! Argentina computa vitórias em clássico antes do Brasil existir - 08/06/2005 - UOL Esporte - Futebol
UOL EsporteUOL Esporte
UOL BUSCA


  08/06/2005 - 09h12
Argentina computa vitórias em clássico antes do Brasil existir

Daniel Tozzi e Alexandre Gimenez
Enviado especiais do UOL
Em Buenos Aires (Argentina)

A rivalidade entre Brasil e Argentina é tamanha que começa antes mesmo do nascimento da seleção brasileira.

Números da CBF
91 jogos
33 vitórias do Brasil
32 vitórias da Argentina
26 empates
Números da AFA
91 jogos
36 vitórias da Argentina
33 vitórias do Brasil
22 empates
A AFA (Associação de Futebol Argentino) computa como oficiais vitórias contra "combinados brasileiros" em 1908 (3 a 2) e 1912 (6 a 3). O detalhe é que o primeiro jogo da seleção brasileira aconteceu em 21 de julho de 1914, na vitória por 2 a 0 contra o Exeter City, da Inglaterra.

Para a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) o primeiro clássico ocorreu em 20 de setembro de 1914, com vitória argentina por 3 a 0 - foi a estréia do Brasil contra seleções nacionais. Uma semana depois, viria o primeiro triunfo brasileiro: 1 a 0.

Há concordâncias, claro. As entidades consideram que suas seleções principais se enfrentaram oficialmente 91 vezes. Mas o consenso acaba por aí. Até porque cada lado reivindica a condição de maior vencedor do clássico.

Além dos dois duelos "pré-Brasil", o Argentina computa mais duas vitórias ignoradas nas estatísticas divulgadas pela assessoria de imprensa do adversário - 3 a 1 em 12 de outubro de 1920 e um 2 a 1 em 12 de maio de 1956.

Como o Brasil ignora tais derrotas, consegue "vira o jogo" sem fazer esforço, já que, em ambos os levantamos, aparece com 33 vitórias. E, nos jogos que existem apenas para a assessoria de imprensa da CBF, são registrados quatro empates.

Mas há um terceiro levantamento oficial, registrado no livro "Seleção Brasileira - 90 Anos", de autoria dos jornalistas Antonio Carlos Napoleão e Roberto Assaf, e considerado pela própria CBF como documento oficial.

Só a AFA considera
08/09/1912 - Brasil 3 x 6 Argentina
09/07/1908 - Brasil 2 x 3 Argentina
12/10/1920 - Argentina 3 x 1 Brasil
12/05/1956 - Brasil 1 x 2 Argentina
Só a CBF considera
03/02/1962 Brasil 0 x 0 Argentina
29/01/1964 - Brasil 1 x 1 Argentina
02/02/1964 Brasil 1 x 1 Argentina
30/08/1988 Brasil 1 (4) x 1 (1) Argentina
Na obra, os autores desprezam os oito duelos que só um dos lados assistiu, limitando assim em 87 o número de clássicos disputados até hoje. O saldo também tem suas particularidades - Napoleão e Assaf computam 33 vitórias para o Brasil, 32 para a Argentina e 22 empates.

O 92º duelo - ou 88º, segundo o livro - pode definir qual dos rivais será o primeiro a garantir presença na Copa do Mundo de 2006 na Alemanha. Quem vencer o jogo desta quarta-feira, em Buenos Aires, estará matematicamente classificado para o Mundial.

Mas números inusitados do clássico não se limitam à discussão sobre quem é maior vencedor. Em 12 de outubro de 1920, o confronto foi disputado em Buenos Aires com apenas oito jogadores de cada lado. E por uma razão que voltou à tona nos últimos meses após o caso Desábato.

Na véspera do duelo, um jornal argentino chamou os atletas brasileiros de "macacos". Insultados, os jogadores se recusaram a entrar em campo, mas oito acabaram cedendo. Os anfitriões, como num pedido de desculpas, também jogaram com três a menos. Venceram por 3 a 1.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS
03/09/2007
Mais Notícias