! Em cima da hora, Santos vence o São Caetano - 27/02/2005 - UOL Esporte - Futebol

UOL EsporteUOL Esporte
UOL BUSCA


  27/02/2005 - 18h09
Em cima da hora, Santos vence o São Caetano

MBPress
Em São Paulo

Em cima da hora. Foi assim que o Santos conseguiu vencer o São Caetano por 3 a 2 na tarde deste domingo, na Vila Belmiro, pela décima rodada do Campeonato Paulista.

GOLS DE ROBINHO EM 2005
CompetiçãoAdversárioGols
PaulistaPortuguesa2
PaulistaPonte Preta1
PaulistaP. Santista1
PaulistaCorinthians2
LibertadoresBolívar1
PaulistaRio Branco3
PaulistaSão Caetano1
Com um gol de Evando aos 44min do segundo tempo, o Peixe conseguiu a vitória e segue com quatro pontos de diferença em relação ao São Paulo, mas agora na segunda colocação.

Já o São Caetano chegou aos 16 pontos e permanece na sexta colocação ao lado do Corinthians, podendo perder posições de acordo com os outros resultados da rodada.

Mais uma vez, enquanto esteve em campo, Robinho foi o principal jogador da equipe alvinegra. Movimentando-se bastante e abusando das jogadas individuais, o camisa 7 do Santos participou das principais jogadas de ataque.

De quebra, fez mais um gol na competição e chegou à artilharia do Estadual com 10 gols ao lado de Diego Tardelli, do São Paulo, e Finazzi, do América de São José do Rio Preto.

No São Caetano, o destaque ficou por conta do volante Zé Luís. Com uma marcação individual e limpa sobre Robinho, o jogador neutralizou várias jogadas do atacante e evitou por várias vezes o que poderia ser gol certo da equipe do Santos.

O jogo foi muito movimentado e com as equipes apresentando estratégias de jogo diferentes. Enquanto o Santos buscou o ataque sempre com toques rápidos e nas jogadas individuais de Robinho, o São Caetano só se arriscou nos contra-ataques em velocidade, sempre se aproveitando dos erros de passe do adversário.

No final, vitória da persistência e da ousadia do Santos, que buscou o ataque com mais veemência. No São Caetano, foi o fim da seqüência de duas vitórias seguidas no campeonato.

Na próxima rodada, o Santos joga o clássico contra o Palmeiras no estádio do Parque Antártica. Coincidentemente, o São Caetano também joga um clássico, o do ABC, contra o Santo André, fora de casa, no estádio Bruno José Daniel.

O jogo
Em busca da vitória, o Santo foi para cima logo no inicio. A 1min de jogo, após boa joga de Deivid com o lateral Léo, o atacante chutou de fora da área e obrigou Silvio Luiz a espalmar para escanteio. Na cobrança, a zaga afastou.

Folha Imagem 
Robinho escapa da marcação do São Caetano na partida da Vila Belmiro
O São Caetano respondeu rápido. Em contra-ataque, aos 3min, Marcinho tabelou com Canindé, invadiu a área e chutou à direita do gol santista.

Robinho começou a aparecer aos 8min, quando deiblou três marcadores e sofreu falta. Ele mesmo cobrou rápido e tocou para Tcheco, que chutou, mas a bola foi para fora. Um minuto depois, Paulo Miranda arriscou de fora da área, mas mandou longe do gol.
O Azulão saia sempre em velocidade e aos 10min, Triguinho fez jogada individual pela esquerda e cruzou. Luiz Cláudio bateu de primeira, mas Mauro fez ótima defesa.

Seis minutos depois, outro contra-ataque do time de Zetti. Pela esquerda, Marcinho tabelou novamente com Canindé que, dentro da área, finalizou, mas outra vez à direita do camisa 1 do Peixe.

O jogo teve seu ritmo diminuído e outra chance de gol só saiu aos 27min. Após boa troca de passe do ataque do São Caetano, Luiz Cláudio finalizou, mas errou o alvo e mandou para fora.

Robinho continuava como destaque da equipe praiana e aos 37min, depois de trocar passes curtos dentro da área com Ricardinho, chutou, mas a bola desviou no zagueiro e chegou fácil às mãos de Silvio Luiz.

De tanto insistir o gol saiu. Aos 41min, Paulo César cruzou da direita e a zaga do São Caetano saiu para fazer a linha de impedimento, sem sucesso. Robinho veio de trás, aproveitou-se da dividida de Deivid com o goleiro Silvio Luiz e só empurrou para as redes.

Já nos descontos, Luiz Cláudio sofreu falta na entrada da área. Marcinho cobrou e colocou com perfeição no canto esquerdo de Mauro, 1 a 1.

No segundo tempo os técnicos não fizeram alteração, confiando na conversa que tiveram com seus atletas nos vestiários. O Santos desempatou logo aos 8min. Tcheco cruzou da esquerda e Silvio Luiz saiu mal do gol. A bola passou por toda a zaga e encontrou o atacante Deivid, que, sem ângulo, cabeceou e desempatou o jogo.

O São Caetano só assustou o Santos aos 19min. Marcinhio cruzou da direita e Luiz Cláudio cabeceou. A bola passou muito perto do gol. O Santos respondeu rápido. Tcheco pôs a bola na cabeça de Basílio, o atacante cabeceou e Silvio Luiz defendeu à queima roupa.

Pressão do Santos. Um minuto depois, após cruzamento da direita, Deivid cabeceou forte e Silvio Luiz outra vez evitou o gol com uma grande defesa.

Mas quando parecia que o Santos ampliaria o placar, o Azulão empatou. Aos 24min, depois de levantamento que veio da direita, Zé Luís subiu e tocou de leve na bola. Ela bateu na cabeça do zagueiro Domingos e não deu chances para Mauro, 2 a 2.

O Santos vai para o ataque. Aos 37min, Léo recebe passe de Evando e, sozinho, chuta para Silvio Luiz fazer outra grande defesa. A pressão era grande demais e o São Caetano não suportou.

Aos 44min, depois de passe milimétrico de Ricardinho, Evando bateu e selou a difícil vitória do Peixe.

SANTOS
Mauro; Paulo César, Domingos, Ávalos e Léo; Bóvio, Tcheco (Evando) e Ricardinho; Basílio, Robinho (Fábio Baiano) e Deivid
Técnico: Oswaldo de Oliveira

SÃO CAETANO
Silvio Luiz; Gustavo, Thiago e Neto; Alessandro, Paulo Miranda, Zé Luís, Canindé e Triguinho (Anaílson); Marcinho (Raulen) e Luiz Cláudio
Técnico: Zetti

Local: Vila Belmiro, em Santos (SP)
Árbitro: Wilson Luiz Seneme
Auxiliares: Marcelo Carvalho Van Gasse e Geraldo José Vollet Pinheiro
Cartões amarelos: Bóvio(S), Alessandro e Canindé(SC)
Gols: Robinho(S) aos 41min e Marcinho(SC) aos 47min do 1º tempo; Deivid(S) aos 8min, Zé Luís(SC) aos 24min e Evando(S) aos 44min do 2º tempo.

Veja também


ÚLTIMAS NOTÍCIAS
03/09/2007
Mais Notícias