! Com show de Grafite, São Paulo goleia e pode disparar - 12/02/2005 - UOL Esporte - Futebol

UOL EsporteUOL Esporte
UOL BUSCA


  12/02/2005 - 17h50
Com show de Grafite, São Paulo goleia e pode disparar

MBPress
Em São Paulo

A intenção do São Paulo nesta rodada do Campeonato Paulista era criar "gordura" para tentar disparar na liderança. E a missão tricolor foi cumprida em grande estilo. Na tarde deste sábado, o time goleou o Atlético Sorocaba por 4 a 1, com show do atacante Grafite, que marcou três gols - o volante Josué assinalou o outro.

Folha Imagem 
Grafite (dir.) comemora com Cicinho: tarde inspirada do contestado atacante
Com o triunfo, a equipe do técnico Emerson Leão chegou aos 19 pontos e abriu cinco pontos de diferença sobre o vice-líder e rival Santos, que joga neste domingo, às 16h, contra o Corinthians, na Vila Belmiro.

A goleada ajudou o tricolor também a ficar com um saldo de gols melhor do que o time da Baixada Santista (10 a 8). Na quinta rodada, o São Paulo havia perdido a liderança por esse critério.

Na vitória sobre o clube de Sorocaba, o São Paulo completou também 161 dias sem derrota no estádio do Morumbi. A última derrota aconteceu no dia 1º de setembro do ano passado, quando o tricolor perdeu para o Coritiba, no Campeonato Brasileiro.

Após aquela partida, o técnico Cuca, atualmente no Flamengo, foi demitido. Isso significa que sob o comando de Emerson Leão o clube da capital ainda não perdeu em casa. Já são 15 partidas de invencibilidade.

Do lado da equipe do interior, o clima não era dos melhores. Com mais essa derrota, a quinta no certame, o Atlético Sorocaba segue com apenas dois pontos, na 18ª colocação, correndo risco de cair para lanterna em caso da Portuguesa e da Inter de Limeira neste domingo.

Na próxima rodada, o São Paulo tem um clássico pela frente. A equipe tricolor vai enfrentar o Palmeiras, no domingo, às 16h, no estádio do Morumbi. O Atlético Sorocaba, por sua vez, enfrenta o Marília, em casa, no mesmo dia.

O jogo
O São Paulo sobrou em campo no primeiro tempo da partida contra o Atlético Sorocaba. Bastante superior tecnicamente, a equipe do Morumbi dominou as ações, enquanto o time do interior explorou apenas as jogadas de bola parada.

A primeira oportunidade do tricolor foi oriunda de uma jogada do artilheiro Diego Tardelli. O atacante avançou no contra-ataque e lançou para o meia Danilo, que cruzou para a área. A zaga adversária, porém, tirou para escanteio.

Livre da pressão por não marcar gols como no ano passado (ele desencantou contra o São Caetano), Grafite infernizou à defesa do Atlético Sorocaba. Aos 8min, por exemplo, o atacante recebeu a bola de Junior, driblou um zagueiro e chutou rasteiro de fora da área. Wilson Junior defendeu com tranquilidade.

A equipe do técnico Pintado só conseguiu levar perigo ao gol de Rogério Ceni aos 11min, quando o lateral-esquerdo Bill tocou para Fabiano, que chutou cruzado. Bem colocado, o camisa 1 tricolor espalmou para escanteio.

Dois minutos depois, o São Paulo conseguiu transformar sua superioridade técnica em gol. O lateral Junior avançou sozinho pela esquerda e rolou a bola para o meio da área. Grafite, sem marcação, desviou para o fundo do gol. Esta foi a quarta assistência do pentacampeão no Estadual.

Em vantagem no placar, o time do técnico Emerson Leão ficou mais solto em campo e passou a levar mais perigo ao gol de Wilson Junior. Aos 19min, após cobrança de escanteio de Cicinho, o zagueiro Diego Lugano cabeceou e obrigou boa defesa do goleiro.

Aos poucos, a equipe da capital envolveu mais ainda o Atlético Sorocaba no seu toque de bola e aumentou a vantagem aos 28min. Mais uma vez com Grafite. Desta vez, o atacante recebeu passe de Josué e chutou da meia-lua no canto direito.

A torcida tricolor ainda comemorava o segundo gol quando o clube do inteior diminuiu. Aos 30min, o goleiro Rogério Ceni defendeu falta cobrada por Adãozinho. No rebote, Cicinho cometeu pênalti em um atacante rival. Na cobrança da penalidade máxima, aos 31min, o atacante Luciano Henrique marcou para o Atlético.

O São Paulo, porém, precisou de apenas mais dois minutos para acabar com a reação do adversário. Aos 33min, o lateral Junior, em cobrança de falta, rolou para Josué, que chutou bem de fora da área e ampliou. Este foi o terceiro gol do volante com a camisa são-paulina - ele marcou também contra União Barbarense e São Caetano.

Folha Imagem 
Autor do terceiro gol, Josué esconde a bola durante a comemoração tricolor
Aos 42min, o time de Pintado tentou mais uma vez em jogada de bola parada. O atacante Luciano Henrique cobrou falta da ponta esquerda e viu Rogério Ceni executar uma ótima defesa.

No segundo tempo, o São Paulo voltou com a mesma formação que terminou a primeira etapa. Já o Atlético Sorocaba voltou com Araújo no lugar do volante Bruno Lazaroni, filho do ex-técnico da seleção brasileira Sebastião Lazaroni.

O panorama da partida, no entanto, continuou o mesmo. Aos 8min, após cobrança de escanteio de Junior pela esquerda, Grafite subiu sozinho entre os zagueiros e cabeceou por cima do gol de Wilson Junior.

Em rápido contra-ataque, aos 16min, o atacante Diego Tardelli avançou, deu um drible em um zagueiro e chutou. Wilson Junior espalmou nos pés de Grafite, que marcou seu terceiro gol no jogo e quinto no Campeonato Paulista.

Logo depois, aos 18min, o técnico Emerson Leão resolveu testar mais uma vez o atacante Luizão e o meia Marco Antonio, que entraram, respectivamente, nos lugares de Grafite e Danilo.

Com boa vantagem no placar, o São Paulo diminuiu o ritmo de jogo e passou a administrar a posse de bola. Mas quase levou o segundo gol aos 37min, quando Fabiano chutou à queima-roupa e Rogério Ceni fez excelente defesa.

Aos 39min, quase que o tricolor marca um golaço. Após toque de Diego Tardelli, Luizão passou de calcanhar para Cicinho, que cortou um zagueiro e chutou à direita do goleiro Wilson Junior.

Depois disso, ambas as equipes não criaram mais nenhuma boa oportunidade de gol.

SÃO PAULO
Rogério Ceni; Edcarlos, Diego Lugano e Flávio; Cicinho, Mineiro, Josué (Renan), Danilo (Marco Antonio) e Júnior; Diego Tardelli e Grafite (Luizão)
Técnico: Emerson Leão

ATLÉTICO SOROCABA
Wilson Junior; Budi (Claiton), Zé Ílton, Adeílson e Bill; Niander, Bruno Lazaroni (Araújo), Adãozinho e Willams (Marcos Alexandre); Fabiano e Luciano Henrique
Técnico: Pintado

Local: estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Árbitro: Romildo Correia
Auxiliares: Valter José dos Reis e Dante Mesquita Júnior
Cartões amarelos: Adeílson (A)
Gols: Grafite, aos 13min, e aos 28min, Luciano Henrique, de pênalti, aos 31min, e Josué, aos 33min do primeiro tempo; Grafite, aos 16min do segundo tempo

Veja também


ÚLTIMAS NOTÍCIAS
03/09/2007
Mais Notícias