! Com empate no fim, Santos elimina o São Paulo e avança - 20/10/2004 - UOL Esporte - Futebol

UOL EsporteUOL Esporte
UOL BUSCA


  20/10/2004 - 23h50
Com empate no fim, Santos elimina o São Paulo e avança

MBPress
Em São Paulo

No segundo round da briga entre São Paulo e Santos, quem levou a melhor mais uma vez foi a equipe da Baixada. Na noite desta quarta-feira, no estádio do Morumbi, as equipes empataram em 1 a 1 e, como venceu a primeira partida por 1 a 0, o alvinegro garantiu presença na fase internacional da Copa Sul-Americana.

Folha Imagem 
Bóvio enfrenta a marcação de Júnior; Santos avança com empate no Morumbi
E o adversário da equipe de Wanderley Luxemburgo será um antigo conhecido: a Liga Deportiva Universitária, do Equador. Nas oitavas-de-final da Libertadores da América deste ano, o Santos eliminou a equipe equatoriana da competição. A primeira partida está marcada para o dia 3, em Quito.

Assim como aconteceu na partida de ida, na Vila Belmiro, quem fez a diferença na partida foi um jogador da equipe titular do Santos - a equipe optou por disputar a Sul-Americana com um time misto. O meia Preto Casagrande marcou o gol de empate - na Vila, Elano assinalou o gol da vitória.

O São Paulo, que apostou todas as suas fichas na competição, não conseguiu envolver seu rival e continuou com um mal retrospecto diante do time da Baixada. Nos últimos 12 jogos entre tricolor e alvinegro, o time do Morumbi venceu apenas três vezes, enquanto a equipe da Vila Belmiro levou vantagem em oito. O único empate foi o desta noite.

Este é o segundo revés da equipe tricolor em torneios internacionais este ano. Na Libertadores, o São Paulo foi eliminado nas semifinais pelo campeão Once Caldas. Na ocasião, o time brasileiro levou um gol aos 45min da etapa final e ficou de fora do torneio.

Santos e São Paulo voltam a se enfrentar no domingo, às 16h, também no estádio do Morumbi. Esta partida será válida pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro. As duas equipes brigam diretamente pelo título do certame. O time da capital está na terceira colocação com 62 pontos, enquanto o da Baixada é o vice-líder com 68.

O jogo
Faltou futebol e sobrou pontapé no primeiro tempo da partida entre São Paulo e Santos na noite desta quarta-feira. O saldo deste panorama foi a expulsão do zagueiro Fabão, do time da capital, e Ávalos, da equipe da Baixada - os dois trocaram empurrões aos 28min.

Até os 20min, no entanto, a torcida que compareceu ao estádio do Morumbi pôde ver algumas chances de gol, criadas com mais freqüência pelos donos da casa. A 1 min, por exemplo, o meia Danilo cruzou da esquerda e Grafite desviou de cabeça para fora.

Precisando vencer por pelo menos um gol de diferença para levar a decisão da vaga para os pênaltis, o São Paulo seguiu com a pressão inicial sobre o rival. Aos 8min, Grafite fez boa jogada pela esquerda e tocou para Renan, que ajeitou para Danilo. O meia tocou para Cicinho, que chutou em cima do goleiro Mauro.

A única jogada de perigo criada pelo Santos aconteceu aos 11min, quando o atacante Marcinho fez boa jogada pela direita, driblou o volante Alê e cruzou para William, que se antecipou à zaga são-paulina e chutou forte. A bola saiu à esquerda de Rogério Ceni.

Sem usar as laterais, uma das suas principais armas, para chegar ao gol adversário, o São Paulo passou a arriscar chutes de fora da área. E no primeiro deles, aos 14min, o meia Danilo girou em cima de um zagueiro e chutou forte de esquerda. A bola bateu na rede pelo lado de fora e assustou o goleiro Mauro.

A equipe do técnico Emerson Leão ainda teve uma boa chance de abrir o marcador em cobrança de falta de Rogério Ceni, aos 16min. No entanto, o goleiro cobrou mal e a bola passou por cima do gol santista.

Folha Imagem 
Confusão no primeiro tempo acabou com expulsões de Fabão e Ávalos; veja fotos
O último bom lance da etapa inicial foi em um chute de dentro da área. Aos 24min, o meia Danilo tocou para Junior na esquerda, o ala cruzou e a bola ficou com o volante Renan, que pegou mal na bola e a chutou para fora.

No segundo tempo, apenas o Santos voltou com uma alteração. O técnico Wanderley Luxemburgo sacou o volante Fabinho da equipe e escalou Preto Casagrande, que tem jogado como titular no Campeonato Brasileiro.

Mas foi o São Paulo, que não fez sequer uma alteração para a etapa final, que abriu o placar logo aos 4min. O lateral-esquerdo Junior fez boa jogada pela esquerda e cruzou para o zagueiro Rodrigo, que ficou de cara para o gol e chutou forte para marcar.

Apesar da vantagem, a equipe do Morumbi precisava de mais um gol para garantir a classificação sem a decisão nos pênaltis. E aos 11min, o atacante Grafite avançou pela direita e cruzou para o meio da área. Sozinho, Jean não conseguiu desviar para o gol.

Depois desse lance, porém, o time de Leão não conseguiu mais encaixar uma boa jogada de ataque. O Santos, por sua vez, tentava chegar ao gol de empate, mas não conseguiu chegar ao gol de Rogério Ceni com a qualidade esperada por Luxemburgo.

Aos 36min, porém, o atacante Deivid cruzou na cabeça de Preto Casagrande, que, sozinho, desviou para o fundo do gol de Rogério Ceni. Com o empate, o time alvinegro garantiu classificação à fase internacional na Copa Sul-Americana.

SÃO PAULO
Rogério Ceni; Fabão, Diego Lugano e Rodrigo; Cicinho, Alê, Renan, Danilo e Júnior (Souza); Grafite e Jean (Rondón)
Técnico: Emerson Leão

SANTOS
Mauro; Domingos, Ávalos e Leonardo; Bóvio, Fabinho (Preto Casagrande), Zé Elias (Paulo César), Luís Augusto e Márcio; Marcinho e William (Deivid)
Técnico: Wanderley Luxemburgo

Local: estádio do Morumbi, em São Paulo
Árbitro: Wagner Tardelli
Auxiliares: Jorge Oliveira e Alessandro Rocha
Cartões amarelos: Zé Elias (S), Luís Augusto (S), Lugano (SP), Rodrigo (SP), Grafite (SP), Domingos (S)
Cartões vermelhos: Ávalos (S) e Fabão (SP)
Gols: Rodrigo, aos 4min, e Preto Casagrande, aos 36min do segundo tempo


ÚLTIMAS NOTÍCIAS
03/09/2007
Mais Notícias