! Vasco e São Paulo empatam sem gols - 14/11/2004 - UOL Esporte - Futebol

UOL EsporteUOL Esporte
UOL BUSCA


  14/11/2004 - 17h53
Vasco e São Paulo empatam sem gols

MBPress
No Rio de Janeiro

O título do Campeonato Brasileiro ficou mais distante do São Paulo. Da mesma forma, o empate por 0 a 0 contra os paulistas, neste domingo, em São Januário, também deixou o Vasco mais longe da Série B.

Celso Avila/Folha Imagem 
Grafite sofre falta no jogo contra o Vasco; veja fotos do empate sem gols no Rio
Em partida monótona e de raras emoções, a igualdade acabou servindo como mais-valia aos cariocas. Afinal, os comandados de Joel Santana atingiram os 50 pontos e seguem a uma distância razoável da zona de rebaixamento.

Já para o São Paulo, o tropeço em São Januário pode ser decisivo. Com 72 pontos, a equipe fica a seis do líder Atlético-PR e deixa de figurar na zona de classificação para a Libertadores da América.

Além disso, o resultado não acabou com o jejum do tricolor, que não venceu jogando no Rio de Janeiro neste Nacional. Em quatro partidas contra os cariocas, foram três derrotas e somente um ponto conquistado.

Curiosamente, a campanha do Vasco dentro de seu estádio contra equipes paulistas neste ano também foi sofrível: cinco derrotas e dois empates.

Na 42ª rodada, o alvinegro do Rio viajará até Goiânia para encarar o Goiás, no Serra Dourada, domingo, às 16h. No mesmo dia, o São Paulo receberá o Juventude, no estádio do Morumbi, às 18h.

O jogo
Durante os minutos iniciais, o Vasco lançou-se ao ataque e sufocou o adversário. Aos 5min, Rubens cruzou da ponta direita e André Lima subiu livre por entre os zagueiros para cabecear com muito perigo ao gol.

O susto acordou os visitantes. Com a partida equilibrada, Cicinho cobrou falta da ponta direita, mas Rodrigo, livre, cabeceou por cima.

Com 13min, um lance polêmico gerou reclamações veementes dos jogadores tricolores. Após cobrança de escanteio, o vascaíno Gomes interceptou a jogada com a mão, mas o árbitro Lourival Lima Filho não marcou pênalti.

O São Paulo assustou outra vez aos 19min e aos 23min. Primeiro, em cobrança de infração da intermediária, Rodrigo bateu forte à direita da baliza rival. Depois, Diego Tardelli cortou um defensor e tocou para Grafite. Frente a frente com Cássio, o atacante furou grotescamente.

Desatento, Rogério Ceni agarrou com as mãos uma bola recuada por Edcarlos. Na cobrança do tiro livre indireto, aos 28min, Petkovic driblou o goleiro, mas o chute foi interceptado por um carrinho salvador de Renan.

Apesar de se revezarem no predomínio dos ataques, os dois times mantiveram o hábito de poucas finalizações até quase o fim da primeira etapa. Aos 47min, Grafite arrancou pela ponta esquerda e quase sem ângulo bateu nos pés de Cássio.

Sacudido pela bronca do treinador Emerson Leão, o São Paulo começou o segundo tempo pressionando. No minuto inicial, Júnior cruzou da esquerda, mas Fabiano afastou de carrinho antes da conclusão de Grafite.

Aos 3min, o Vasco respondeu com uma cabeçada fraca de André Lima depois de escanteio cobrado por Petkovic.

Precisando da vitória para continuar na briga pelo título, os paulistas estiveram próximos do gol aos 10min. Entretanto, o chute de Diego Tardelli encontrou o lado de fora da rede.

Chiquinho cruzou da esquerda, aos 13min, Fabiano antecipou-se à zaga são-paulina, porém o peixinho foi para fora.

O time do Rio perdeu grande chance aos 20min. André Lima encontrou Marco Brito livre dentro da área. O atacante pedalou, passou por Fabão e chutou cruzado. No reflexo, Rogério Ceni conseguiu impedir o gol.

Instantaneamente, aos 22min, o São Paulo respondeu com um arremate de Márcio, que passou rente à trave esquerda de Cássio.

Aos 33min, Renan empurrou Petkovic dentro da área, mas o árbitro baiano mandou a jogada seguir. O São Paulo quase marcou aos 41min, mas o chute de Grafite foi para fora.

VASCO
Cássio, Fabiano, Gomes e Daniel; Thiago (Claudemir), Ygor, Coutinho, Petkovic, Rubens (Marco Brito) e Chiquinho; André Lima (Rodrigo Souto).
Técnico: Joel Santana

SÃO PAULO
Rogério Ceni, Edcarlos, Fabão e Rodrigo; Cicinho, Renan, Ale, Souza (Vélber) e Júnior; Grafite e Diego Tardelli (Márcio).
Técnico: Leão

Local: estádio de São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Lourival Lima Dias Filho (BA)
Cartões amarelos: Fabiano (V), Grafite (S), Ygor (V), André Lima (V)

Veja também


ÚLTIMAS NOTÍCIAS
03/09/2007
Mais Notícias