! Mauro falha e Santos perde liderança - 30/01/2005 - UOL Esporte - Futebol

UOL EsporteUOL Esporte
UOL BUSCA


  30/01/2005 - 20h04
Mauro falha e Santos perde liderança

MBPress
Em Campinas

Grande favorito ao título do Campeonato Paulista, o Santos teve um revés inesperado nesta tarde de domingo. Mesmo jogando na Vila Belmiro, o Peixe só empatou em 1 a 1 com a Portuguesa Santista, no clássico das praias.

Folha Imagem 
Robinho escapa de marcador da Portuguesa Santista no empate da Vila
Com o resultado, o alvinegro sobe para dez pontos, em segundo lugar. O time foi superado pelo São Paulo, que bateu o União São João, no Morumbi, e pulou para o primeiro lugar com 12. O Palmeiras, outro que tinha 100% de aproveitamento, perdeu para o São Caetano e segue com nove.

Já a Portuguesa segue sem vencer. Em quatro rodadas disputadas até o momento, o clube obteve apenas dois pontos e já começa a se aproximar da zona do rebaixamento. Neste ano, quatro equipes descem à Série A-2.

O time do goleiro Ronaldo, aliás, vem sendo problema para o alvinegro. No último confronto entre os times, a Santista venceu por 2 a 0, no dia 12 de fevereiro de 2003, também pelo Paulistão. A partida foi disputada no estádio Ulrico Mursa.

E a tarde de surpresas não parou apenas no tropeço em campo. O meia Elano pode ter feito sua última partida pelo Peixe. O jogador recebeu uma proposta do Shakthar Donetsk, da Ucrânia, e deve seguir para a Europa na segunda-feira.

Santos e Portuguesa voltam a campo no próximo sábado. O alvinegro enfrenta o Atlético Sorocaba, às 16h, fora de casa. Já a Lusa pega o Palmeiras, às 18h10, no Litoral.

O jogo
Logo no início da partida, o Santos foi para cima. Aos 2min, Elano chutou forte da direita e Ronaldo fez boa defesa. No contra-ataque, foi a vez da Portuguesa assustar. Andradina foi lançado e, de virada, bateu, mas Mauro segurou.

Apesar de dominar a partida, o Santos não conseguia segurar o adversário em seu campo. Com isso, sofreu com os contra-ataques, principalmente pela velocidade de Rico e Andradina.

Aos 19min, Ricardinho deu lindo toque para Deivid. O atacante invadiu a área e chutou em cima de Ronalgo, que defendeu seu dificuldade. Quatro minutos mais tarde, a resposta da Santista. Parral bateu falta e Mauro fez grande defesa.

O lance animou a Lusa, que continuou pressionando pelo lado esquerdo do campo, aproveitando as falhas do lateral-esquerdo Luís Augusto. Aos 27min, Andradina cobrou falta e acertou o travessão do adversário.

O Santos só voltou a incomodar aos 36min. Ricardinho desceu pela direita e cruzou. Fábio Baiano, livre na área, cabeceou para fora e perdeu ótima oportunidade de abrir o placar.

Na volta do intervalo, o Santos parecia disposto a apagar a má apresentação no primeiro tempo. Logo aos 2min, Elano fez jogada individual e chutou. Ronaldo, bem colocado, defendeu em dois tempos.

No minuto seguinte, o primeiro gol do Peixe. Fábio Baiano recebeu de Deivid pela direita, invadiu a área e cruzou. Robinho, livre de marcação, pegou de primeira e fez 1 a 0.

Com a desvantagem no placar, a Portuguesa foi para cima. Aos 8min, Jaílson aproveitou falha na marcação e desceu pela esquerda. O lateral-esquerdo entrou na área, mas chutou fraco e facilitou a defesa de Mauro.

A Lusa seguiu pressionando, mas não contava com a grande atuação do goleiro adversário. Aos 16min, Jaílson arriscou da esqueda e Mauro praticou linda defesa mais uma vez.

O Santos só voltou a assustar aos 26min. Tcheco, que entrara no lugar de Fábio Baiano, recebeu de Elano e chutou forte. A bola passou rente a trave e foi pela linha de fundo.

Quando a partida parecia definida, a Portuguesa chegou ao empate. Aos 36min, Adriano cobrou escanteio, Mauro não segurou e a bola sobrou para Rico tocar para o gol vazio, deixando tudo igual novamente.

Nos minutos finais, o Santos foi para cima. O time chegou a criar boas jogadas, mas parou nas belas defesas do goleiro Ronaldo, que salvou a Santista da derrota e garantiu o empate.

SANTOS
Mauro; Flávio, Domingos, Ávalos e Luís Augusto (Ricardo Bóvio); Fabinho, Fábio Baiano (Tcheco), Ricardinho e Elano (Douglas); Robinho e Deivid
Técnico: José Carlos Serrão

PORTUGUESA SANTISTA
Ronaldo; Fabrício, Edinho Baiano (Laécio) e Jéci; Parral, Julio César, Magal, Cleitão (Adriano) e Jailson; Rico e Andradina (Itaparica)
Técnico: Oswaldo de Oliveira

Local: Estádio Urbano Caldeira, em Santos (SP)
Árbitro: Edílson Pereira de Carvalho (SP)
Auxiliares: Evandro Luiz Silveira e Paulo Sérgio Breghiroli Garcia (ambos de SP)
Cartões amarelos: Ricardinho (S), Cleitão (PS), Fábio Baiano (S), Robinho (S) e Ronaldo (PS)
Gols: Robinho, aos 3min, e Rico, aos 36min do segundo tempo.



ÚLTIMAS NOTÍCIAS
03/09/2007
Mais Notícias