! Criciúma só empata e desce para Série B - 19/12/2004 - UOL Esporte - Futebol

UOL EsporteUOL Esporte
UOL BUSCA


  19/12/2004 - 18h12
Criciúma só empata e desce para Série B

MBPress
Em São Paulo

O Criciúma lutou até o fim, mas não conseguiu se livar do rebaixamento para a Série B do Campeonato Brasileiro. Na tarde deste domingo, a equipe apenas empatou por 3 a 3 com o Coritiba e teve seu descenso decretado dois anos após conquistar a Segundona em cima do Fortaleza, que retorna à elite no ano que vem.

Com o resultado, o empate do Botafogo com o Atlético-PR e a vitória do Atlético-MG sobre o São Caetano, a equipe comandada por Lori Sandri terminou o Brasileirão com 50 pontos na 21ª colocação.

O curioso da campanha do tricolor catarinense é que logo no início da competição o time chegou a liderar o certame e ser considerado um dos concorrentes ao título. No entanto, com a chegada do segundo turno, a equipe caiu de produção e, depois de muito rondar a zona de risco, terminou nas quatro últimas colocações.

Do lado paranaense, nem festa nem tristeza, apenas o sentimento de que poderia ter sido melhor. Afinal, a equipe terminou a competição na zona intermediária da tabela e sem vaga na Copa Sul-Americana.

O Criciúma volta a jogar agora apenas no dia 26 de janeiro, data de início do Campeonato Catarinense. O primeiro adversário da equipe de Santa Catarina será o Marcílio Dias, no estádio Hercílio Luz, em Itajaí. Pelo Paranaense, o Coritiba estréia no dia 19, contra o Francisco Beltrão, no estádio Couto Pereira, em Curitiba.

O jogo
Na pressão total. Foi desta maneira que o Criciúma inicicou a partida desta tarde contra o Coritiba. Precisando da vitória para escapar da Série B, a equipe catarinense deixou de lado o esquema com três zagueiros, adotou o 4-4-2 e passou os dez minutos iniciais no campo adversário. Neste período, o time paranaense apenas se defendeu e tentou, sem sucesso, os contra-ataques.

A blitz do Criciúma, porém, não demorou a dar resultado. Aos 13min, o lateral-direito Ângelo fez boa jogada e cruzou para Vágner Carioca. O atacante desviou na saída do goleiro Douglas e abriu o placar para os donos da casa.

Em vantagem no placar, o time do técnico Lori Sandri diminuiu seu ímpeto ofensivo e cadenciou mais o toque de bola. Mesmo assim, não deixou de levar perigo ao gol adversário. Aos 20min, o atacante Marcos Denner chutou da entrada da área e acertou o travessão do goleiro Douglas, que apenas olhou a bola sair pela linha de fundo.

Depois disso, no entanto, o Coritiba acordou em campo e criou sua primeira chance. Aos 28min, o meia Capixaba tabelou com Laércio e ficou na cara do gol. O jogador, porém, pegou mal na bola e facilitou a defesa do goleiro Roberto.

Três minutos depois, a equipe do técnico Antonio Lopes foi mais eficiente. Após cruzamento do lateral-esquerdo Ricardinho, o zagueiro Miranda subiu mais do que a zaga rival e cabeceou para o gol.

O Criciúma não se abalou com o gol sofrido e, aos 33min, o atacante Vágner Carioca aproveitou cruzamento de Ângelo e cabeceou na trave, desperdiçando ótima chance de ficar em vantagem novamente.

No segundo tempo, a equipe de Santa Catarina manteve sua postura ofensiva e pressionou o Coritiba em seu campo de defesa. Em tarde inspirada, o atacante Vágner Carioca infernizou a zaga rival.

E foi o próprio atacante que colocou o Criciúma em vantagem aos 21min, quando ele aproveitou novamente cruzamento de Ângelo e chutou contra o gol de Douglas, que nada pôde fazer.

A alegria dos donos da casa, porém, durou apenas oito minutos. Aos 29min, Guilherme, que havia acabado de entrar no lugar de Roberto Brum, marcou o gol de empate do Coritiba. A situação catarinense piorou aos 39min, quando o time visitante virou o jogo com gol de Reginaldo Vital.

Mas o Criciúma encontrou forças para empatar aos 46min com Saulo, que aproveitou falha do goleiro do Coritiba. No entanto, o resultado não foi suficiente para manter o tricolor na Primeira Divisão.

CRICIÚMA
Roberto; Ângelo, Luciano, Duílio e Gleidson; Cléber Gaúcho, Genalvo, Douglas (Saulo) e Paulo César; Marcos Denner (Éder) e Vágner Carioca (Paulinho)
Técnico: Lori Sandri

CORITIBA
Douglas; Flávio, Miranda e Reginaldo Nascimento (Guilherme); Rafinha, Roberto Brum (Reginaldo Vital) , Capixaba, Ataliba (Márcio Egídio) e Ricardinho; Alemão e Laércio
Técnico: Antonio Lopes

Local: estádio Heriberto Hulse, em Criciúma (SC)
Árbitro: Paulo César de Oliveira (Fifa-SP)
Auxiliares: Válter José dos Reis e Marinaldo Silvério (ambos de SP)
Cartões amarelos: Paulo César (CRI)
Gols: Vágner Carioca, aos 13min, e Miranda, aos 31min do primeiro tempo; Vágner Carioca, aos 21min, Guilherme, aos 29min, Reginaldo Vital, aos 39min, e Saulo, aos 46min do segundo tempo

Veja também


ÚLTIMAS NOTÍCIAS
03/09/2007
Mais Notícias