! Santos elimina o Flamengo da Sul-Americana - 23/09/2004 - UOL Esporte - Futebol

UOL EsporteUOL Esporte
UOL BUSCA


  23/09/2004 - 00h02
Santos elimina o Flamengo da Sul-Americana

MBPress
Em São Paulo

Bom jogo do início ao fim. Flamengo e Santos se enfrentaram nesta quarta-feira à noite, em Volta Redonda e empataram por 2 a 2, pela Copa Sul-Americana. Nos pênaltis, o time paulista venceu por 5 a 4 e avançou no torneio. O Flamengo está eliminado.

O tempo normal foi decidido apenas aos 47min, com um gol de Deivid, empatando a partida. Foi o fim de uma partida disputada, com vários lances de emoção e belos gols. Os três primeiros, Basílio para o Santos e Ibson para o Flamengo, saíram na etapa inicial.

No jogo de ida, disputado em Santos, as duas equipes haviam empatado por 0 a 0. Com a vitória desta quinta, o Santos agora enfrenta o São Paulo, que eliminou o São Caetano, na última fase nacional da competição.

Como em vários jogos do Campeonato Brasileiro, os santistas saíram reclamando da arbitragem, já que tiveram um gol legítimo de Deivid anulado no segundo tempo. A arbitragem marcou impedimento inexistente.

Na Sul-Americana, como nos três primeiros jogos, o Santos não jogou com sua equipe completa. Nesta quarta, Vanderlei Luxemburgo poupou atletas, principalmente Ricardinho e Deivid, que entraram no decorrer da partida.

O jogo
Desde os primeiros minutos, Flamengo e Santos mostraram vontade ofensiva. A equipe paulista, mesmo jogando fora de casa, logo começou a fazer sua marcação no campo de ataque, assumindo o controle da partida.

Apesar das oportunidades para a finalização, nenhum chute chegou a levar perigo real antes dos 9min. O time santista teve boa chance aos 9min, quando Robinho recebeu na área e virou para o gol. O chute saiu fraco e facilitou a defesa de Júlio César.

A resposta do Flamengo aconteceu aos 11min, em jogada que começou com um lindo chapéu de Jean no meio-campo. O atacante flamenguista carregou a bola até a área santista e, na saída de Mauro, cruzou rasteiro. Ninguém chegou para concluir.

A partida viveu um momento eletrizante pouco antes dos 20min. Primeiro com o Flamengo pressionando. Aos 18min, Felipe fez linda jogada e bateu para o gol. Mauro espalmou para escanteio. Segundos depois, o goleiro santista salvou novamente em chute de Júlio.

O Flamengo seguiu atacando e, aos 19min, a zaga santista errou seu posicionamento. Júnior Baiano, livre, chutou. Mauro defendeu outra. Na saída de bola, o Santos puxou contra-ataque e Preto Casagrande, da entrada da área, bateu forte. Júlio César também apareceu bem.

Mesmo com a movimentação intensa persistindo, nova oportunidade clara de gol só foi acontecer aos 30min. Júnior errou e cabeceou a bola para trás, armando o contra-ataque santista. Robinho, da entrada da área, bateu forte. Júlio César defendeu outra.

O Santos mudou aos 34min. Zé Elias, machucado, cedeu seu lugar a Ricardinho. E, aos 36min, o meia participou do gol paulista. Ricardinho tocou para Léo, que lançou Basílio. Na saída do goleiro do Flamengo, o atacante marcou.

Em dois minutos, porém, os donos da casa viraram. Aos 40min, Júnior Baiano cobrou falta com força, próximo à área do Santos. Ibson, no meio do caminho, deu um toque quase sem querer e deixou tudo igual.

Empolgado, o Flamengo ainda marcou um golaço. Aos 42min, Felipe começou boa jogada e lançou Jean na área. O atacante, com um passe de calcanhar, deixou Ibson livre dentro da área. O meia não desperdiçou e marcou seu segundo no jogo.

O jogo continuou bom no segundo tempo, mas sem o mesmo ritmo. O Flamengo, em vantagem, teve as duas primeiras chances da etapa em chutes de fora da área. A 1min, Jean tentou e a bola passou perto. Aos 10min, foi a vez de Felipe arriscar. Mauro defendeu.

Tentando pressionar, o Santos só foi chegar perto do gol aos 18min. A bola foi cruzada na área rubro-negra da direita. China escorregou e deixou a bola chegar a Basílio. O lateral, porém, se recuperou e conseguiu abafar o chute do atacante santista.

Mantendo-se no ataque, o Santos contou com um erro flamenguista para chegar perto do gol. Aos 29min, Júlio César saiu jogando errado e jogou a bola nos pés de Robinho. O atacante lançou Deivid, que bateu cruzado. O goleiro do Fla se recuperou e defendeu.

Muito recuado, o Flamengo só voltou ao ataque aos 36min. E quase conseguiu marcar um lindo gol. Após cobrança de escanteio, Felipe recebeu no bico esquerdo da área santista, tirou um marcador e bateu forte. Mauro, em ótima defesa, espalmou para fora.

Voltando ao ataque, o Santos foi prejudicado pela arbitragem. Aos 40min, Deivid marcou de cabeça após cruzamento da direita. O assistente errou e marcou impedimento do atacante da equipe paulista.

De tanto pressionar, o Santos conseguiu chegar ao gol de empate aos 47min. Após cobrança de escanteio, a bola foi desviada e Deivid, na segunda trave, conseguiu dar um carrinho e empurrar para o fundo do gol.

Nos pênaltis, o Flamengo começou em vantagem, com Júlio César defendendo cobrança de Deivid. Porém, Mauro pegou os chutes de Dill e André Bahia, garantindo a vitória paulista.

FLAMENGO
Júlio César; China, Júnior Baiano, André Bahia e Júlio Moraes; Da Silva, Ibson (Juliano), Júnior e Zinho (Dill); Felipe e Jean
Técnico: Ricardo Gomes

SANTOS
Mauro; Bóvio, André Luís, Ávalos e Léo; Zé Elias (Ricardinho), Fabinho, Preto Casagrande (Paulo César) e Marcinho (Deivid); Basílio e Robinho
Técnico: Wanderley Luxemburgo

Local: estádio Raulino de Oliveira, Volta Redonda (RJ)
Árbitro: Heber Roberto Lopes (Fifa-PR)
Gols: Basílio, aos 36min, Ibson, aos 40min e aos 42min do primeiro tempo; Deivid, aos 47min do segundo tempo


ÚLTIMAS NOTÍCIAS
03/09/2007
Mais Notícias