! Santos vence o Atlético-PR na volta à Vila Belmiro - 07/05/2005 - UOL Esporte - Futebol

UOL EsporteUOL Esporte
UOL BUSCA


  07/05/2005 - 19h59
Santos vence o Atlético-PR na volta à Vila Belmiro

MBPress
Em São Paulo

Depois de cumprir punição de perda de cinco mandos de jogos pelo Campeonato Brasileiro, imposta pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) ainda em 2004, o Santos voltou a jogar na Vila Belmiro no início da noite deste sábado, e venceu o Atlético-PR por 2 a 1.

Com o resultado, o Santos manteve o aproveitamento de 100% nas três primeiras rodadas do Brasileirão e assumiu a liderança isolada da competição com nove pontos, dois a mais que a Ponte Preta, com sete, e três a mais que os terceiro colocados Botafogo e Fluminense, que, neste domingo, enfrentam, respectivamente, Vasco e Cruzeiro.

A REAÇÃO SANTISTA

Robinho pede apoio da torcida ao zagueiro Ávalos...


...vibra com golaço que fez após passe de Deivid...


...em virada que teve gol de Halisson e dança programada

Já o Atlético-PR continua sem marcar pontos no Campeonato Brasileiro. O vice-campeão da competição na última temporada perdeu para Ponte Preta e Juventude nas duas primeiras rodadas e ocupa atualmente um dos quatro lugares na zona de rebaixamento.

A vitória deste sábado serviu também para o Santos melhorar as estatísticas contra o rival paranaense. Em 28 confrontos entre as duas equipes na história, são 12 vitórias dos paulistas, sete do Atlético-PR e nove empates.

Além disso, o jogo marcou a décima partida invicta do Santos. Desde a chegada do técnico Gallo, foram sete vitórias e três empates, em cinco jogos do Paulistão, dois da Libertadores e três do Campeonato Brasileiro.

Na próxima rodada do Brasileirão, o Santos vai até o Rio de Janeiro no próximo domingo para enfrentar o Flamengo. Já o Atlético-PR tentará marcar seus primeiros pontos na competição enfrentando o Corinthians, também no domingo, na Arena da Baixada, em Curitiba.

Antes, no entanto, as duas equipes jogam pela última rodada da fase de classificação da Copa Libertadores da América. Na próxima terça-feira, o Atlético-PR enfrenta o Independiente de Medelin, da Colômbia, em Curitiba. Já o Santos recebe o Bolívar na Vila Belmiro na quarta-feira.

O jogo
Com o apoio da torcida santista nas arquibancadas da Vila Belmiro, os donos da casa não demoraram a demonstrar seu poder ofensivo. Logo no primeiro minuto, Robinho chutou forte de fora da área, mas a bola saiu por cima do gol.

Até os 10min de jogo, a pressão santista continuou intensa. Contudo, as conclusões não exigiram muito do goleiro Diego. Com isso, o Atlético-PR conseguiu melhorar sua postura em campo e, em seu primeiro lance de ataque, marcou pela primeira vez no Campeonato Brasileiro 2005.

Aos 12min, Marín fez passe na área procurando o atacante Lima e Ávalos se adiantou para interceptar. Contudo, o zagueiro santista não conseguiu dominar a bola e ela acabou sobrando para Lima, que apenas virou o corpo e, cara-a-cara com Henao, chutou no canto esquerdo baixo para abrir o placar.

INVICTO EM CASA EM 2005
20/01 - Santos 5 x 1 Portuguesa
30/01 - Santos 1 x 1 P Santista
10/02 - Santos 0 x 0 Guarani
13/02 - Santos 3 x 0 Corinthians
27/02 - Santos 3 x 2 S Caetano
03/03 - Santos 3 x 2 Danúbio
13/03 - Santos 2 x 0 Barbarense
20/03 - Santos 3 x 3 América
26/03 - Santos 1 x 0 I de Limeira
06/04 - Santos 3 x 1 LDU (Equ)
10/04 - Santos 1 x 0 Paulista
07/05 - Santos 2 x 1 Atlético-PR
Com a vantagem no placar, o Atlético-PR se fechou ainda mais na defesa, e o Santos continuou dominando as ações ofensivas na partida. Enquanto isso, o time paranaense apenas esperou os erros do adversário para arriscar nos contra-ataques.

Somente aos 32min de jogo a superioridade do Santos se converteu em gol. Depois de receber ótimo lançamento de Luciano Henrique na esquerda do ataque, Deivid dominou a bola e esperou Robinho aparecer na grande área. Só então fez o cruzamento para o atacante, que, de pé direito, chutou de primeira, sem chances para Diego.

Na segunda etapa, o Atlético-PR voltou buscando mais o ataque e, com isso, ofereceu mais espaços para o ataque santista. Enquanto o time paranaense arriscava em bolas cruzadas e chutes de longa distância, o Santos continuou trabalhando a bola principalmente com os atacantes Robinho e Deivid.

Aos 9min, em uma falha da defesa paranaense, veio o gol da virada dos donos da casa. O meia Ricardinho cobrou falta da esquerda e o zagueiro Marcão dominou errado. Na sobra, Deivid rolou para Halisson, que chutou forte e marcou o segundo do Santos.

No restante da etapa final, o Atlético-PR ainda tentou o empate no desespero, mas acabou abrindo ainda mais a defesa para o ataque santista, que só não ampliou graças às boas defesas de Diego e os erros nas conclusões a gol.

SANTOS
Henao; Paulo César, Ávalos, Halisson e Léo; Fabinho, Élton (Zé Elias), Ricardinho (Fabiano) e Luciano Henrique (Danilo); Deivid e Robinho
Técnico: Gallo

ATLÉTICO-PR
Diego; Danilo, Durval e Marcão; Eto, Alan Bahia, Ticão (Schumacher), Fabrício e Marin (Jonatas); Maciel e Lima (Caetano)
Técnico: Edinho

Local: estádio Urbano Caldeira, a Vila Belmiro, em Santos (SP)
Árbitro: Wilson de Souza Mendonça (PE)
Auxiliares: Erick Silva Bandeira e Luciano José Coelho Cruz (ambos de PE)
Cartões amarelos: Alan Bahia (A), Danilo (A), Robinho (S) e Ávalos (S)
Gols: Lima, aos 12min, e Robinho, aos 32min do primeiro tempo; Halisson, aos 9min do segundo tempo

Veja também


ÚLTIMAS NOTÍCIAS
03/09/2007
Mais Notícias