! Santos perde no ABC e se afasta do título - 23/03/2005 - UOL Esporte - Futebol

UOL EsporteUOL Esporte
UOL BUSCA


  23/03/2005 - 23h37
Santos perde no ABC e se afasta do título

MBPress
Em Campinas

Nem mesmo toda a "malandragem" do técnico interino Serginho Chulapa fez o Santos recuperar o bom futebol da temporada passada. Nesta noite de quarta-feira, o Alvinegro perdeu por 3 a 2, de virada, para o Santo André, no estádio Bruno José Daniel, e se afastou ainda mais da briga pelo título do Campeonato Paulista.

Desde que assumiu temporariamente o comando da equipe, mesmo depois do anúncio da contratação de Gallo para a vaga de Oswaldo de Oliveira, o ex-centroavante deu preferência à conversa para reerguer o moral dos atletas na reta final do Campeonato Paulista.

Em campo, no entanto, o time não rendeu o esperado e voltou a cometer os mesmos erros defensivos do empate com o América, domingo passado, na Vila Belmiro. Além disso, o ataque não funcionou sem Robinho e Ricardinho, que estão servindo a Seleção Brasileira.

Com o tropeço no ABC, o Santos permanece com 28 pontos, em segundo lugar, e vê o São Paulo disparar ainda mais na liderança da competição. O Tricolor venceu o Guarani por 2 a 1, em Campinas, abriu dez pontos e se aproximou ainda mais da conquista do título.

Já o Santo André, que também passou por uma troca de comando na semana passada - saiu Luiz Carlos Ferreira para a entrada de Sérgio Soares -, se recupera e agora soma 23 pontos, em quinto.

A derrota, aliás, faz o Santos chegar a marca de três jogos seguidos sem vencer longe de casa. O último resultado positivo obtido diante do Litoral aconteceu no dia 23 de fevereiro, quando goleou o Rio Branco por 5 a 1, no estádio Décio Vitta, em Americana.

O Santo André também não vinha em um bom momento no Paulistão. O time perdeu os três últimos jogos, mas agora volta a se aproximar da parte de cima da tabela. Na Libertadores, o clube ainda não venceu. Até agora, conquistou dois empates e uma derrota.

Na próxima rodada, já sob o comando de Galo, o Santos recebe a Internacional, sábado, às 16h, na Vila Belmiro. O Santo André enfrenta o São Paulo, no mesmo dia e horário, no estádio do Morumbi.
O jogo
Sem Robinho, Ricardinho e Léo, o Santos começou a partida tendo dificuldade para sufocar o Santo André. Apesar disso, o time do Litoral conseguia tocar a bola e via em Deivid seu principal homem de frente para atrapalhar a defesa adversária.

Logo aos 3min, o avante recebeu passe na entrada da área e chutou forte. O goleiro Júlio César, bem colocado, defendeu com segurança e não deu rebote para o ataque visitante.

Três minutos depois, os donos da casa responderam e da mesma forma. Ramalho pegou rebote na intermediária e soltou a bomba para boa defesa de Mauro no centro do gol.

E foi explorando a velocidade de Deivid que o Santos chegou ao primeiro gol. Aos 20min, o avante foi lançado e acabou puxado pelo zagueiro Da Guia. Penalidade máxima marcada pelo árbitro. Na cobrança, o próprio Deivid colocou o Alvinegro em vantagem.

Com o gol, o Peixe passou a dominar o confronto. Aos 23min, Basílio recebeu passe livre na área e bateu cruzado. A bola saiu pela linha de fundo, assustando o arqueiro do Santo André.

Apenas nos minutos finais da primeira etapa, o time da casa voltou a pressionar. Entretanto, com dificuldade para fazer a bola chegar até Sandro Gaúcho, a equipe pouco produziu.

Na volta do intervalo, o Ramalhão procurou sufocar no inicio, mas a primeira oportunidade de gol veio com o Santos. Aos 6min, Fábio Baiano cobrou falta, Deivid subiu livre de marcação, mas cabeceou por sobre a meta.

Com o gramado pesado, o técnico Sérgio Soares optou por colocar o centroavante Rodrigão no lugar do ala Dodô. Com isso, o time passou a ter dois jogadores atuando dentro da área adversária.

O empate, no entanto, não demorou a sair. Aos 16min, Richarlyson arriscou chute de longe, o goleiro Mauro pulou atrasado no lance e a bola entrou no fundo do gol santista.

A igualdade no marcador animou o Santo André. Três minutos após o empate, foi a vez do meia Rafinha testar a atenção de Mauro. Ele chutou de fora da área, a bola desviou em um zagueiro e o goleiro fez boa defesa.

Aos 25min, entretanto, o clube do ABC chegou à virada. Depois de cruzamento da direita feito por Rafinha, Rodrigão apareceu na área e, de peixinho, desviou de cabeça para anotar o segundo de sua equipe na partida.

Praticamente fora da briga pelo título com a derrota, o Santos passou a se arriscar de qualquer forma no campo de ataque. Aos 33min, Bóvio ficou com a bola na área, se livrou de dois marcadores e tocou para William. O avante bateu por cima e perdeu boa chance

Aos 38min, o atacante não desperdiçou. Deivid chutou forte, o goleiro Júlio César deu rebote e William apareceu para concluir e deixar a partida igual novamente.

Três minutos mais tarde, o Santo André fez o terceiro. Em rápido contra-ataque, Rodrigão lançou Leandrinho na cara do gol para colocar sua equipe em vantagem e garantir a vitória.

SANTO ANDRÉ
Julio César; Diego, Fernando e Da Guia; Dodô (Rodrigão), Richarlyson, Ramalho, Rafinha e Romerito; Leandrinho (Rodrigo Sá) e Sandro Gaúcho (Leandro)
Técnico: Sérgio Soares

SANTOS
Mauro; Flávio (Evando), Leonardo, Ávalos e Giba; Beto, Bóvio, Fábio Baiano (William) e Luís Augusto (Fernando Diniz); Basílio e Deivid
Técnico: Serginho Chulapa (interino)

Local: Estádio Bruno José Daniel, em Santo André (SP)
Árbitro: Cleber Wellington Abade
Auxiliares: Marinaldo Silvério e Tercio Roberto Thomson Nogueira
Cartões amarelos: Da Guia (SA), Beto (S), Richarlyson (SA), Luís Augusto (S) e Ramalho (SA)
Gols: Deivid, aos 21min do primeiro tempo, Richarlyson, aos 16min, Rodrigão, aos 25min, William, aos 38min, e Leandrinho, aos 41min do segundo tempo.

Veja também


ÚLTIMAS NOTÍCIAS
03/09/2007
Mais Notícias