! São Paulo empata com o Paulista e segue líder - 06/03/2005 - UOL Esporte - Futebol

UOL EsporteUOL Esporte
UOL BUSCA


  06/03/2005 - 17h54
São Paulo empata com o Paulista e segue líder

MBPress
Em São Paulo

Mesmo sendo a única equipe entre as consideradas grandes do futebol brasileiro que ainda não perdeu em 2005, o São Paulo não conseguiu quebrar a invencibilidade do Paulista jogando em Jundiaí, e ficou no empate por 2 a 2 na tarde deste domingo, em partida válida pela 11ª rodada do Campeonato Paulista.

Com o resultado, o Tricolor segue invicto na temporada e agora já são 12 jogos sem perder (10 vitórias e 2 empates). A última derrota da equipe aconteceu ainda no Campeonato Brasileiro de 2004, na última rodada, quando perdeu para o Goiás por 2 a 0.

Reuters 
Gols de empate de Luizão...
Já o Paulista segue sem perder no estádio Jaime Cintra e manteve os oito meses de invencibilidade jogando em seus domínios. A última vez que o time foi batido em casa aconteceu no dia 4 de julho do ano passado, quando foi derrotado pelo Ituano por 2 a 1 pela Série B do Brasileiro.

Outra curiosidade do confronto é que a última derrota do São Paulo jogando fora de casa pelo Campeonato Paulista foi justamente para o Paulista, no Estadual de 2003. Na ocasião, em 26 de janeiro daquele ano, o Tricolor perdeu por 2 a 1.

O São Paulo segue na liderança do Campeonato Paulista, agora com 29 pontos, quatro mais que o Mogi Mirim, segundo colocado, e cinco à frente do Santos, que perdeu o clássico para o Palmeiras.

A equipe de Jundiaí foi a 15 pontos e chegou à sexta colocação, mas poder perder posições de acordo com os outros resultados da rodada.

Ambas as equipes voltam a campo pelo Estadual no próximo final de semana. No sábado (12 de março), o São Paulo enfrenta no Morumbi a equipe do Rio Branco. No domingo (13 de março), o Paulista visita o Ituano na cidade de Itu.

O jogo
Sem querer dar chances para o azar, o São Paulo foi para cima logo no primeiro minuto de jogo. Após roubar a bola no meio-de-campo, Grafite tocou para Luizão que serviu Danilo. O meia chutou, mas a bola desviou na zaga do Paulista e foi para escanteio. Na cobrança, a defesa do time de Jundiaí afastou.

Com mais volume de jogo, o São Paulo continuava insistindo e, aos 5min, Júnior recebeu na esquerda, cortou para dentro e chutou de pé trocado. A bola passou à esquerda do goleiro Rafael.

A primeira oportunidade do Paulista aconteceu aos 9min, e o time não perdeu a chance. Em um contra-ataque rápido, Jéferson foi lançado pela esquerda, deixou Edcarlos para traz e cruzou. O atacante Léo se antecipou à zaga tricolor e desviou para o gol e abriu o placar..

O São Paulo sentiu o gol e não conseguia sair para o ataque. Já o Paulista, motivado pelo gol e na boa movimentação de seus jogadores de ataque, procurava aumentar o placar.

Reuters 
...e de Josué salvaram o São Paulo da derrota em Jundiaí; veja as fotos do jogo
Assim, aos 18min, em mais uma jogada rápida, Léo recebeu lançamento e ficou cara-a-cara com Rogério Ceni. O atacante driblou o goleiro, mas quando bateu, o camisa 1 do São Paulo se recuperou e espalmou a bola. No rebote, o mesmo Léo chutou por cima de Ceni, mas Edcarlos salvou em cima da linha.

O time de Emerson Leão só voltou a assustar aos 26min e em um lance de bola parada. Após cobrança de escanteio que veio da esquerda, o zagueiro Alex dominou no peito e bateu, mas a bola passou à direita do gol do Paulista.

Cinco minutos depois, também de bola parada, o Paulista quase chegou ao segundo gol . Depois da zaga do São Paulo dar rebote em uma bola levantada na área, Léo aproveitou a sobra e chutou da meia-lua. Rogério Ceni conseguiu desviar, mas a bola ainda bateu na trave antes de sair.

A resposta do time tricolor foi rápida. Aos 32min, Grafite foi lançado pela esquerda e, dentro da área, chutou, mas o goleiro Rafael fez ótima defesa com os pés e evitou o gol.

Mesmo sem jogar bem, o São Paulo chegou ao empate. Aos 38min, Grafite recebeu pela direita, deixou o lateral Julinho para trás e cruzou. Depois de uma indecisão do zagueiro do Paulista, que esperou pela chegada do goleiro, Luizão, oportunista, apareceu e mandou para as redes.

Com o gol, a equipe do Morumbi melhorou e quase virou a partida ainda antes do primeiro tempo acabar. Danilo avançou com a bola desde o meio-campo e arriscou ainda da intermediária. Apesar do chute ter saído forte, o goleiro Rafael encaixou.

No segundo tempo, Emerson Leão sacou o zagueiro Alex e colocou o meio-campista Marco Antônio, mudando o esquema do São Paulo, que passou a atuar no 4-4-2.

A mudança teve efeito imediato. Logo a 1min da segunda etapa, Josué recebeu de Souza e arriscou forte da intermediária, assustando o goleiro Rafael.

Dois minutos depois foi a vez de Grafite quase desempatar o jogo. Ele recebeu na direita, se livrou da marcação e chutou. A bola passou à esquerda do gol do Paulista.

A equipe do técnico Vagner Mancini só levou perigo ao gol do São Paulo aos 13min. Após cobrança de escanteio da direita, Jéferson cabeceou nas mãos de Rogério Ceni.

Aos 23min, a equipe de Jundiaí ficou com um a menos. Depois de xingar o assistente que havia marcado uma falta a favor do São Paulo, o atacante Jéferson recebeu o cartão vermelho.

O São Paulo não tirava proveito do homem a mais que tinha em campo e o Paulista é que chegava com perigo. Aos 27min, Léo se livrou da maração e bateu, mas outra vez o camisa 1 tricolor fez a defesa.

Melhor após a expulsão de seu atleta, o Paulista chegou ao segundo gol. Aos 29min, Cristian recebeu na intermediária, levou vantagem sobre a zaga são-paulina e bateu da entrada da área, acertando o ângulo esquerdo de Rogério Ceni.

O São Paulo reagiu e finalmente fez valer a sua superioridade numérica em campo. Aos 34min, após rebote do goleiro Rafael, Danilo tocou de cabeça para trás e Josué apareceu para empatar o jogo.

Com o gol, o Tricolor acordou e criou outras boas oportunidades de gol, mas não conseguiu concluir com êxito, mantendo o placar em 2 a 2 .

PAULISTA
Rafael; Lucas, Thiago Mathias, Anderson e Julinho; Amaral, Cristian, Fábio Gomes e Ricardinho (Abraão); Jéferson e Léo (Fábio Vidal)

SÃO PAULO
Rogério Ceni; Lugano, Edcarlos e Alex (Marco Antônio); Souza (Vélber), Renan, Josué (Jean), Danilo e Júnior; Grafite e Luizão
Técnico: Emerson Leão

Local: estádio Jaime Cintra, em Jundiaí (SP)
Árbitro: Luís Flávio de Oliveira
Auxiliares: Geraldo José Pinheiro e Emerson Augusto de Carvalho
Cartões amarelos: Thiago Mathias e Cristian (P)
Cartões vermelhos: Jéferson (P)
Gols: Léo (P) aos 9min e Luizão (S) aos 38min do primeiro tempo; Cristian (P) aos 29min e Josué aos 34min do segundo tempo.

Veja também


ÚLTIMAS NOTÍCIAS
03/09/2007
Mais Notícias