ÚLTIMAS NOTÍCIAS
03/09/2007
Mais Notícias