! Heróico, São Paulo vence São Caetano e lidera - 09/02/2005 - UOL Esporte - Futebol

UOL EsporteUOL Esporte
UOL BUSCA


  09/02/2005 - 23h46
Heróico, São Paulo vence São Caetano e lidera

MBPress
Em São Paulo

Com uma virada heróica, o São Paulo venceu o São Caetano por 4 a 3 na noite desta quarta-feira, no estádio Anacleto Campanella, no ABC, e reassumiu, provisoriamente, a liderança do Campeonato Paulista - o time tricolor soma 16 pontos, três a mais que o Santos, que duela com o Guarani nesta quinta-feira.

Keiny Andrade/Folha Imagem 
Grafite comemora gol de Marco Antônio, que deu início à virada do São Paulo
Atuando com dois jogadores a mais durante boa parte do segundo tempo (Triguinho e Luiz Claudio foram expulsos), a equipe do técnico Emerson Leão chegou a estar perdendo por 3 a 1, mas depois de muita pressão conseguiu o empate com gol de Grafite e a virada com o volante Josué.

Além de garantir os três pontos ao tricolor, esse triunfo diante do time do ABC acabou com um tabu: o São Paulo nunca havia vencido o São Caetano em campeonatos paulistas - antes foram duas derrotas por 2 a 0, no Morumbi.

Destaque nesta partida para os atacantes Diego Tardelli e Grafite. O primeiro marcou mais uma vez e segue na artilharia, ao lado de Finazi, do América, com sete gols, e o segundo fez o gol de empate e desencantou.

O técnico Emerson Leão foi outro que saiu de campo feliz. Depois de tirar um zagueiro e um volante para colocar mais um atacante e um meia, o comandante são-paulino foi chamado de burro pela torcida, mas, com a virada, acabou sendo herói.

Do lado do São Caetano, a situação foi diferente. Com a derrota, a equipe do ABC permaneceu na décima colocação, com nove pontos, e segue longe dos líderes do certame.

Na próxima rodada do Estadual, o São Paulo enfrenta o Atlético Sorocaba, no estádio do Morumbi, no sábado, às 16h. Já o São Caetano duela com o Guarani, no domingo, às 18h, no Brinco de Ouro, em Campinas.

O jogo
Precisando se recuperar do empate com o União Barbarense na última rodada, o São Paulo começou o jogo contra o São Caetano com um ritmo alucinante. Nos três primeiros minutos, a equipe do Morumbi atacou bastante pelas laterais.

No entanto, foi a equipe do ABC que abriu o placar. Aos 4min, o goleiro Rogério Ceni foi sair jogando e chutou a bola em cima de Luiz Claudio, que apenas a observou entrar no gol.

Sem se abater com a desvantagem no placar, o tricolor não esmoreceu e manteve sua postura ofensiva. Aos 8min, por exemplo, o meia Danilo fez ótima jogada pela esquerda, mas furou no momento do chute.

Dois minutos depois, porém, o gol de empate do São Paulo aconteceu. Após cobrança de escanteio de Junior, Danilo desviou de cabeça e Diego Tardelli, com oportunismo, desviou para o fundo do gol.

A equipe do técnico Emerson Leão teve uma boa chance de virar a partida aos 12min, quando Diego Tardelli lançou o atacante Grafite. Entretanto, o goleiro Silvio Luiz foi mais rápido e evitou que o são-paulino dominasse.

Aos poucos, o São Caetano foi se encontrando novamente em campo e voltou a atacar. Aos 20min, Anaílson arriscou de fora da área, mas Rogério Ceni, bem colocado, defendeu com facilidade.

Dois minutos depois, o nervosismo tomou conta da partida. Reclamando muito da atuação do árbitro Rodrigo Martins Cintra, o técnico do time do ABC, Zetti, foi expulso. Aos 26min, foi a vez do lateral-esquerdo Triguinho, eu jpa tinha amarelo, levar o cartão vermelho, após falta em Cicinho na linha de fundo.

Apesar de estar com um jogador a mais em campo, o São Paulo não soube aproveitar a vantagem e sofreu com os contra-ataques do adversário. Aos 35min, por exemplo, Anaílson tentou marcar por cobertura e acertou a trave. No rebote, Paulo Miranda errou.

Não demorou, porém, para que Anaílson acertasse o gol. Aos 40min, ele ganhou de Edcarlos e chutou colocado no ângulo direito do goleiro Rogério Ceni.

No segundo tempo, apenas o São Paulo voltou com alteração. O técnico Emerson Leão sacou o zagueiro Edcarlos e colocou o atacante Luizão. Com isso, o tricolor passou a jogar com três atacantes e dois zagueiros.

Com apenas 4min, o São Caetano ficou com apenas nove jogadores em campo. O atacante Luiz Claudio fez falta em Junior na ala esquerda e, como já havia recebido o amarelo, também levou o vermelho.

Aproveitando a vantagem de estar com dois atletas a mais, o São Paulo partiu de vez para o ataque. Aos 8min, Danilo cruzou para Grafite. O atacante cabeceou e o zagueiro Neto tirou em cima da linha. Os são-paulinos reclamaram que a bola entrou.

Enquanto o técnico Zetti fechou o time do ABC na defesa - Douglas entrou na vaga de Canindé -, o treinador Emerson Leão colocou sua equipe mais para frente - o meia Marco Antonio substituiu o volante MIneiro. As alterações aconteceram aos 14min.

Só que foi o São Caetano que ampliou aos 16min, quando Zé Luiz avançou, passou por cinco marcadores e chutou no canto esquerdo do goleiro Rogério Ceni.

Sem objetividade, o São Paulo não conseguiu furar o bloqueio da equipe azulina. Tentando jogadas pelas laterais, pelo meio e por todos os cantos do campo, o time do Morumbi falhou nas finalizações.

Aos 34min, o tricolor perdeu uma incrível chance de diminuir. O zagueiro Rodrigo chutou forte da entrada da área, Silvio Luiz defendeu e no rebote Diego Tardelli chutou para fora.

Seis minutos depois, no entanto, após muita pressão, o São Paulo marcou. O meia Marco Antonio arriscou de fora da área e não deu chance para o goleiro Silvio Luiz.

A emoção não parou por ái. O tricolor chegou ao empate aos 43min, quando Marco Antonio deu um belo passe para Grafite, que chutou na saída do goleiro Silvio Luiz. Quatro minutos depois, o São Paulo conquistou uma heróica virada. Após cruzamento de Luizão, o volante Josué desviou para o gol.

SÃO CAETANO
Silvio Luiz; Ceará, Thiago, Neto e Triguinho; Raulen (Márcio Senna), Zé Luiz, Paulo Miranda e Canindé (Douglas); Anaílson (Alessandro) e Luiz Cláudio
Técnico: Zetti

SÃO PAULO
Rogério Ceni; Rodrigo, Fabão (Alex) e Edcarlos (Luizão); Cicinho, Mineiro (Marco Antonio), Josué, Danilo e Junior; Grafite e Diego Tardelli
Técnico: Emerson Leão

Local: estádio Anacleto Campanella, em São Caetano do Sul (SP)
Árbitro: Rodrigo Martins Cintra
Auxiliares: Evandro Luiz Silveira e Hérman Brúmel Vani
Cartões amarelos: Anaílson (SC), Cicinho (SP), Zé Luiz (SC), Silvio Luiz (SC), Neto (SC)
Cartões vermelhos: Triguinho (SC) e Luiz Claudio (SC)
Gols: Luiz Cláudio, aos 4min, Diego Tardelli, aos 10min, e Anaílson, aos 40min do primeiro tempo; Zé Luiz, aos 16min, Marco Antonio, aos 40min, Grafite, aos 43min, e Josué, aos 47min do segundo tempo

Veja também


ÚLTIMAS NOTÍCIAS
03/09/2007
Mais Notícias