! São Paulo atinge meta e se isola na ponta - 30/01/2005 - UOL Esporte - Futebol

UOL EsporteUOL Esporte
UOL BUSCA


  30/01/2005 - 20h00
São Paulo atinge meta e se isola na ponta

MBPress
Em São Paulo

O São Paulo conseguiu neste domingo a quarta vitória consecutiva no Campeonato Paulista. O time do Morumbi conseguiu cumprir com êxito total a meta imposta pelo técnico Emerson Leão, que havia pedido 12 pontos nos primeiros quatro jogos no Estadual. Mesmo sem apresentar futebol brilhante, bateu o União São João por 2 a 1 no Morumbi.

O grande destaque do São Paulo neste domingo foi o centroavante Diego Tardelli. O jogador fez o segundo gol do time da casa aos 45min do primeiro tempo. Carregou a bola pela meia direita e acertou uma bomba no ângulo esquerdo, de fora da área. Foi a quinta vez que o jogador balançou as redes no Paulistão. Agora, ele divide a artilharia com Finazzi, do América.

O outro titular do ataque são-paulino, em contrapartida, vive má fase. Grafite marcou apenas um gol nesta temporada, na estréia da equipe no Campeonato Paulista (goleada por 4 a 2 sobre o Ituano). Neste domingo, passou novamente em branco e teve péssima atuação. O curioso é que ele foi o principal destaque do clube na temporada passada. Somente no Campeonato Brasileiro, balançou as redes 17 vezes.

Neste domingo, Grafite foi substituído pelo centroavante Luizão. O centroavante fez sua primeira partida com a camisa do São Paulo e entrou sob vaias da torcida, que pedia a entrada do meia Falcão e não gostou da alteração promovida pelo técnico Emerson Leão.

Com a vitória sobre o União São João, o São Paulo chegou a 12 pontos e manteve a primeira colocação do Campeonato Paulista. O time do Morumbi se isolou na liderança graças ao empate do Santos com a Portuguesa Santista neste domingo, em Santos.

O União São João, com esta derrota, estaciona nos quatro pontos. A equipe do interior paulista venceu apenas uma partida no Paulistão (4 a 3 sobre o Atlético Sorocaba) e perdeu as duas últimas partidas que disputou no Estadual.

Na próxima rodada, São Paulo e União São João jogarão longe de casa. Na sexta-feira, o time de Araras encara o Paulista em Jundiaí. A equipe do Morumbi só entra em campo no sábado, às 18h, contra o União Barbarense.

O jogo
Desde o início, o São Paulo deixou clara a diferença técnica existente entre os donos da casa e o União São João. Com forte marcação sobre a saída de bola dos visitantes, a equipe da capital conseguiu pressionar muito nos minutos iniciais do confronto deste domingo.

A primeira grande oportunidade aconteceu aos 6min. Diego Tardelli fez grande jogada pela direita e cruzou na cabeça do zagueiro Rodrigo, que desviou e mandou a bola à esquerda do goleiro Gilson.

Com mais posse de bola, o São Paulo enfrentou problemas apenas com a linha de impedimento armada pela defesa do União São João. Os atacantes Diego Tardelli e Grafite, sempre que receberam a bola, foram flagrados à frente dos marcadores.

Quando apareceu um elemento surpresa, porém, o São Paulo teve sucesso. Vélber carregou a bola pela esquerda aos 18min e cruzou no segundo pau. Cicinho entrou em velocidade e cabeceou forte, no canto esquerdo do goleiro Gilson, para fazer o primeiro gol do São Paulo.

Perdendo por 1 a 0, o União resolveu sair. E assim, deu mais espaços para o São Paulo. Aos 26min, por exemplo, Diego Tardelli driblou dois marcadores pela direita e cruzou rasteiro. Grafite não conseguiu ganhar da defesa e Hélcio afastou o perigo.

Desorganizado, o União São João só assustou em bolas paradas. Foi assim aos 31min, em boa cobrança do meia Juliano. A bola desviou em Cicinho e quase matou Rogério Ceni, que havia se jogado para o canto oposto.

Cinco minutos depois, em nova cobrança de falta, Jeancarlos acertou o ângulo direito de Rogério Ceni. Com muita dificuldade, o camisa 1 conseguiu desviar para escanteio e evitou o gol dos visitantes.

O São Paulo só respondeu aos 41min. Diego Tardelli lançou Grafite na direita, dentro da área. O camisa 9 desviou de pé direito e a bola passou muito perto da trave direita do goleiro Gilson.

Depois disso, o ritmo do jogo caiu. Parecia que o placar parcial estava definido, mas o centroavante Diego Tardelli mudou a história. Aos 45min, ele carregou a bola pela meia direita e chutou cruzado. A bomba acertou o ângulo direito do goleiro Gilson, que nada pôde fazer.

Em vantagem, o São Paulo diminuiu muito o ritmo no período complementar. O time do Morumbi apenas administrou o resultado e pouco fez para tentar aumentar a vantagem no placar. E o União, que demonstrou muita fragilidade, não levava perigo ao gol de Rogério Ceni.

Aos 39min, no entanto, o time do interior diminuiu a diferença. Borges invadiu a área e foi derrubado pelo zagueiro Rodrigo. Na cobrança, o próprio Borges marcou e determinou o placar final no Morumbi.

SÃO PAULO
Rogério Ceni; Fabão, Lugano, Rodrigo; Cicinho, Mineiro, Josué (Renan), Vélber (Danilo) e Júnior; Diego Tardelli e Grafite (Luizão)
Técnico: Emerson Leão
UNIÃO SÃO JOÃO
Gilson; Rodrigo, Hélcio, Félix e Magal (Diguinho); Pires, Alexsandro, Júnior e Juliano (Jorginho); Jeancarlos (Júlio César) e Borges
Técnico: Arnaldo Lira
Local: estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Árbitro: Philippe Lombard (SP)
Auxiliares: Francisco Rubens Feitosa e Aline Lambert (ambos de SP)
Cartões amarelos: Jeancarlos (U), Magal (U), Jorginho (U), Josué (S), Pires (U), Rodrigo (S), Hélcio (U)
Gols: Cicinho, aos 18min; Diego Tardelli, aos 45min do primeiro tempo; Borges, aos 39min do segundo tempo

Veja também


ÚLTIMAS NOTÍCIAS
03/09/2007
Mais Notícias